Natal, o ápice de vendas em datas comemorativas

por Alejandro Vazquez Segunda-feira, 20 de novembro de 2017   Tempo de leitura: 5 minutos

O que significa Natal para a maioria das pessoas? Comemorado em diversos países mundo afora, o dia 25 de dezembro pode ser associado aos mais variados significados, quando questionamos pessoas de diferentes culturas, hábitos e religiões. Um teste simples, para identificar as principais associações feitas às comemorações de Natal, pode ser feito em um rápido passeio pelo escritório e uma breve conversa com seus colegas de trabalho.

Certamente, as respostas serão diferentes umas das outras e poderão ter um viés mais pragmático do que sugerem as histórias narradas sobre o tema. Fizemos essa experiência entre os membros de nosso escritório. Pedimos que todos citassem as três primeiras coisas relacionadas ao Natal que lhes viessem à cabeça. “Comida” foi um das respostas mais comuns, mas isso já era esperado. Outro aspecto recorrente foi o tema “presentes/compras”.

Como resultado, sete em cada 10 pessoas incluíram em suas respostas algo relacionado ao consumo. A partir desse simples experimento e levando em consideração toda mobilização do mercado para as vendas nessa época do ano, subjetividades à parte, sabemos que é disto que se trata o Natal: comprar e presentear.

O movimento gerado pela compra de presentes pode ser observado claramente na dinâmica de vendas das lojas que utilizam a plataforma de e-commerce Nuvem Shop nos últimos anos. A ocorrência da Black Friday, associada ao início das vendas para o Natal, contribui para que novembro aponte um pico nas vendas, que se sustenta nas primeiras semanas de dezembro, fazendo com que a compra de presentes para o Natal nesses dois meses seja o equivalente ao dobro, ou até ao triplo, de vendas em um mês comum para muitos negócios online.

Como pode ser observado no infográfico, no ano de 2016, os segmentos mais procurados em lojas online para os presentes natalinos foram: moda, saúde e beleza, esporte e eletrônicos, somando 65% das opções disponíveis. O ticket médio de vendas para o Natal atingiu o valor de R$ 225, 6% a mais do que no ano anterior, e há um aumento significativo das transações e vendas efetuadas via mobile, o que pode ser apontado como tendência real de mercado e enfatiza a relevância de ter um site responsivo para celulares e tablets.

Como eu disse, no fim do ano é natural que o mercado aqueça ainda mais, mesmo em anos de crise econômica. Esse pico de vendas, apesar de desejado, pode também sobrecarregar os servidores e promover falhas em seu site, caso não sejam tomadas as devidas precauções. A velocidade de carregamento da página afeta sua taxa de conversão e até mesmo o SEO.

Por isso, não deixe de reparar nos pequenos detalhes, pois eles podem se tornar grandes obstáculos no desempenho da sua loja. Dispor de uma plataforma robusta, com assistência rápida e eficiente é fundamental para os momentos de crise. Também nessa época, tendo em vista o aumento das ofertas em diversos canais, os potenciais clientes se convertem em comparadores seriais de preços. Será outro grande desafio para você converter esses consumidores em vendas concretas.

Em razão do aumento da demanda, outro erro de logística muito comum é o não cumprimento dos prazos de entrega dos produtos. Como bom lojista, você deve se planejar com antecedência e tomar as medidas necessárias para não frustrar o cliente – ainda mais nessa época do ano, quando os sentimentos ficam à flor da pele e a entrega antes do dia 25/12 é fundamental. Portanto, o mais importante é se adiantar. De fato, não é por acaso que você está lendo este artigo em outubro.

Ainda há tempo de fazer um planejamento antecipado para atender com excelência à demanda prevista para seus produtos no Natal. Segundo relatório da Nuvem Shop, em 2016, 59,4% das lojas entrevistadas fizeram campanhas especiais para o Natal. Aproveite e transforme temporariamente sua loja, para converter o máximo do tráfego em clientes. Pensando em ajudá-lo com mais algumas dicas, listei alguns pontos para você colocar em prática na hora de se preparar para o próximo 25 de dezembro e ter um final de ano de muito sucesso.

