O que a embalagem pode agregar ao seu e-commerce

por Christiana Matos Quarta-feira, 24 de dezembro de 2014

O conceito de embalagem surgiu da necessidade de guardar e conservar os alimentos. Nos seus primórdios, a preocupação era apenas cumprir essas duas funções. Com a evolução da civilização e o aumento da necessidade de consumo, surge a necessidade de informar sobre o conteúdo, mas ainda sem preocupações estéticas.

No século XIX, com o surgimento do auto-serviço, no qual o próprio consumidor pode escolher o produto nas prateleiras, a embalagem se torna importante, pois ela passa a se comunicar com o cliente e se torna uma ferramenta indispensável para persuadi-lo a fazer a compra.

Com o mercado cada vez mais competitivo, a publicidade adquire importância e usa a embalagem como estratégia para vincular ao produto valores humanos, sociais ou morais, como liberdade, verdade e honestidade. O consumidor passa a não se interessar mais apenas pelo produto em si, mas pelos valores imbuídos naquele objeto por meio da sua apresentação visual.

De acordo com pesquisa da ABRE – Associação Brasileira de Embalagens -, a embalagem é o objeto que identifica simbolicamente o produto, e o consumidor não dissocia a embalagem do seu conteúdo, considerando os dois como constituintes de uma mesma unidade indivisível.

Posto isso, pode-se concluir o quanto as embalagens são mídias poderosas. Elas agregam valor ao produto, traduzindo o cuidado com os detalhes e ajudando a criar uma relação afetiva entre o cliente e a empresa. Em alguns casos, as embalagens acabam se tornando tão indissociáveis da marca e assumem um valor tão forte, que tomam o lugar do produto, transformando-se no objeto de desejo. Qual a mulher, por exemplo, nunca sonhou em ganhar de presente uma caixinha azul da Tiffany & Co, independentemente de que joia fosse encontrar dentro?

Quando passamos do ambiente real para o virtual, a coisa muda de figura. Na maioria dos casos, em uma página da internet, vemos as fotos dos produtos desembalados. O primeiro contato do cliente não é com a embalagem, que perde o papel de influenciar a compra. Talvez por isso grande parte das empresas tenha voltado a entender que as embalagens servem apenas para armazenar os produtos e garantir que eles cheguem íntegros aos seus clientes.

Esse pensamento errôneo faz com que muitas lojas virtuais percam uma grande oportunidade. Para um e-commerce, a embalagem é um dos únicos contatos físicos com o cliente. Ela chega às mãos do consumidor, estabelecendo contato direto e é responsável por fazer com que o produto seja percebido de uma nova maneira, agregando valores e significados a ele. É por meio dela que se concretiza o relacionamento com o vendedor, com a loja.

Fazer com que o produto chegue à casa do cliente em uma embalagem bem pensada, bonita, que agrade ao consumidor é uma tarefa relativamente fácil e que com certeza trará um retorno positivo imediato. Nossa experiência no e-commerce Leva pra Casa tem nos provado que vale a pena.

Costumamos receber retorno dos nossos clientes avisando que receberam os produtos, e 90% deles frisam o quanto se emocionaram ao ver o cuidado com a embalagem, e que isso os fez perceber o cuidado que a empresa tem com os produtos e os clientes. Isso prova como a embalagem pode ser uma grande aliada na hora de passar para os consumidores os valores e as crenças de uma empresa. E efetivar um relacionamento duradouro.

Deixe seu comentário

2 comentários

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

Hospedado por: Dialhost Transmissão de Webinars: Leads Qualificados: Dialhost Recrutamento & Seleção: Dialhost Métricas & Analytics: MetricasBoss People Marketing: Dialhost

  Assine nossa Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Obrigado!

Você está inscrito em nossa Newsletter. Enviaremos, periodicamente, novidades e conteúdos relevantes para o seu negócio.

Não se preocupe, também detestamos spam.