Projeto mantido por:

Métodos de pagamento alternativos: quais são e como funcionam?

por Carolina Fanin Segunda-feira, 14 de março de 2022   Tempo de leitura: 11 minutos

Em um cenário de pagamento em rápida evolução, os consumidores estão adotando, cada vez mais, métodos de pagamento alternativos.

Esses métodos tornaram-se cada vez mais populares nos últimos anos à medida que surgiram novas fintechs, que entraram no ecossistema de pagamentos fornecendo aos consumidores maneiras mais ágeis e convenientes de fazer compras e enviar dinheiro para amigos e familiares.

Segundo um estudo realizado pela IDC, 61% dos entrevistados responderam recorrer aos meios digitais de pagamentos.

“As pessoas estão mudando o uso tradicional de dinheiro e cartão para pagamentos digitais, porque estão sendo criadas soluções que permitem transações mais rápidas e convenientes” – Ricardo Villate, presidente do IDC para a América Latina.

Neste artigo, mostraremos quais são os métodos de pagamento alternativos mais relevantes e por que eles são tão importantes para o sucesso dos negócios online.

Quais são os métodos de pagamento tradicionais?

Quando pensamos em métodos de pagamento tradicionais, logo vem à nossa cabeça o dinheiro em cédulas, meio de pagamento mais utilizado no Brasil. E quando falamos em e-commerce, os meios de pagamento mais comuns são o cartão de crédito e o boleto.

Ambos são amplamente utilizados nas lojas online e por muitos anos foram os meios mais populares nas compras pela Internet.

Cartão de crédito

O cartão de crédito é uma das formas de pagamento preferidas pelos brasileiros também na Internet.

É ideal para empresas que trabalham com cobranças recorrentes por oferecer a opção do pagamento automatizado, sendo um meio de pagamento funcional e eficiente.

Um dos principais benefícios de aceitar o cartão de crédito no seu e-commerce, além de atender à expectativa de grande parte de seus clientes, é a redução da inadimplência, mesmo nas compras parceladas.

Além disso, o risco de fraudes e erros manuais é bastante reduzido. Logo, sua gestão financeira é valorizada. Sem falar na segurança das transações, que geram processos quase automáticos.

Boleto bancário

Apesar de ser um meio de pagamento bastante antigo e tradicional, o boleto é ainda muito utilizado, principalmente nas compras online.

Oferecer o boleto como forma de pagamento no seu e-commerce é essencial para atender à parcela da população que não possui conta em bancos e que não realiza pagamentos online.

Apesar de o tempo de compensação do boleto poder ser de até três dias úteis, ele ainda é amplamente utilizado para pagamentos à vista.

Quais são os métodos de pagamento alternativos?

Métodos de pagamento alternativos são definidos como formas de pagamento que não sejam os meios tradicionais.

Trata-se de uma evolução natural dos meios de pagamento, impulsionada pela pandemia de Covid-19, que fez com que os pagamentos contactless se tornassem tão utilizados – quando as compras na Internet e pelo WhatsApp tornaram-se comuns.

Além disso, o avanço das fintechs no mesmo período, trazendo soluções cada vez mais ágeis e tecnológicas, deu força para que os métodos de pagamento alternativos fossem amplamente utilizados pelos consumidores.

No mesmo cenário, no Brasil, o Banco Central entendeu as dores e as necessidades do consumidor brasileiro e lançou o Pix, meio de pagamento instantâneo e digital que foi rapidamente aceito pela população, já sendo o segundo meio de pagamento mais utilizado.

Vamos conhecer um pouco mais sobre cada um deles!

Pix

O Pix foi lançado oficialmente em novembro de 2020, quando os reflexos da pandemia e do isolamento social já eram bastante notáveis.

A ideia do novo meio de pagamento era oferecer aos consumidores e aos lojistas uma forma instantânea de pagar e receber, sem burocracias e com taxas menores do que as praticadas pelas operadoras de cartão.

