Acesso rápido

Por que devemos investir em branding?

por Diego Carmona Quarta-feira, 19 de dezembro de 2018   Tempo de leitura: 5 minutos

Originado da palavra “brand”, que em português significa “marca”, o termo branding não tem uma tradução exata no nosso idioma. Nada mais é, entretanto, que um conjunto de ações para a construção e gestão da imagem de uma empresa.

Seu principal objetivo é expandir o alcance positivo das marcas, fazendo com que estas sejam itens de desejo. Em nosso dia a dia, vemos frequentemente exemplos dessas ações – ou seja, logo vem à memória assim que se pronuncia o nome, como é o caso de McDonald’s, Google, Apple e Adidas, por exemplo.

Se a sua marca ainda não atingiu esse patamar e está precisando de um bom investimento em branding, confira a lista que preparei com algumas dicas que podem te ajudar a chegar onde deseja:

1) Diferencie-se da concorrência: em um mercado cada vez mais competitivo, com várias possibilidades, oportunidades e ofertas, é importante realçar o diferencial da sua empresa, produto ou serviço de forma eficaz e precisa. Passamos por um momento na economia em que as pessoas continuam consumindo, mas de forma consciente. Por esse motivo, agora, mais do que nunca, é preciso usar o branding para se diferenciar da concorrência.

Um detalhe muito importante é que todo o trabalho precisa estar relacionado à qualidade dos serviços e produtos que sua empresa oferece. Não adianta trabalhar perfeitamente a marca e entregar uma experiência negativa aos seus clientes. Dessa forma, ao realizar ações que te diferencie dos concorrentes e te ajude a conquistar seu espaço, sua empresa conseguirá se posicionar de maneira forte e sair na frente;

2) Conquiste credibilidade: quem consegue transmitir mais segurança para o público tem mais chances de ser escolhido na decisão de compra. Por esta razão, é preciso trabalhar bastante e criar ações atrativas para mostrar ao público confiança e eficiência;

3) Identifique-se com o público: quando assumimos uma identidade, tudo fica mais fácil, e com o conteúdo não é diferente. A construção da marca deve ser feita de acordo com o que a empresa realmente é e oferece ao seu público. Por isso, é essencial deixar claro seu propósito, missão, valores e o que engloba seu negócio.

Dessa forma, será possível proporcionar uma comunicação exponencial, melhor e honesta com o seu público, independentemente da ação desenvolvida. Isso fará com que as pessoas se identifiquem e se sintam mais próximas da marca. Com a maior proximidade dos consumidores, você ganhará não somente novos clientes, mas garantirá um relacionamento próximo, fidelizando e conquistando novos fãs da sua marca;

4) Fale a mesma língua dos seus colaboradores: é extremamente importante ter uma boa gestão de marca externa e interna. O branding bem executado melhora a comunicação entre cliente, empresas e colaboradores.

Todos os colaboradores devem estar alinhados com o que a empresa oferece para poder entregar ao público um produto de qualidade e de acordo com o que foi anunciado. O trabalho com a marca permite que essa construção aconteça sem perder a mensagem principal da companhia, aquela que inicialmente conquistou os clientes. É por esse e outros motivos que o trabalho de branding nunca termina.

Você recomendaria esse artigo para um amigo?

Nunca

 

Com certeza

 

Deixe seu comentário

0 comentário

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  Assine nossa Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Obrigado!

Você está inscrito em nossa Newsletter. Enviaremos, periodicamente, novidades e conteúdos relevantes para o seu negócio.

Não se preocupe, também detestamos spam.