Como ser uma loja conceito ajuda no branding da sua marca

por Gustavo Perina Quinta-feira, 01 de julho de 2021   Tempo de leitura: 7 minutos

Com toda certeza você já entrou em alguma loja que a cada departamento você lembrava de alguma coisa, seja pelo cheiro, pela posição dos produtos ou até mesmo pelo branding da marca. Isso são lojas conceito.

O que é loja conceito?

Uma loja conceito trabalha com diferentes formas de despertar os sentidos do cliente. Neste caso, ele é totalmente transportado para um ambiente que tenha a ver com o tema da loja, que traga uma identidade para a lembrança dessa loja todas às vezes que ele optar por aquele tipo de produto.

Imagem de uma pessoa segurando um cartão de crédito para usar em uma compra online
Uma loja conceito deve gerar uma experiência única, do primeiro contato com a marca até a finalização da compra.

Lojas conceito trabalham em cima do posicionamento correto dos produtos, a fim de valorizá-los. Além disso, focam em música ambiente, um cheiro específico e também de um tema ao qual a loja estará inserida.

Quer um exemplo? Lojas de tema Geek geralmente têm todos esses efeitos para que você se sinta dentro dos seus filmes ou quadrinhos prediletos. Tudo isso para que o cliente lembre dela todas as vezes que for adquirir um produto.

Esse formato de loja vem tomando cada vez mais espaço. Ocorre, inclusive, no ambiente virtual, com as customizações e cheiros nas embalagem de entrega para o cliente sentir que é uma coisa nova. O mesmo se dá com a customização completa do e-commerce.

Relacionando o branding com a loja conceito

Como mostrei, a loja conceito deve proporcionar ao cliente uma experiência única, desde o primeiro contato com a marca até a finalização da compra. O principal objetivo de uma loja conceito é dar liberdade ao cliente para ele conhecer os produtos e despertar a curiosidade de saber suas funcionalidades.

A aplicação desse formato de loja está diretamente ligado ao conceito de branding que a marca possui. Logo, tudo que está à disposição do cliente deve ter uma ligação com o posicionamento da marca no mercado e como ela atua. Ou seja, deve refletir sua identidade visual e a identificação do cliente com a marca. Lembre-se: isso irá agregar valor ao seu e-commerce e a representação dele para os clientes.

Um exemplo simples, mas bastante comum, são lojas que expõem ao cliente sua história antes mesmo do acesso aos produtos — ou ainda a contribuição social que a empresa traz para o país. Afinal, isso cria um ambiente diferente para o processo de compra.

Lojas conceito no e-commerce

Atualmente no Brasil encontramos diversas lojas menores que oferecem aos clientes uma experiência totalmente inovadora durante o processo de compra. Geralmente promovem essa experiência única no processo de entrega, também conhecido como Unboxing Experience.

Trouxe algumas dicas para você tornar o seu e-commerce algo simplesmente único para os seus clientes. Para tanto, precisará modificar apenas alguns pontos no site da sua loja ou redes sociais.

Invista em imagens

Você provavelmente já entrou no site da Apple ou da Xiaomi. São exemplos de páginas com uma atmosfera diferente e que te levam ao futuro. Neste caso, utilizam imagens grandes, de diferentes produtos futuristas que podem mudar a sua forma de usar a tecnologia.

A função das imagens em uma loja conceito virtual constrói essa visão da marca e faz toda a diferença quando o cliente acessar o site. Por consequência, promovem uma identificação imediata do cliente com o conceito de branding aplicado pela loja. Dessa forma, você proporciona uma experiência exclusiva e pode atingir o objetivo da loja conceito mais rapidamente — que é a compra logo no primeiro contato.

Tenha um posicionamento da sua marca

O branding em uma loja conceito é fundamental. Muitas vezes nos deparamos com lojas virtuais que trabalham apenas com produtos recicláveis, orgânicos, veganos ou vegetarianos. Esse é o posicionamento da marca, e para cada posicionamento devemos ter um conceito de loja virtual diferente e proporcionar uma experiência diferente.

Por isso o branding é tão importante em uma loja conceito no ambiente virtual. Afinal, trará tudo aquilo que a marca acredita que busca proporcionar ao cliente. Portando, fica a dica: tenha um posicionamento para ser uma loja conceito.

Desenvolva o mesmo conceito da sua marca nas suas redes sociais

Bom, não posso falar de lojas virtuais sem mencionar as redes sociais. Então, tenha em mente que tudo que você acreditar e trouxer como conceito da sua marca e como identidade da sua loja devem estar presentes em suas redes sociais.

Se a sua marca trouxe para o mercado um determinado formato de venda, replique em suas redes sociais e esteja disposto a colocar sua marca no mapa pela experiência que ela proporciona para o cliente e não pelo valor dos produtos.

Conclusão

Uma loja conceito inicialmente está no plano físico, pois busca trazer uma experiência única para o cliente. Mas, como estamos em um processo de digitalização, trazer essa experiência para as lojas virtuais pode ser uma excelente forma de ter vendas realizadas a partir do primeiro contato do cliente.

O e-commerce é uma das principais formas de compra. Por isso, para que essa experiência seja passada para o cliente (seja pelo site ou mesmo as redes sociais), é importante investir nos detalhes. Aqui eu ressalto conceito de marca, branding completo para as redes sociais e imagens que se relacionem com o posicionamento da marca no mercado que atua.

São peças fundamentais para o cliente se sentir em um ambiente inovador. Além disso, a identificação do cliente com a marca — e como ela proporciona a solução para o mercado — é indispensável para uma loja conceito. Ao reunir todos esses pontos sua loja agregará valor ao produto e se tornará competitiva pela experiência de compra, e não apenas pelo valor.

Portanto, uma loja conceito pode, sim, estar na Internet e proporcionar uma forma memorável de compra para o seu cliente. Basta, portanto, alinhar o branding da marca com tudo aquilo que o produto e a identidade da empresa representam.

Gostou desse artigo? Não esqueça de avaliá-lo!
Quer fazer parte do time de articulistas do portal, tem alguma sugestão ou crítica?
Envie um e-mail para redacao@ecommercebrasil.com.br

Você recomendaria esse artigo para um amigo?

Nunca

 

Com certeza

Deixe seu comentário

0 comentários

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

CADASTRE-SE EM NOSSA NEWSLETTER