Como você já deve saber, o Pix logo se tornou um sucesso e hoje a expressão “Faz um Pix” já está na boca de milhões de brasileiros, que fizeram com que o meio de pagamento se tornasse o segundo mais utilizado no país, perdendo apenas para o dinheiro em espécie.

Quando falamos em e-commerce, oferecer ou não o Pix pode ser decisivo para a conversão de seus clientes, que estão sempre em busca de praticidade em suas compras.

Para você ter uma ideia, um estudo chamado Beyond Borders 2021/2022, realizado pelo EBANX, apontou que os consumidores no Brasil escolheram o Pix como método de pagamento em cerca de 40% de suas compras online!

Oferecer o Pix no e-commerce é simples, basta integrar sua loja com uma boa plataforma de pagamentos que ofereça esse serviço. O ideal é contar com opções completas, que proporcionem uma boa gestão das suas vendas e ajudem na automação de cobranças.

Carteiras digitais

Carteiras digitais são uma versão digital de suas contas e cartões, facilmente acessíveis via computador, smartphone ou qualquer outro dispositivo inteligente que, basicamente, eliminam a necessidade de carregar uma carteira real.

Hoje, pagar com Apple Pay, Google Pay, Mercado Pago – entre outros – está se tornando cada vez mais comum, eliminando de vez a necessidade de andar com seus cartões físicos no bolso.

A maioria dos pontos de venda que são credenciados às carteiras digitais oferecem a opção de pagamento via NFC, QR Code, Pix ou biometria, e todo o processo é autenticado através do smartphone.

Criptomoedas

Criptomoedas são um meio de pagamento digital que não depende de bancos – e nem de governos – para verificar suas transações e usam criptografia para protegê-las. Daí o nome criptomoedas.

As criptomoedas são registradas em um blockchain que funciona como um registro digital de todas as transações, sendo atualizadas e mantidas pelos detentores de moeda.

Atualmente, é possível comprar uma grande variedade de produtos de sites de e-commerce usando criptomoedas, por exemplo:

  • Produtos eletrônicos;
  • Produtos de luxo;
  • Carros;
  • Seguros.

Se você tem um e-commerce de algum desses produtos, pode analisar a possibilidade de aceitar as criptomoedas como forma de pagamento.

Por ainda não ser um meio de pagamento amplamente aceito, quem for pioneiro poderá ter mais chances de conquistar a preferência dos consumidores.

TED e DOC

Achou que o TED e o DOC ficariam de fora da nossa lista de métodos de pagamento alternativos? Nada disso!

Apesar de o Pix e de outros métodos estarem ganhando força, ambos ainda são muito utilizados, principalmente no meio B2B (negócios entre empresas).

Então se você vende para empresas, é possível que ainda tenha clientes que têm preferência pelo pagamento por TED ou DOC.

Qual meio de pagamento oferecer no meu e-commerce?

Não existe o melhor e o pior, existe aquele pelo qual seu público-alvo tem maior ou menor preferência.

Ou seja, quanto mais métodos de pagamento você oferecer, maiores serão as chances de conversão.

Um e-commerce que oferece apenas cartão de crédito e boleto pode estar com os dias contados, uma vez que seus concorrentes estão atrás de meios de pagamento mais práticos e ágeis, preocupando-se em atender às expectativas do cliente.

O ideal é que você busque uma instituição de pagamento que ofereça soluções completas de cobrança, disponibilize diversificação de meios de pagamento e ofereça aos seus clientes a melhor experiência de checkout.

Agora queremos saber, quais meios de pagamento você mais utiliza no seu e-commerce? E quais os seus clientes mais utilizam? Conta pra gente!

Leia também: Qual é o futuro das compras online? Meios de pagamento digitais serão protagonistas

Gostou desse artigo? Não esqueça de avaliá-lo!
Quer fazer parte do time de articulistas do portal, tem alguma sugestão ou crítica?
Envie um e-mail para redacao@ecommercebrasil.com.br

Você recomendaria esse artigo para um amigo?

Nunca

 

Com certeza

Deixe seu comentário

0 comentários

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Comentando como Anônimo

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

CADASTRE-SE EM NOSSA NEWSLETTER