O poder das redes sociais no e-commerce

por Josele Delazeri de Oliveira Sexta-feira, 17 de julho de 2020   Tempo de leitura: 4 minutos

Em período de pandemia, a única certeza que temos para os negócios é a mudança. Cada vez mais consumidores preferem usar o e-commerce a comprar na loja física. Para alguns talvez não seja a preferência, mas a única maneira, em tempos de coronavírus.

Para as empresas de comércio eletrônico, a capacidade de conectar-se com os clientes pela web, de uma maneira que era apenas um sonho no passado, é apenas uma das muitas vantagens do e-commerce.

Existem botões de compra no Pinterest e no YouTube, feeds do Instagram para compras, e você pode até comprar diretamente via Twitter. Assim, é de extrema importância que quem tem um e-commerce compreenda a relevância de aproveitar as plataformas de mídia social e sua base de usuários. E, nesse sentido, é preciso usar a integração de mídia social para envolver as pessoas nas plataformas de e-commerce a fim de convertê-las em clientes.

Influência no e-commerce

A mídia social é uma ferramenta poderosa para o e-commerce. A capacidade de não apenas direcionar os compradores para um novo produto ou um negócio atraente, mas também para se envolver com eles e criar um senso de comunidade, é incrivelmente útil. Uma presença completa nas mídias sociais também inclui, portanto, vendas diretas através de algumas redes, além de ferramentas de back-end para permitir que os clientes compartilhem produtos e compras recentes com amigos e seguidores em apenas um clique.

Com mais usuários da Internet comprando online a cada ano, é seguro dizer que o setor de comércio eletrônico está crescendo exponencialmente, principalmente devido à pandemia. Quase todos os principais varejistas do mundo agora têm uma loja online, e novos varejistas somente online são lançados todos os dias.

As mídias sociais já impactaram as percepções dos consumidores, mas o mais interessante é como afeta diretamente o comércio eletrônico e a maneira como gastamos. Elas são uma ferramenta de alto rendimento para marketing, promoção e até venda. Ajudam as empresas de comércio eletrônico a identificar clientes, interagir com eles, criar confiança, obter oportunidades de vendas e fornecer suporte rápido.

Surgimento da Internet

Quando a Internet surgiu, começou como uma vantagem competitiva para todos os negócios que a adotaram. Muito rapidamente, a web se tornou uma necessidade comercial. Dessa forma, simplesmente não é possível permanecer competitivo sem ter uma presença online. Com a Covid- 19, essa afirmação faz ainda mais sentido.

A imensa popularidade e influência das mídias sociais criaram um enorme público potencial para compras. Os usuários globais da Internet gastaram uma média de 142 minutos por dia nas mídias sociais em 2018, acima dos 90 minutos em 2012, de acordo com um relatório da GlobalWebIndex citado pela Digital Information World. E, considerando o momento de quarenta, esse público só aumenta.

Conte histórias

Contar histórias é uma obrigação! Este é o momento da criatividade visual, sobre se relacionar com uma história em vez de apenas anunciar seus produtos. Conte a história da sua marca, como ela chegou até aqui, qual é a motivação, as batalhas diárias, o seu propósito. Assim, as pessoas se conectam com a própria marca e constroem um relacionamento estável. Pessoas se conectam com pessoas. Hoje não falamos mais sobre cliente satisfeitos ou insatisfeitos, mas lovers ou haters. Quanto maior a conexão com o seu cliente, mais ele será divulgador e defensor da sua marca.

Além disso, a conexão é muito importante para os momentos mais desafiadores. Dessa forma, quando você cometer um erro, por exemplo, se os seus valores estiverem bem claros para o seu público e você for sincero com ele, as falhas serão perdoadas, e ele continuará comprando de você.

E na prática?

Para transformar seguidores em compradores, é relevante ter as redes sociais integradas à sua loja virtual: WhatsApp, Facebookstore, Facebookpixel, Instagram shopping, Google Analytics, Google Shopping.

De acordo com Duncan Kingori, estas são algumas maneiras de usar as mídias sociais e impulsionar suas conversões de comércio eletrônico:

  • Promova o conteúdo gerado por seus usuários;
  • Use hashtags;
  • Apresente ofertas e descontos;
  • Facilite a compra do seu produto no Instagram;
  • Coloque seu dinheiro em anúncios de mídia social;
  • Crie páginas e participe de grupos;
  • Faça uso do analytics.

O principal aprendizado é: você precisa estar onde o seu cliente está!


Gostou desse artigo? Não esqueça de avaliá-lo!
Quer fazer parte do time de articulistas do portal, tem alguma sugestão ou crítica?
Envie um e-mail para redacao@ecommercebrasil.com.br

Você recomendaria esse artigo para um amigo?

Nunca

 

Com certeza

 

Deixe seu comentário

0 comentários

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  Assine nossa Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Obrigado!

Você está inscrito em nossa Newsletter. Enviaremos, periodicamente, novidades e conteúdos relevantes para o seu negócio.

Não se preocupe, também detestamos spam.