O que é e quais são os benefícios do Marketing de Afiliados para o seu e-commerce

por Diego Carmona Quarta-feira, 17 de maio de 2017   Tempo de leitura: 13 minutos

Você já ouviu falar ou conhece alguma pessoa que é ou foi revendedora de cosméticos, como Natura, Avon, Boticário ou Jequiti? Esse modelo de negócio à base de revenda e ganho por comissões já foi e continua bastante popular, mas o que ele tem a ver com o marketing de afiliados?

Podemos dizer que esse tipo de marketing é uma forma online e atualizada do antigo modelo de revendas. Em vez de os revendedores irem de porta a porta para divulgar e vender os produtos de um catálogo, agora, qualquer pessoa com um site, blog, perfis em redes sociais ou uma lista de e-mails pode promover as ofertas de diversos outros produtores e o dono de e-commerce também pode usar a estratégia do marketing de afiliados em sua loja.

Do lado dos anunciantes, ele representa uma nova maneira de atrair e conquistar clientes. Essa variação é importante, pois boa parte do público tende a criar uma resistência maior com determinados tipos de propaganda. Isso vale tanto para o meio tradicional, até certo ponto invasivo, como no caso das próprias revendas, quanto para o digital, como os anúncios patrocinados no Google, YouTube, Facebook e em outras redes sociais.

O marketing de afiliados é fundamental para quem quer fazer sucesso com um negócio digital sendo um afiliado. Por isso, vou falar sobre seu funcionamento, seus benefícios e por que ele se tornou uma estratégia tão utilizada atualmente.

Mas afinal, o que é?

Marketing de afiliados é um conjunto de estratégias para um produto ou serviço (físico ou digital) ser promovido por uma rede de afiliados pela internet. Eles, por sua vez, recebem uma comissão proveniente de cada clique, cadastro, venda ou ação específica gerada em seus próprios canais de comunicação. Esse percentual é definido pelos produtores ou combinado com os parceiros que divulgam as suas ofertas.

Em muitos casos, para o marketing de afiliados funcionar, é preciso participar de uma plataforma de programa de afiliados. Esse último item é um sistema que conecta os anunciantes aos promotores dos seus produtos e serviços e gerencia essa relação. Nele, você pode encontrar as ofertas que acredita serem mais adequadas à sua especialidade ou o mercado que pretende atingir.

Além do mais, as plataformas são responsáveis por disponibilizar os formatos de propaganda os quais o afiliado pode escolher para inserir em seu site, blog, rede social, fórum ou e-mail.

Os anúncios devem levar os visitantes e leads até uma página preparada pelo produtor (normalmente uma Landing Page) para acontecer a conversão. Para isso, os afiliados recebem um link com um código personalizado, que pode vir incluído nos seguintes formatos:

URL direta;
Cupons;
Banners: estáticos ou dinâmicos (flash ou HTML 5);
E-mail marketing: um dos mais populares.

Se você se interessou em ver na prática como funcionam as plataformas de programa de afiliados, vale a pena conhecer o Hotmart, ClickBank, Eduzz, Monetizze, Lomadee e o já conhecido Google Adsense.

Quais estratégias de marketing e vendas podem ser aplicadas?

Um afiliado não deve espalhar banners, enviar spams e empurrar ofertas para o público sem muito critério. Nessas horas, uma boa referência é o trabalho dos revendedores que citei no início deste post. Apesar de algumas vezes serem invasivos, eles também tinham o papel de serem consultores, isto é, atuarem como especialistas sobre as suas ofertas para passar credibilidade e confiança aos seus clientes. Assim, conseguiam aumentar suas chances de venda.

Estratégias de Marketing de Afiliados

Na internet, essa orientação consultiva é parecida. A diferença é que os clientes tendem a chegar aos produtos por conta própria. Agora, os consumidores são ativos, usam as redes sociais e o Google para tirar suas dúvidas e resolvem seus problemas em sites, fóruns e blogs que tragam uma solução. Para chamar a atenção desse público, você pode lançar mão de estratégias como o Inbound Marketing, Marketing de Conteúdo, SEO e marketing de relacionamento.

A ideia é produzir conteúdo útil e relevante que trate justamente das dores e problemas do seu público-alvo. Os objetivos são criar identificação, fazer com que as pessoas vejam você como uma autoridade no assunto e disseminar a percepção de confiança. Dessa maneira, os consumidores estarão mais dispostos a aceitar suas indicações.

