Acesso rápido

O que fazer para manter meu e-commerce no ar em períodos de muitos acessos?

por Luiz Freires Segunda-feira, 11 de março de 2019   Tempo de leitura: 6 minutos

Em algum momento da sua vida, você certamente já se encontrou nesse cenário: final de ano, véspera de Natal, e as lojas, shopping centers e supermercados lotados devido à proximidade do feriado.

Neste período, a demanda por produtos variados aumenta e atinge, em alguns departamentos, o seu pico anual de vendas, fazendo com que os estoques se esgotem.

No virtual, o cenário pode ser o mesmo. Você não vai precisar se deslocar, enfrentar filas e lojas lotadas, mas corre o risco de encontrar um problema até mesmo maior: a instabilidade do e-commerce em períodos quando há picos de acessos simultâneos.

Quando um e-commerce sofre problemas de instabilidade?

Se um site registra tráfego maior do que a capacidade contratada junto ao servidor de hospedagem, existe a possibilidade de surgirem problemas de desempenho. Resultado: altas chances de um site ficar fora do ar.

Para um e-commerce, isso significa prejuízos nas vendas, pois os clientes não conseguem concluir a compra e acabam desistindo ou procurando soluções na concorrência.

No entanto, existem maneiras de se preparar e não sofrer com esse contratempo. A primeira dica é identificar quais são as ocasiões em que o site tem maior volume de acessos, e isso pode variar conforme o nicho do seu negócio.

Datas comemorativas e períodos com boas promoções, como Dia das Mães, Black Friday e Natal, costumam ser os mais movimentados para o comércio eletrônico. É importante, porém, acompanhar o tráfego do site com frequência a fim de identificar esses picos de vendas.

O Google Analytics consegue fazer essa análise e mostrar as informações referentes às visitas e vendas de maneira didática. Entre os dados interessantes para se buscar estão:

  • Número de visitas recebidas;
  • Dias e horários com maior concentração de usuários;
  • Tempo médio em que o usuário fica no site,
  • Principais fontes de tráfego.

Conhecendo a rotina do comércio eletrônico, fica mais fácil criar medidas preventivas e garantir que ele permaneça no ar em tempos de alta demanda.

Medidas para evitar instabilidades em um e-commerce

O cuidado para manter o site funcionando envolve várias etapas, desde a escolha da hospedagem do site até ações que fazem fazer parte do cotidiano da loja virtual.

As principais dicas para garantir um bom funcionamento de um e-commerce são:

1. Escolha uma boa hospedagem

Contar com o auxílio de uma empresa especialista em hospedagem de sites é fundamental, principalmente em períodos de estresse. Antes de contratar o serviço, é preciso saber se aquele fornecedor de hospedagem é confiável. Avalie também outros aspectos como o uptime, que é a garantia de disponibilidade do servidor.

Se você já identificou que o seu e-commerce terá picos de acesso em determinado período, entre em contato com o suporte técnico da sua empresa com antecedência e verifique se será necessário fazer um upgrade de plano.

2. Medir o desempenho do site com frequência

Segundo uma pesquisa da Neil Patel Digital (Kissmetrics), cerca de 40% dos usuários tendem a abandonar páginas que demoram mais de três segundos para carregar.

Isso indica que o mau-desempenho pode causar desistências e gerar um impacto muito grande nas vendas de um e-commerce.

Para evitar problemas, é bom ficar de olho na velocidade de carregamento. Existem ferramentas online que testam o site e indicam recursos desnecessários, como plugins e extensões que não agregam valor e podem ser descartados.

3. Corrigir problemas

Com o relatório gerado pelas ferramentas de teste em mãos, é hora de seguir as recomendações oferecidas e corrigir os problemas apontados. Além de garantir que o site fique no ar, o monitoramento frequente de seu desempenho também ajuda a aperfeiçoá-lo.

É importante levar em consideração as indicações de melhoria de velocidade, tanto para a versão mobile quanto para a desktop. Com isso, você garante a melhor experiência para o usuário na loja virtual, independentemente do meio pelo qual a acessar.

4. Garantir que o site é seguro

Outro fator bastante importante para garantir o bom funcionamento de um site é a segurança. Algumas das boas práticas para deixar o e-commerce mais protegido é investir em um Certificado SSL. É um item essencial, pois vai garantir a segurança dos dados de transações e usuários através de criptografia.

Além disso, há o SiteLock, que identifica vulnerabilidade e protege o site de ameaças, como ataque de hackers e malwares.

5. Otimização de SEO

SEO (Search Engine Optimization ou otimização para motores de busca, em português) consiste em otimizar um site para os mecanismos de busca, como o Google, tornando-o mais relevante nas pesquisas. Isso inclui também a velocidade e performance da loja virtual.

O processo pode ser aplicado nos títulos das páginas, na meta description, nos conteúdos publicados e nas imagens, que precisam carregar rapidamente.

A atenção à performance, como citada no item 2, é fundamental, pois o Google dá grande importância ao tema. Portanto, é necessário dedicar um bom tempo na análise de desempenho da loja virtual.

E, por último, SEO também exige acompanhamento, já que é preciso confirmar se realmente houve aumento no tráfego orgânico após as mudanças serem feitas.

Seguindo essas boas práticas, o site vai proporcionar uma experiência de navegação mais rápida ao usuário e estará pronto para enfrentar períodos de alta demanda, minimizando os riscos de instabilidade.

Em caso de dúvidas, é sempre bom manter um contato com a sua empresa de hospedagem e verificar se as melhorias devem ser tomadas em relação ao servidor ou as configurações da própria página.

Você recomendaria esse artigo para um amigo?

Nunca

 

Com certeza

 

Deixe seu comentário

0 comentário

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

  Assine nossa Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Obrigado!

Você está inscrito em nossa Newsletter. Enviaremos, periodicamente, novidades e conteúdos relevantes para o seu negócio.

Não se preocupe, também detestamos spam.