Acesso Rápido:

Meios de pagamento: quais aceitar para vender mais na Black Friday

por Gabriel Camargo Quarta-feira, 25 de outubro de 2017   Tempo de leitura: 3 minutos

Com uma projeção de 15% de crescimento em relação ao ano passado, de acordo com dados do Ebit, a Black Friday 2017 é um evento em que o lojista não pode falhar. E um bom desempenho neste evento passa diretamente pela oferta de variadas opções de pagamentos para os seus consumidores. Numa data em que a expectativa é de uma movimentação de 2,2 bilhões de reais, essa necessidade fica ainda mais explícita.

Toda essa movimentação em uma janela de apenas 24 horas, ou seja, o seu consumidor precisa ter uma boa experiência para que suas chances de venda aumentem. Para isso, é importante entender o perfil do consumidor no e-commerce brasileiro e, principalmente, saber quais meios de pagamento oferecer para vender mais durante a Black Friday.

Aceite as principais bandeiras de cartão de crédito

Mastercard, Visa, Elo, Hipercard, Diners e American Express são as principais bandeiras que circulam no mercado brasileiro: juntas praticamente dominam o Market Share no Brasil com uma fatia de 98%. Ou seja, é fundamental disponibilizar para os seus consumidores o pagamento utilizando os cartões de crédito destas bandeiras.

Outro fator que não pode ser ignorado é a preferência dos brasileiros por comprar utilizando essa forma de pagamento. De acordo com o relatório do 36º Webshoppers, em 2016, 62% dos consumidores fizeram sua última compra através de seus cartões de crédito e os outros 38% se dividem em cartões de débito, carteiras digitais e boletos, por exemplo.

O cartão de crédito continua sendo a principal forma de pagamento do brasileiro, mas o hábito de consumo está se modificando. O parcelamento das compras, por exemplo, vem diminuindo nos últimos anos. De 2016 para 2017, compras parceladas em duas ou três vezes caíram de 25,1% para 19,4%, já as vendas divididas em quatro ou mais parcelas registraram uma queda de apenas 0,6%. Enquanto isso, os pagamentos à vista cresceram de 42% no ano passado para 48,2% neste ano.

Boletos bancários valem a pena?

Os números acima mostram uma tendência de queda no parcelamento e uma maior aceitação dos pagamentos à vista. Influenciado pela instabilidade econômica do Brasil, o consumidor passou a evitar o endividamento em longas parcelas e decidiu pagar suas compras em uma única vez.

Apesar das muitas reclamações de que os clientes geram os boletos, mas não finalizam as compras, a mudança de comportamento do cliente nos últimos anos acaba o transformando em uma alternativa válida para alavancar as vendas durante a Black Friday.

Buscando mais descontos e menos parcelas, uma forma de vender mais na Black Friday é oferecer preços baixos para quem optar pelo pagamento através dos boletos. Outra vantagem deste método é a antecipação do fluxo de caixa para o lojista. Enquanto com o cartão de crédito o repasse demora 30 dias, o boleto costuma ser em dois dias úteis.

One Click Buy: mais rapidez e eficácia no pagamento

O mercado de pagamentos digital constantemente apresenta inovações para facilitar as transações bancárias e uma das mais eficientes é o One Click Buy, ou “compra em apenas um clique”. Com esse sistema, é possível armazenar com segurança todas as informações dos seus clientes para que, em novas compras, eles não precisem passar por todo o processo de preenchimento de dados.

Além disso, um fator que vale ser ressaltado do One Click Buy é a segurança. Mesmo com maior velocidade e facilidade no momento do pagamento, os níveis de segurança não sofrem nenhum tipo de diminuição. O gateway armazena os dados do cartão de forma totalmente segura e, a partir de então, o cliente pode fechar o seu pedido sem a necessidade de inserir novamente as informações.

Em 2016, de acordo com pesquisa do Reclame Aqui, uma das principais reclamações dos clientes durante a Black Friday foi por algum problema na finalização da compra. Portanto, fica cada vez mais nítida a importância de oferecer uma boa experiência para o cliente durante o processo de pagamento. Além disso, entender as demandas dos consumidores é outro passo para alavancar as vendas durante o evento.

Satisfeito com o processo de pagamento e com suas demandas atendidas, o cliente tem mais chances de realizar uma nova compra no futuro, o número de abandono de carrinho tende a cair e, consequentemente, o lojista consegue vender mais na Black Friday.

 

Deixe seu comentário

0 comentário

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

O projeto E-Commerce Brasil é mantido pelas empresas:

Oferecimento:
Hospedado por: Dialhost Transmissão de Webinars: Recrutamento & Seleção: Dialhost Métricas & Analytics: MetricasBoss

  Assine nossa Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Obrigado!

Você está inscrito em nossa Newsletter. Enviaremos, periodicamente, novidades e conteúdos relevantes para o seu negócio.

Não se preocupe, também detestamos spam.