Acesso rápido

As principais práticas de logística que você não pode ignorar

por Wellington Cid Sexta-feira, 26 de julho de 2019   Tempo de leitura: 12 minutos

Trabalhamos muito para oferecer a melhor experiência aos nossos clientes. O melhor produto, o melhor site, um ótimo plano de marketing, um excelente atendimento ao cliente e tudo o que for necessário para ter sucesso nas vendas. Temos tudo sobre controle. Mas, quando o produto é enviado ao cliente, o controle sobre o produto estará nas mãos de outros fornecedores. Esse momento é crucial e pode fazer seu negócio crescer ou quebrar.

Não importa o tamanho do negócio — startup, iniciante, médio ou grande e estabelecido. A entrega pode ser a diferença entre crescer ou quebrar uma empresa. Muitos vendedores se esforçam para oferecer a melhor experiência aos seus clientes. Porém, garantir que seu produto chegue ao cliente intacto é apenas uma parte do processo.

A embalagem certa e um parceiro de transporte confiável são extremamente importantes. Não dar a devida importância nesta etapa no seu plano de negócios influenciará na lucratividade da sua empresa. E, claro, poderá manchar sua reputação com os consumidores, com os marketplaces e o mercado.

Parte dos novos empreendedores não dá muita atenção ao processo de envio — ou não entende o quão complexo é o processo de logística e entrega no e-commerce. Pode ser bem maior do que imaginamos e é por isso que vamos enfatizar esse processo a partir de agora.

Essas práticas de envio devem ser implementadas o quanto antes. Sabe por que? Porque são práticas comprovadas para aumentar sua rentabilidade.

Sempre que possível, ofereça frete grátis

Frete grátis é largamente utilizado no e-commerce e pode ser uma estratégia de marketing muito eficaz. Ajuda a aumentar as vendas e reduzir os carrinhos abandonados, mas sabemos que nada é graça, alguém precisa pagar a transportadora. Mas você não precisa pagar o valor total do caixa da sua empresa o tempo todo. Algumas das melhores alternativas de frete grátis podem ser feitas da seguinte forma:

  • Aumentar o preço do produto para cobrir o frete;
  • Pagar pelo frete com o seu lucro;
  • Aumentar ligeiramente o preço do produto para cobrir parte do frete. Tanto você como o cliente pagam um pouco (tipo, vamos rachar a conta, mas sem discussão);
  • Usar o frete grátis para incentivar os clientes a comprar mais de uma só vez. Por exemplo, ofereça frete grátis para pedidos acima de R$ 100 ou se comprarem mais de um item (também é uma dica para aumentar o ticket médio).

Minimize seus custos

Um produto que você considera leve pode ocupar muito espaço no armazém e nos veículos das transportadoras. Isso reduz a oportunidade de armazenar ou transportar mais produtos no mesmo espaço. Por isso é importante verificar se o frete está sendo calculado corretamente com base no peso cubado ou no peso real. Lembre-se: a maioria das transportadoras cobra de acordo com a maior medida entre essas duas métricas.

Enquanto o peso real se refere ao peso do pacote de acordo com a balança, o peso cubado é calculado com base no comprimento, largura e altura do pacote. Atente-se também ao fator de cubagem. Dependendo do produto e da transportadora ele pode mudar: 167, 200, 300, por exemplo. As transportadoras usam o peso cubado para garantir que não terão prejuízo com remessas leves que ocupariam o mesmo espaço para levar outras remessas de outros clientes.

Você pode poupar dinheiro embalando seus produtos para ocupar o menor espaço possível. Escolha embalagens que minimizem o espaço interno e maximize a proteção do pedido em trânsito — ele passará por diversas mãos até chegar no cliente. Você não apenas reduzirá seus custos e garantirá a integridade do produto, como também diminuirá sua taxa de carbono (contribuindo para um mundo melhor).

Prevenção de perdas e avarias

Você sabe qual é a melhor maneira de garantir que o seu produto chegue intacto na porta do seu cliente? Com uma embalagem adequada! Simples assim.

