Acesso rápido

Lancei meu e-commerce. E agora?

por Geyzom Aragão Segunda-feira, 09 de julho de 2018   Tempo de leitura: 12 minutos

Com a crise política e econômica que vivemos nos últimos anos, vários empresários olharam para o varejo online como uma oportunidade de “driblar” essa situação, compensando a queda no faturamento, diminuindo seus custos operacionais e aumentando sua rentabilidade. Esta movimentação exponencial do mercado resultou em organizações e profissionais despreparados, que lançaram um e-commerce sem ter a mínima ideia de como conduzi-lo.

Neste cenário, convido você a ler o artigo “Quero ter um e-commerce, por onde começo?”. Esta leitura vai proporcionar algumas reflexões sobre erros e acertos em um projeto de loja virtual, além de esclarecer possíveis dúvidas que ainda estejam sem respostas.

É sabido que a gestão de uma empresa engloba várias áreas e processos, seja ela online ou offline. Mas hoje, meu objetivo é direcionar você em um destes processos, o Marketing. Trata-se de um dos processos mais importantes após o lançar um e-commerce. Por isso tenha como base os conceitos de Inbound Marketing, Outbound Marketing e Marketing de Performance.

Inbound Marketing

Inbound Marketing quer dizer marketing de atração. Seu objetivo é atrair e fidelizar os clientes, despertando neles o interesse pela sua marca, produto ou serviço. No Brasil, já é um assunto muito discutido principalmente quando falamos em funil de vendas, mas este conceito surgiu originalmente nos Estados Unidos no final da década de 90 e ganhou força a partir de 2009.

Veja algumas técnicas de como aplicar Inbound Marketing a favor do seu e-commerce:

  • Tenha um SEO bem estruturado

SEO (Search Engine Optimization) é a otimização para mecanismos de busca, composta pelo conjunto de técnicas e estratégias que permitem o melhor posicionamento nos resultados orgânicos dos sites de pesquisa, ganhando visibilidade sem o custo de uma mídia paga.

  • Esteja presente nas redes sociais

Após identificar seu público, em quais redes sociais ele está e qual linguagem apropriada a ser utilizada, defina um planejamento de postagens e conteúdos que despertem o interesse, atraindo visitantes para a sua loja virtual. Lembre-se: o foco das redes sociais é conteúdo e interação, então proporcione informação e não apenas “grite” produtos, ofertas e promoções.

  • Tenha um blog

Além de proporcionar informação, o blog é um ótimo canal para fortalecimento da marca. Ele aumenta a presença online e contribui efetivamente no processo de venda, pois leva conhecimento aos seguidores e indiretamente incentiva o consumo do seu produto ou serviço. Explore estrategicamente conteúdos relacionados ao seu segmento, como: dicas, novidades, tutoriais, notícias, etc.

  • Faça Vídeos

Além de facilitar a absorção de um conteúdo, os vídeos ajudam sua marca a ter autoridade sobre algum assunto, aumentando o engajamento com seu público e compartilhando informações de forma didática e assertiva. Minha sugestão é que você faça vídeos rápidos e objetivos, mas ricos em informação. Para facilitar a visualização e proporcionar interação com o seu público, disponibilize-os em algum canal apropriado, como o Youtube. Explore este material em benefício do seu e-commerce, compartilhando no seu blog, redes sociais e até mesmo na página de descrição do seu produto.

Outbound Marketing

Apesar do nome técnico, o Outbound Marketing é muito fácil de ser identificado e compreendido. Trata-se do Marketing tradicional, no qual a empresa divulga seu produto ou serviço de forma mais direta com a finalidade de prospectar clientes. Exemplo: telemarketing, rádios, comerciais de TV, feiras, eventos, mídias impressas, outdoors, flyers e outros.

A grande dificuldade deste método de divulgação é a falta de receptividade do público quando as técnicas mais invasivas são utilizadas. Isso, no entanto, proporciona constantemente ao Outbound Marketing a oportunidade de se renovar e buscar caminhos alternativos, como o digital.

Conheça algumas maneiras de usar o Outbound Marketing:

  • Links patrocinados

Links patrocinados são anúncios de texto exibidos em destaque entre os resultados nos sites de busca. É uma ótima estratégia para chamar atenção dos possíveis consumidores, aumentando a possibilidades de vendas através do tráfego gerado. Esta etapa exige um conhecimento mais técnico, então procure por profissionais da área ou agências especializadas que possam lhe dar este suporte.

