Pesquisa de mercado passo-a-passo

Por:
quarta-feira, 22 de junho de 2011

“”Pesquisa de mercado” pode ser resumida como a coleta de informações junto ao público alvo. O público pode ser o consumidor, o usuário, funcionários, entre outros.

A pesquisa de mercado deve ser feita para verificar a viabilidade de uma hipótese. Até então, todas as ideias são hipóteses não comprovadas. É errado dizer que algo dará certo, trará mais resultados, se não há uma comprovação disso.

A pesquisa de mercado também não trará respostas completas sobre algo, mas será o meio que tornará possível chegar a conclusões. Por este motivo, a pesquisa não deve se resumir apenas à coleta de dados. É preciso criar a análise dos resultados obtidos.

As pesquisas de mercado mais comuns são as de satisfação de cliente, participação de mercado, preferência, comportamento do consumidor e de testes de novos produtos. Todas elas exigem um planejamento que deve ser dividido em etapas:

1. Definição do problema

Nesta etapa é preciso levantar os motivos que o levaram a realizar a pesquisa. Qual é o problema que deve ser resolvido? Quais são as respostas que estamos procurando? Quais são os meus objetivos com a pesquisa?

Além de tudo isso, precisamos saber quem é o público alvo da pesquisa.

Estrutura:

  • Público alvo
  • Objetivo principal
  • Objetivos secundários

2. Desenvolvimento

Aqui, é importante definir como as informações serão levantadas, qual o tipo de pesquisa que será realizada, qual o universo e a amostra.

A pesquisa de mercado pode ser qualitativa ou quantitativa.

  • Pesquisa qualitativa

Trabalha com informações não estatísticas, levantadas por opiniões, observações de uso, experiência e hábitos.

É formada por questionários com respostas abertas ou por tarefas específicas onde o comportamento do usuário pode ser diversificado.

É comum, ao desenvolver um novo produto, observar como as pessoas o estão usando. Neste caso aplica-se a sites e sistemas web também, ao analisar a usabilidade e experiência do usuário.

Esse tipo de pesquisa se resume àobservação de pequenos grupos de pessoas com características comuns. A análise é complexa pois não existe “sim” ou “não” diretamente. Exige do observador atenção a pequenos detalhes.

  • Pesquisa quantitativa

A pesquisa quantitativa trabalha com informações estatísticas e mensuráveis em números. Neste tipo de pesquisa podemos ter respostas fechadas, sempre. Ou é “sim”, ou é “não”; por isso a tabulação é feita de forma sistemática, usando estatística.

Para este tipo de pesquisa é preciso definir o universo e a amostra. O universo é o público alvo com fatores geográficos, demográficos e comportamentais, levantando a quantidade real do universo. Depois que a quantidade real do universo é levantada, é preciso definir a amostra, que é uma fração do universo e a porcentagem utilizada depende do valor do universo. Por exemplo, para um universo de 100 pessoas, para obter uma pesquisa com a menor margem de erros, é preciso entrevistar 92 pessoas. Para um universo de 500 pessoas, 341 fazem parte da amostra. Para um universo igual ou maior que 100.000 pessoas, a amostra deve ser de 1.056 pessoas.

3. Questionário

Nesta etapa é importante criar o questionário ou roteiro de tarefas para a pesquisa.

Em uma pesquisa qualitativa, as perguntas são abertas ou existe um roteiro de tarefas a serem analisadas. Já na pesquisa quantitativa, as perguntas são fechadas.

A pesquisa pode ser aplicada por telefone, presencialmente ou virtualmente (através de emails ou sites).

4. Aplicação

Agora é hora de ir à campo. O tipo de abordagem escolhida é importante.

5. Tabulação e análise

Neste momento, com os dados levantados é preciso tabulá-los e analisá-los. Com os resultados será possível definir as ações que devem ser tomadas.

É importante levar em consideração que uma pesquisa de mercado com números e comprovações mostra que as decisões não foram tomadas a partir de “achismos” e sim de dados levantados com o público alvo. Por isso, a decisão é mais segura e o resultado, com certeza, será maior.

Este projeto é mantido pelas empresas:

Oferecido e patrocinado por: