Acesso rápido

Por que o débito é um bom negócio para o seu e-commerce?

por Rogério Signorini Sexta-feira, 19 de janeiro de 2018   Tempo de leitura: 3 minutos

O brasileiro tem se rendido cada vez mais ao comércio digital. Prova disso foi um faturamento de R$21 bilhões no primeiro semestre de 2017, um crescimento de 7,5% em relação ao ano anterior, de acordo com o levantamento do Ebit.

E o potencial desse aumento deve ser ainda maior com a crescente aceitação do cartão de débito como mais uma possibilidade de pagamento nos sites e nos aplicativos.

Segundo dados da Abecs, em 2016, o total de transações realizadas com os cartões de débito alcançaram R$ 441 bilhões, aumento de 10,2% em relação ao anterior. Com o débito, os estabelecimentos comerciais passam a oferecer uma opção a mais de pagamento, o que atrai um novo público sedento pelas facilidades do comércio online – pessoas que não têm um cartão de crédito, por exemplo.

Aposto que o débito será uma das principais ferramentas de inclusão digital do e-commerce brasileiro em 2018.

Os primeiros pilotos que fizemos aqui no País comprovam isso: alcançamos um bom número de conversão e índices de fraudes bem abaixo do mercado.

Além de atrair novos consumidores digitais e oferecer segurança e praticidade, o cartão de débito ainda é um grande facilitador para os estabelecimentos comerciais ao disponibilizar o recebimento do dinheiro de forma garantida e mais rápida, já que não tem riscos com estornos.

Mas o que o e-commerce precisa saber para incluir o cartão de débito como uma das suas opções de pagamento? Para começar, é importante que o lojista tenha uma ferramenta antifraude.

Com uma plataforma de gerenciamento e prevenção a fraudes, o estabelecimento comercial consegue tomar decisões sobre quais pedidos enviar para aprovação de maneira mais assertiva.

A solução faz com que todos os pedidos de compra passem pela avaliação de muitas variáveis diferentes, facilitando a categorização do pedido em aceito, rejeitado ou encaminhado para uma verificação adicional. Tudo isso em menos de 1 segundo.

O cartão de débito também prova que os executivos da indústria financeira estão atentos à transformação digital do consumo. Levar em consideração a experiência do usuário para que ela seja orgânica, intuitiva, rápida e conveniente é o que ditará a continuidade do negócio no ambiente online nos próximos anos.

Por isso, o próximo passo é oferecer a autenticação cada vez mais atrelada à inteligência de dados e sempre buscar formas mais digitais e conectadas, como uma selfie ou por biometria, por exemplo.

Em resumo: além de ajudar o estabelecimento comercial a gerenciar o estoque com mais agilidade e segurança, o cartão de débito incluirá mais pessoas no mundo digital.

A chegada do débito nos sites de compras e nos aplicativos vai levar o e-commerce a um novo patamar de desenvolvimento no mercado brasileiro. Novos recordes serão alcançados.

Você recomendaria esse artigo para um amigo?

Nunca

 

Com certeza

 

Deixe seu comentário

0 comentário

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

O projeto E-Commerce Brasil é mantido pelas empresas:

Oferecimento:
Hospedado por: Dialhost Transmissão de Webinars: Recrutamento & Seleção: Dialhost Métricas & Analytics: MetricasBoss

  Assine nossa Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Obrigado!

Você está inscrito em nossa Newsletter. Enviaremos, periodicamente, novidades e conteúdos relevantes para o seu negócio.

Não se preocupe, também detestamos spam.