Quais os melhores sites para anunciar os seus produtos online?

por Sidney Zynger Segunda-feira, 14 de junho de 2021   Tempo de leitura: 6 minutos

Quando o empreendedor decide vender em diversos canais online, ele assume um caminho promissor de vendas. Entretanto, também precisará de uma curadoria dos espaços aos quais deseja ver o seu produto sendo vendido — ou seja, deverá estudar quais são os melhores canais disponíveis para o seu nicho de mercado. Com tantas opções, muitas vezes acaba sendo um desafio fazer as decisões corretas e ir ao encontro do seu consumidor. Neste artigo, vou mostrar um pouco mais sobre quais são os melhores sites e como funcionam os sites de venda. Além disso, também abordarei como fazer boas escolhas de canais para estabelecer uma estratégia de vendas inteligente e eficiente — a fim de proporcionar mais alcance ao seu negócio virtual!

Como funciona um site de vendas?

No e-commerce, vender através de um site de vendas é um atalho para ganhar a confiança do consumidor (que já faz a busca através do site). É também uma forma de ampliar a presença digital do seu negócio e aliar a outros canais, como redes sociais, loja virtual e marketplaces.

Vender em um site de vendas é uma forma de estar em uma vitrine virtual que já conta com uma audiência própria. Outra vantagem ao lojista é que a plataforma já dispõe de estrutura necessária para o negócio digital. Ou seja, traz integrações de pagamento, comunicação com o cliente, opções de frete, entre outras facilidades.

De forma geral, para iniciar as vendas em um site de vendas é preciso seguir alguns passos:

  • Escolher uma plataforma que se encaixe no seu segmento e verificar as taxas e particularidades do canal. Após isso, é preciso fazer um cadastro com o seu CNPJ para poder fazer a emissão de notas fiscais das vendas.
  • Cadastrar os produtos na plataforma para serem vendidos. Nesta etapa é importante verificar as especificações da plataforma, na criação de descrições, formato de fotos, entre outras.
  • Verificar como será o frete (se integrado diretamente na plataforma do site ou através dos seus parceiros de logística). Algumas plataformas já disponibilizam serviço próprio de entrega, mas cobram o valor. É importante contar com opções para o cliente escolher a opção que mais se adequa a sua necessidade.
  • Assim que estiver em uma plataforma de vendas, já é possível estar integrado a um sistema de pagamento que oferece maior segurança ao cliente. O lojista também já recebe o valor das vendas com o desconto da comissão da plataforma.
  • É importante estar integrado a plataformas descomplicadas, que possibilitem a gestão do seu catálogo de produtos, edição de layout e textos sem complicação.

Quais as melhores opções para vender online?

Atualmente, não existe um único caminho quando se fala em vendas pelo e-commerce. Sem falar do formato híbrido, onde o online e a loja física se encontram, o lojista também pode contar com vendas através de loja virtual própria, redes sociais e marketplaces. Uma opção não exclui a outra, e o empreendedor pode trabalhar estratégias diversas ao mesmo tempo.

Quando pensamos nos principais marketplaces do mercado, alguns aparecem em destaque para quem deseja anunciar e vender mais online:

Algumas plataformas para criar o site do zero, desde layout, design e gerenciar produtos e vendas de forma simples: WIX, Nuvemshop, Shopify, Loja Integrada e Tray. São plataformas indicadas para iniciantes que precisam de suporte e desejam iniciar as vendas online criando uma loja virtual própria, integrando às redes sociais e personalizando as vendas.

Já para quem quer vender em plataformas já prontas (marketplaces) e anunciar os seus produtos usufruindo da audiência do canal, os sites mais lembrados são: Mercado Livre, Amazon e Submarino, além dos mais específicos como Magalu, Via Varejo, Centauro, entre outros.

Há também sites que são plataformas para gerar vendas de produtos usados, como é o caso do Enjoei, OLX, entre outras.

Organização e gestão integrada para vender online

Todo o processo de vendas online é otimizado quando o negócio conta com um sistema de gestão para auxiliar nos processos de integração aos canais de venda. Lembro que são muito eficazes no momento de sincronização de estoque, vendas, emissão de notas fiscais e boletos.

Além de facilitar a gestão interna, também otimizam a experiência do consumidor na jornada de compra online — seja através de loja virtual ou marketplace. Uma gestão integrada permite ao empreendedor diversificar suas vendas e ampliar sua marca virtual (ganhando confiança para vender cada vez mais).

Gostou desse artigo? Não esqueça de avaliá-lo!
Quer fazer parte do time de articulistas do portal, tem alguma sugestão ou crítica?
Envie um e-mail para redacao@ecommercebrasil.com.br

Você recomendaria esse artigo para um amigo?

Nunca

 

Com certeza

Deixe seu comentário

0 comentários

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.