Porque pequenas e médias empresas falham no processo de vendas online?

por Dener Lippert Sexta-feira, 27 de setembro de 2019   Tempo de leitura: 5 minutos

Não importa a sua profissão, o tamanho do seu negócio, o papel que desempenha na empresa ou a forma como faz isso, quase todos os trabalhos se resumem ao ato de vender. Esse deve ser o objetivo principal de qualquer companhia e é o que diferencia os empreendimentos bem-sucedidos dos outros. Porém, apesar de não ser nenhum segredo, a maior parte das empresas comete falhas graves nas vendas online.

Prova disso é que só em 2016, o Brasil fechou 64.368 empresas e 2,13 milhões de pessoas ficaram sem emprego, segundo dados do IBGE. Em 2018, o número de falências de pequenas e médias empresas alcançou a assustadora marca de 96,5%, de acordo com levantamento divulgado pela empresa de informações de crédito Boa Vista. Os dados evidenciam a tribulação que faz parte do dia a dia da maioria dos negócios no Brasil. O impacto é notório e o prejuízo é ainda mais significativo para as PMEs.

E essa realidade catastrófica não se limita aos empreendimentos físicos, as dores são quase idênticas para projetos baseados na internet. Desde quem trabalha diretamente com vendas de produtos ou de serviços até aqueles que precisam gerar leads (contatos) para tentar fechar o negócio por telefone ou em uma reunião pessoal o percurso até fechar a venda é muito complicado e demanda esforço imenso.

Expansão de vendas online

Na mesma direção, expandir a atuação de um negócio real para o mundo online é tão difícil quanto. Passar por essa transição e sobreviver neste cenário é um grande desafio. Durante meus sete anos de atuação no setor, passei por projetos onde o desafio de implementar processos de marketing digital derrubou muitas barreiras. Desde grandes negócios até pequenas empresas em cidades distantes de qualquer capital.

Neste caminho, vi muitas fracassarem, mas grande parte delas superou as dificuldades e prosperou. Para alcançar os resultados positivos, o empreendedor precisa aprender duas lições. Em primeiro lugar, é fundamental ter conhecimento sobre como o mercado funciona. As pessoas imaginam que um negócio online é mais fácil, mas não é. Assim como nas lojas tradicionais, as leis da administração podem e devem ser ativadas.

Modelo de negócios

É essencial, por exemplo, provar de maneira positiva e efetiva seu modelo de negócios. Após fazer isso, vender pela internet será bem mais fácil. Caso não tenha sucesso nesse primeiro passo, sua empresa provavelmente entrará para as trágicas estatísticas do País. Em segundo lugar, a mesma dificuldade de desenvolver um empreendimento físico é construir um canal de digital para ele.

É normal que as pequenas e médias empresas bem-sucedidas falhem nesse processo porque o empreendedor a frente delas desiste ao encontrar obstáculos e prefere voltar para a zona de conforto. Parece uma amnésia opcional que deixa para trás todas os contratempos, dúvidas e riscos enfrentados no início do próprio negócio no mundo físico. Para prosperar, é primordial entender as regras de mercado, compreender que elas continuam se aplicando e saber arriscar com segurança.

Esquecer esses dois pontos primordiais foi a principal razão pela qual a maioria das pequenas e médias empresas falharem nas vendas online. Ou elas não possuem um negócio propriamente de sucesso ou acreditam que essa transição seria mais fácil e acabam desistindo. Migrar para o mundo virtual deve ser visto como um recomeço, um novo movimento para o empreendedor, e é fundamental cumprir todas essas regras para o sucesso da companhia.

Você recomendaria esse artigo para um amigo?

Nunca

 

Com certeza

 

Deixe seu comentário

0 comentários

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  Assine nossa Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Obrigado!

Você está inscrito em nossa Newsletter. Enviaremos, periodicamente, novidades e conteúdos relevantes para o seu negócio.

Não se preocupe, também detestamos spam.