Projeto mantido por:

Marketing de referência: use as boas experiências a favor do seu negócio!

por João Paulo Arraes Sexta-feira, 19 de agosto de 2016

O marketing de referência é uma nomenclatura diferente para um antigo conceito: o bom e velho boca a boca – para alguns, a forma mais eficiente de se fazer propaganda -, mas de modo ligeiramente repaginado e levando em consideração o atual contexto de mercado.

A ideia dos métodos que têm como base o marketing de referência é simples: identificar clientes satisfeitos e leais à marca e utilizá-los como canal de recomendação a outras pessoas.

Este tipo de estratégia tem grande potencial, especialmente pelo fato de que as pessoas são altamente sociáveis e influenciáveis, relacionam-se com o outro em busca de experiências e exemplos que possam ser assimilados, imitados e reproduzidos. E isso não necessariamente precisa ser algo ruim. Para o comércio, em geral, e, neste caso, mais especificamente para o e-commerce, esta tendência é bastante vantajosa.

Mas como adotar o marketing de referência de modo prático no meu e-commerce? Primeiro, é preciso considerar cada tipo de negócio, estudar e planejar qual a melhor estratégia. E antes de se empolgar com a possibilidade, é preciso, no mínimo, oferecer produtos e serviços de qualidade, afinal ninguém recomendará uma mercadoria ou uma experiência ruim.

Feito isso, é possível adotar métodos como a criação de um “programa de indicação”, no qual os consumidores indicam produtos que adquiriram e contam suas experiências com eles para tirar dúvidas e incentivar outros clientes que também pensam em adquiri-los. Para estimular as pessoas a participarem deste programa, vale dar descontos e ofertas exclusivos ou ainda fazer como um programa de pontos, no qual se troca indicações (ou vendas baseadas nas indicações dos usuários) por prêmios da própria marca/loja.

Mas é preciso ressaltar que apesar de a ideia acima ser uma possibilidade real, o consumidor pode enxergar a intenção comercial que a baseia, que fica óbvia quando se faz uma troca (me dê sua recomendação que te dou um “presente”), o que pode deixá-lo receoso quanto à veracidade dos relatos.

O lojista que deseja evitar isso e passar o máximo de fidedignidade a seus consumidores pode apostar em um sistema de recomendações simples, sem a existência de nenhum tipo de vantagem ou troca. Por meio de uma landing page, ou na página dos próprios produtos é possível disponibilizar ao cliente, um espaço no qual ele possa dar seu depoimento, avaliando o serviço, a mercadoria, o envio, etc., até mesmo incluindo fotos reais e, por fim, classificando sua experiência como um todo.

Vale divulgar os programas de indicação nas redes sociais da loja, estimulando e incentivando os consumidores a participar.

Além disso, é possível usar as redes até mesmo como uma plataforma para empregar o marketing de referência. É possível, por exemplo, pedir que os fãs/seguidores compartilhem suas experiências pessoais com o serviço e/ou produto da loja, dando sua opinião sobre determinados critérios e, a partir disso, estabelecer uma espécie de quadro na rede e, assim, uma vez (ou mais) por semana compartilhar postagens com os depoimentos recebidos.

É legal fazer isso por meio de uma arte bacana e com um texto bem pensado. Vale ressaltar que isso pode abrir precedentes para que as pessoas enviem também experiencias negativas que tiveram com sua loja. Por isso, a necessidade de sempre oferecer produtos de qualidade com um alto nível de serviço e assistência.

Dessa forma, não deve-se enxergar o marketing de referência como a solução para todos os problemas do seu e-commerce ou como uma estratégia puramente comercial com objetivo de elevar vendas. Este tipo de método demanda esforço e tempo, pois os resultados não virão da noite para o dia. Mas a médio e longo prazo é um excelente recurso, principalmente para quem se preocupa com imagem e reputação, fatores que são determinantes para a garantir a manutenção de qualquer organização no mercado.

Você recomendaria esse artigo para um amigo?

Nunca

 

Com certeza

Deixe seu comentário

0 comentários

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Comentando como Anônimo

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

CADASTRE-SE EM NOSSA NEWSLETTER