Acesso rápido

Para vender mais no Dia das Mães, entenda o comportamento de compra das mulheres

por Leandro Ratz Segunda-feira, 22 de abril de 2019   Tempo de leitura: 4 minutos

O Dia das Mães é uma data especial para o varejo, e não é diferente para o e-commerce. Por isso, pensando em aumentar o faturamento dos sellers, tanto na esfera física quanto online, é preciso entender melhor o comportamento de compra feminino, principalmente das mães.

Nesse artigo, trago alguns dados do Google que podem ajudar os comerciantes a ter uma assertividade maior nas campanhas de marketing e, além disso, oferecer produtos que são mais procurados por esse público.

A importância de entender o perfil do consumidor antes criar conteúdo

É o que indica uma pesquisa feita pelo Google: quando a pergunta é sobre marcas que vêm à cabeça na data, nenhuma marca de varejo conseguiu chegar a 3% das respostas.

Assim, podemos observar a importância de entender o perfil consumidor antes de investir em mídias, marketing, conteúdos, pessoas e promoções.

Antes de serem mães, elas são mulheres, então vamos entender alguns números atualizados sobre o perfil feminino e de mães no Brasil.

Com esses dados, podemos concluir que, com esse acúmulo de funções, as mulheres se colocam como últimas na lista de tarefas próprias.

Assim, potencializando a importância dessa data, onde filhos, maridos e amigos, “percebem” ou “lembram” o quantos elas são importantes no dia a dia e merecem sim um carinho especial, um presente e um tempo mais bem aproveitado.

As mulheres e mães, na maioria das vezes, dedicam menos tempo a elas próprias. Mas são as mesmas mulheres que também estão muito mais conectadas, ou seja, elas estão acessando a internet, e elas estão buscando produtos, serviços, informação.

Dá para começar a entender a tendência de consumo de informação das mães brasileiras, além dos principais temas de interesse desse público.

Crie campanhas relevantes e busque representar corretamente seu consumidor

Com essas informações é possível montar campanhas mais relevantes, fazer investimentos em categorias mais específicas e produzir mais conteúdo, não apenas falando sobre produtos.

Falando em propaganda, muito cuidado, pois, por vezes as propagandas, principalmente em TV, não representam as mães, mas a figura de dona de casa.

Dia das Mães não é mais Dia da Casa!

Em 2018, as vendas do Dia das Mães tiveram o melhor desempenho em cinco anos. E tudo indica que 2019 também vai ser um grande ano para o varejo físico e online.

Falando de e-commerce e marketplace, o Dia das Mães continua sendo uma data para venda de eletros. Dos 10 produtos mais vendidos pela internet, sete foram eletrônicos, eletrodomésticos ou eletroportáteis.

No último ano, tivemos um aumento expressivo no desejo de compra das mães por celulares e smartphones, um movimento diferente se considerarmos os últimos cinco anos, quando o consumidor não demonstrava muito interesse em tecnologia.

Atenção você vendedor: estude o perfil feminino primeiro e, assim, tenha uma melhor assertividade em suas ofertas e promoções para o Dia das Mães. Estamos falando de mulheres mais conectadas, buscando mais informação e melhores experiências de compras.

Você recomendaria esse artigo para um amigo?

Nunca

 

Com certeza

 

Deixe seu comentário

0 comentário

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

  Assine nossa Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Obrigado!

Você está inscrito em nossa Newsletter. Enviaremos, periodicamente, novidades e conteúdos relevantes para o seu negócio.

Não se preocupe, também detestamos spam.