Acesso rápido

Negócio virtual: Mitos sobre pequenos e-commerces

por João Paulo Arraes Sexta-feira, 13 de dezembro de 2019   Tempo de leitura: 5 minutos

Montar uma loja virtual não é uma decisão fácil, é um momento de muito estudo e de análise. No entanto, as vantagens de ter um negócio virtual se apresentam em diversos momentos, desde o senso de urgência, flexibilidade, agilidade e abrangência de clientes. Investir em seu próprio negócio faz parte de uma jornada às vezes árdua, mas que pode ser gratificante.

Negócio virtual

Ainda que o e-commerce tenha vindo de uma prévia loja física, criar e nutrir uma loja virtual é um caminho longo a ser percorrido. É importante ter em mente que a diferença entre vender online e criar e-commerce não é apenas o investimento financeiro de construir e manter a loja. A dedicação se refere também ao tempo do empreendedor.

Existem muitos mitos que podem desanimar quem está começando no percurso do e-commerce. Grandes negócios começam de pequenas empresas e o início pode realmente ser um período turbulento, mas é importante estar atento às pegadinhas e aos mitos que podem influenciar no sucesso virtual. Confira alguns deles:

1. O segredo está nas ferramentas

Elas são imprescindíveis, porém, investir em ferramentas caras não significa efetividade automática no e-commerce. É extremamente necessário que exista um conhecimento robusto para manipular as ferramentas da melhor maneira possível.

2. Achar que não precisa investir na equipe

Não investir em uma equipe qualificada no pequeno negócio tende a ser uma oferta tentadora. No entanto, esse atalho pode dificultar os processos da sua loja virtual. Contratar colaboradores aptos faz o seu negócio fluir para que você possa focar nas estratégias da empresa.

3. Começar com uma plataforma gratuita é mais garantido

A dor de cabeça de trabalhar com uma plataforma gratuita não compensa o dinheiro e o tempo que será perdido! Investir em uma plataforma eficiente garante a estabilidade e a usabilidade necessária para o desenvolvimento da loja.

4. Forma de ganhar dinheiro rápido

Esse é um erro muito grave que ilude muitos lojistas. Deve-se pensar que é um investimento e, com melhorias, conhecimento e informação, a loja pode vir a lucrar, porém, a longo prazo. Além disso, ganhar dinheiro não deve ser o objetivo de montar uma loja virtual e, sim, a consequência.

5. Tempo livre

Talvez um dos maiores mitos ao criar um negócio online seja imaginar que você terá mais tempo livre. Ser empreendedor demanda várias horas de trabalho e uma carga extra que exige não apenas trabalho operacional, mas criação de estratégias capazes de estruturar seu negócio.

6. Entrar na onda dos modismos

É muito comum ver e-commerces se adaptando à “onda” de produtos. Sejam canudos ecológicos ou produtos naturais, é importante fazer pesquisas e considerar todos os fatores, como: durabilidade; rentabilidade; e escalabilidade do produto.

7. Dispensar investimento com divulgação

Ainda que a empresa seja pequena, é fundamental separar parte da verba para o marketing digital. Muitos empreendedores dispensam essa etapa ou deixam em segundo plano, porém, é através da divulgação que sua empresa conquista maior espaço no mercado.

Alinhar o planejamento e a gestão do empreendimento é fundamental para ampliar seus canais de venda, divulgar seus produtos, aumentar o público e o faturamento. Todos esses processos são indispensáveis para o crescimento do seu e-commerce.

Você recomendaria esse artigo para um amigo?

Nunca

 

Com certeza

 

Deixe seu comentário

0 comentário

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  Assine nossa Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Obrigado!

Você está inscrito em nossa Newsletter. Enviaremos, periodicamente, novidades e conteúdos relevantes para o seu negócio.

Não se preocupe, também detestamos spam.