1. Fique atento à sua logística

A primeira coisa a fazer é ter certeza de que sua loja tem estrutura suficiente para atender a todos os clientes. Para isso, você deve analisar se o checkout está intuitivo; ver se os meios de pagamento e entrega estão em local visível; organizar sua equipe de atendimento para eventuais dúvidas, estabelecer um processo para recebimento e manuseio de pedidos, além de fazer estoque dos seus produtos mais populares. Outra saída que pode fazer toda a diferença em suas operações é oferecer vantagens para quem comprar adiantado, aliviando a correria dos dias mais próximos do Natal e garantindo que o produto chegará no prazo, sem dores de cabeça.

2. Trabalhe seu SEO para ser encontrado

Ao longo do ano, é importante levar em conta as melhores práticas para conseguir um bom posicionamento orgânico nos buscadores (SEO). No Natal, esse aspecto segue sendo válido e essencial, mas, para isso, você deverá se atentar para certas palavras-chave “sazonais”. É possível que muitos potenciais clientes busquem termos como “ofertas de presentes”, “presentes baratos”, “ideias de presentes”, “presentes de Natal originais”, entre outros. Cabe a você identificar essas palavras-chave e utilizá-las na hora de gerar conteúdo para a sua loja, conquistando mais chances de aparecer na primeira página dos buscadores.

3. Crie um layout natalino

É muito importante deixar a aparência da sua loja virtual com um aspecto mais “natalino”. Você pode editar o logotipo, por exemplo, e dar um toque especial à sua loja virtual com banners temáticos. Uma boa dica é criar um link para uma categoria especial com “presentes natalinos”. Prepare os textos e imagens que serão usados e tenha tudo pronto para publicar na data estipulada. Lembre-se de que, quanto mais próximo do Natal, mais criativo você precisará ser – e mais difícil será se organizar.

4. Distribua cupons de desconto

Não se trata de oferecer um desconto falso, aproveitando o impulso comprador da época, e sim trabalhar com a ideia de percepção de valor do seu produto. Isso é importante para você continuar assegurando a sua margem de lucro e deixar o cliente satisfeito com o valor pago. O tipo de promoção oferecida pode variar de acordo com a sua loja virtual, seu alcance, os produtos disponíveis em estoque, entre outros fatores próprios do seu negócio. O mais importante é fazer a oferta com sabedoria. Por exemplo, não elabore descontos “matematicamente” complexos. Tente ser certeiro e imediato.

5. Incremente o ticket médio do pedido

A temporada natalina, em geral, é marcada por uma generosidade maior. Portanto, aproveite para incentivar os consumidores da sua loja virtual a aumentar o ticket médio do pedido, comprando mais produtos ou produtos de preço superior. Uma estratégia interessante é oferecer frete grátis para compras acima de determinado valor e fazer kits com produtos para compor um presente mais incrementado. Você pode ainda incluir uma cortesia, como um brinde ou cupom de desconto, para a próxima compra. Encantar o cliente com pequenas surpresas pode diferenciar sua loja da concorrência.

6. Capriche no seu marketing

Para chamar a atenção das pessoas para sua loja, você pode fazer um post especial no seu blog, chamadas e concursos culturais nas redes sociais, enviar campanhas de e-mail marketing e investir em anúncios pagos no Google AdWords ou Facebook Ads. As possibilidades são infinitas! Só tome cuidado para não bombardear o cliente de informações e se esquecer do principal: converter vendas.

7. Que seu 2018 comece no Natal!

O e-commerce é uma atividade que veio para ficar. É uma excelente porta para quem deseja entrar no mundo do empreendedorismo, ser seu próprio chefe, conquistar a independência financeira e deixar sua marca no mundo. Provavelmente, você já deve estar convencido da evolução do comércio eletrônico nos últimos anos e que 2018 promete grande crescimento. O que acha de começar o próximo ano dando um grande salto neste Natal?

Publicado originalmente na Revista E-Commerce Brasil

Deixe seu comentário

0 comentário

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

Hospedado por: Dialhost Transmissão de Webinars: Leads Qualificados: Dialhost Recrutamento & Seleção: Dialhost Métricas & Analytics: MetricasBoss People Marketing: Dialhost

  Assine nossa Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Obrigado!

Você está inscrito em nossa Newsletter. Enviaremos, periodicamente, novidades e conteúdos relevantes para o seu negócio.

Não se preocupe, também detestamos spam.