Como um afiliado pode receber suas comissões?

Existem alguns modelos de comissionamentos os quais são combinados entre anunciantes e afiliados. Eles são identificados pelas seguintes nomenclaturas:

CPC (Custo por Clique)

Nesse modelo, os afiliados ganham por cada clique feito em seu anúncio, independentemente do formato. O Google Adsense basicamente funciona assim. São comissões menores, porém mais frequentes.

CPM (Custo por Mil Impressões)

O nome já é autoexplicativo, mas não custa reforçar que a comissão é recebida toda vez que um banner é exibido 1.000 vezes, ou seja, 1.000 pageviews — mesmo que um visitante acesse mais de uma vez no período.

Comissões Marketing de Afiliados

Formatos de comissões no Marketing de Afiliados

CPA (Custo por Ação)

A comissão é baseada em uma ação predeterminada pelo anunciante e que pode ser uma inscrição, um download ou uma compra, por exemplo.

CPL (Custo por Lead válido)

Parecido com o modelo anterior, a diferença é que o cadastro precisa ser validado pelo anunciante para que você ganhe sua comissão.

CPV (Custo por Venda)

O modelo mais clássico, no qual cada venda realizada em seu link de afiliado gera uma comissão.

E tem vantagens?

São inúmeros os benefícios de quem aplica o marketing de afiliados ou se inscreve em um programa de afiliados. Vou destacar os pontos principais:

Afiliados ganham sem necessariamente ter um produto digital

Como você promove uma oferta desenvolvida por uma marca ou um produtor, não é preciso ter essa preocupação. O melhor é que, pelas plataformas, dá para escolher produtos ou serviços de diferentes produtores e áreas de atuação, e o dono do e-commerce atinge públicos que não iriam visitar a loja de livre e espontânea vontade.

Isenção de custos com vendas e entregas

Essa é outra vantagem de divulgar as ofertas de outras pessoas. Como o produto não é seu, você também não arca com as taxas de venda (pagamento para intermediários de pagamento, bandeiras de cartão etc.) e com os fretes.

Não é preciso pagar para ser um afiliado

A inscrição nos programas de afiliados é gratuita e não há mensalidades para pagar. Essas plataformas também ganham uma comissão do anunciante que cadastra seus produtos, um benefício para o criador do e-commerce.

Flexibilidade

Uma vantagem interessante é que não há contrato de exclusividade com nenhuma marca — a não ser que haja uma negociação direta do afiliado com o anunciante. Você pode trocar de produto quando bem entender ou achar que não está rendendo o esperado.

Por que esse é um mercado em alta?

Ele cresceu bastante nos últimos anos muito em função da importância que as redes sociais e os conteúdos de qualidade ganharam na internet. Atualmente, os usuários seguem pessoas famosas, formadores de opinião, marcas e blogs referências nos assuntos que eles curtem. Esse cenário propiciou a aparição de vários blogueiros e YouTubers, verdadeiros produtores de conteúdo que se comunicam e influenciam os hábitos de milhões de pessoas pelo mundo.

Os terrenos principais do marketing de afiliados são os blogs e o e-mail marketing. Muitas vezes eles são usados até em conjunto, quando o blog é usado para captar leads e o e-mail para manter um relacionamento com eles até a venda.

O marketing de afiliados é uma estratégia que vale a pena ser adotada porque todo muito sai ganhando. Os anunciantes, por passarem a contar com uma rede de afiliados de diferentes locais, contatos e conteúdos trabalhando para divulgar e vender seus produtos. Por fim, você, o afiliado, começa a faturar com os seus perfis em redes sociais, seu blog e sua lista de e-mails com ofertas bem comissionadas e que se encaixam nos desejos do seu público.

Deixe seu comentário

0 comentário

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

O projeto E-Commerce Brasil é mantido pelas empresas:

Hospedado por: Dialhost Transmissão de Webinars: Leads Qualificados: Dialhost Recrutamento & Seleção: Dialhost Métricas & Analytics: MetricasBoss People Marketing: Dialhost

  Assine nossa Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Obrigado!

Você está inscrito em nossa Newsletter. Enviaremos, periodicamente, novidades e conteúdos relevantes para o seu negócio.

Não se preocupe, também detestamos spam.