  • Facebook Ads e Google Adwords

São mídias pagas que possibilitam criar campanhas e anúncios segmentados. Desta forma, você aplica vários níveis de filtros (sexo, idade, localização, profissão, interesses, etc). Isso aumenta a efetividade e o alcance do seu público nestes canais, direcionando para seu e-commerce, objetivando conversões.

  • E-mail Marketing

Tem um papel muito importante no processo de Outbound Marketing. Por ser uma forma direta de comunicação, utiliza para estratégias de aquisição e retenção de clientes, comunica descontos, lançamentos, promoções, etc. Importante destacar que este recurso pode ser utilizado no processo de Inbound Marketing quando a intenção é disponibilizar um conteúdo relevante. Atualmente, existem várias ferramentas para envios de e-mail marketing, bem intuitivas e de fácil utilização, como: MailBiz, Allin e MailChimp.

  • Mídia Programática

Mídia Programática é um método automatizado para comprar espaços de publicidade online através de um software que faz a intermediação com sites parceiros. Assim, ele facilita a operação e disponibiliza seus anúncios em vários sites. Desta forma, é possível segmentar e personalizar seus anúncios de acordo com o interesse do seu futuro cliente, além de direcionar melhor sua verba, otimizando os resultados.

Marketing de Performance

Totalmente relacionado a desempenho, o Marketing de Performance é focado em resultados e nas análises de dados que apresentam o retorno de um investimento, seja positivo ou não.

Trata-se de Business Intelligence (BI), que interpreta a movimentação do mercado e direciona o planejamento de marketing, proporcionando dados precisos para assegurar a “saúde” do seu negócio, identificando oportunidades e riscos.

Conheça alguns indicadores utilizados no marketing de performance:

  • Retorno sob investimento (ROI)

É um dos indicadores mais importantes, pois identifica se uma ação de marketing digital trouxe um retorno positivo ou negativo.

Para calcular o ROI, utilize a fórmula: ROI = (Retorno do Investimento – Custo do Investimento)/Custo do Investimento. Caso prefira ter uma visão analítica em porcentagem (%), basta multiplicar o resultado desta por 100. Quanto maior o valor, melhor o resultado.

  • Custo por clique (CPC)

Apresenta o valor investido por cada clique no seu anúncio. Para encontrar o CPC médio, faça o seguinte cálculo: CPC = (Custo total dos cliques/Total de cliques obtidos). Quanto menor o valor, melhor é o resultado.

  • Custo por aquisição (CPA)

Paga-se pelo anúncio, apenas quando objetivo com a sua campanha é alcançado, seja ela com foco em vendas, em cadastros de clientes, download de algum aplicativo, etc. Este valor, pode ser acordado ou pré-definido pelo canal onde irá anunciar.

  • Custo de aquisição de clientes (CAC)

É o valor médio investido para a aquisição de clientes. Ou seja, quanto você está pagando por cada visita no seu e-commerce que se torna cliente. Para encontrar este custo, aplique esta fórmula: CAC = (Investimento em Marketing/Clientes adquiridos).

Gostaria de encerrar este artigo ilustrando a diferença entre os três métodos apresentados acima. Tenha em mente, o processo de uma “pescaria” de sucesso:

  • InBound Marketing: utiliza iscas para atrair os peixes e espera eles morderem;
  • Outbound Marketing: joga a rede no rio;
  • Marketing de Performance: avalia se o clima está bom, escolhe o melhor rio, define se irá usar anzol ou rede e prepara todo equipamento necessário. Após a pescaria, contabiliza o que foi gasto e o que foi pescado.

Aquilo que não é visto, não é lembrado! Dedique tempo na análise, acompanhamento e definição das estratégias de marketing. Faça com que sua marca ganhe a visibilidade necessária para atrair seu público e garantir muitas vendas.

Obrigado pela leitura. Boa pescaria e sucesso!

Você recomendaria esse artigo para um amigo?

Nunca

 

Com certeza

 

Deixe seu comentário

0 comentário

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

O projeto E-Commerce Brasil é mantido pelas empresas:

Oferecimento:
Hospedado por: Dialhost Transmissão de Webinars: Recrutamento & Seleção: Dialhost Métricas & Analytics: MetricasBoss

  Assine nossa Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Obrigado!

Você está inscrito em nossa Newsletter. Enviaremos, periodicamente, novidades e conteúdos relevantes para o seu negócio.

Não se preocupe, também detestamos spam.