Muitos vendedores acham que colar um adesivo vermelho escrito “frágil” no pacote vai garantir que os transportadores cuidem do seu produto como um bebezinho. A verdade pura e simples é que a maioria não vai prestar atenção nisso. Até os produtos mais resistentes podem ser danificados pelo desgaste rigoroso (e inevitável) durante o processo de transporte.

Um exemplo típico pode ser visto se você andar pelas grandes cidades ou nas estradas. Ao passar por um buraco ou precisar frear bruscamente, você já sofre dentro do veículo. Agora imagina um monte de pacotes juntos, um em cima do outro, como serão afetados pela força segundo a lei de Newton.

Teste da queda

Uma dica é não usar o envio como fase de testes da sua embalagem. Use o “teste da queda” para ter certeza de que o seu pacote irá sobreviver aos impactos do manuseio e do envio. Depois do teste você pode agitar o pacote, com vontade mesmo, por um minuto inteiro. Dessa forma irá verificar se ele será danificado por manuseio brusco ou deslocamento contra outros pacotes no veículo de carga.

Para proteger seu produto da umidade, use pacotes de gel de sílica. Envelopes de segurança para envio vão proteger seu produto contra a exposição ao sol, umidade e atrito. Os materiais de enchimento, tais como, papel ondulado, espuma e plástico bolha, absorverão e reduzirão o impacto durante o transporte.

Entregue uma boa experiência ao cliente

Há pouco tempo, embalagem e entrega eram apenas uma forma de receber algo. À medida em que o e-commerce cresce e se desenvolve, também aumentam as expectativas dos consumidores que compram na internet. Atualmente, os clientes esperam que o transporte e a embalagem façam parte da experiência de compra.

Você deve fazer mais do que simplesmente garantir que o produto chegue ao cliente com segurança. É preciso superar suas expectativas e impressioná-los. Temos de entregar mais do que um produto, precisamos entregar uma ótima experiência. Adicione um cartão de agradecimento ou um pequeno presente, algo como um voucher ou um cupom de desconto. Essas ações podem proporcionar uma melhor experiência aos seus clientes e são simples de fazer.

Além disso, deixe sua marca nos pacotes que sua empresa envia. Mostrar a sua marca demonstra profissionalismo e constrói consciência na mente do seu cliente. Se possível, promova alguma ação nas suas redes sociais para mostrar o quão feliz ele ficou ao receber o seu produto. Quanto mais presente na cabeça do seu cliente, menos investirá para vender para ele e pessoas próximas.

Disponibilize rastreamento e visibilidade para o seu cliente

Não disponibiliza ainda? Em que mundo você vive? Nem é preciso lembrar: os clientes querem se sentir no controle. Não importa o canal de venda, para ele é um só: a sua loja. Além de ver que o pedido foi recebido, processado, também vão querer acompanhar a jornada da compra até chegar em suas mãos.

Logo que processar o pedido, já forneça o código de rastreio — ou qualquer outra informação que permita ao seu cliente rastrear o pedido. Automatize essa etapa para poupar os recursos da sua equipe de atendimento, e para não ter clientes pedindo o status do pedido a todo momento. Na maioria das empresas, metade das solicitações de atendimento no SAC é sobre status da entrega.

Ter uma política de trocas e devoluções bem definida

A política de troca e devolução não é somente um item obrigatório para sua loja virtual. Também é uma ótima estratégia para manter um bom relacionamento com os seus clientes e deixá-los satisfeitos. É essencial ter bem claro e definido os prazos e condições para realizar trocas e devoluções — e mostrar antecipadamente quais produtos não fazem parte dessa política. No seu site deve ser exposto exatamente como seu e-commerce processará a logística reversa e os reembolsos. Seja específico sobre qualquer documentação necessária para aceitar a devolução, tal como enviar a nota fiscal e utilizar a embalagem original.

Acerte no estoque e no processamento de pedidos no armazém

Para ser competitivo no mercado é necessário armazenar, organizar e enviar seus pedidos com eficiência, o estoque lógico da sua plataforma deve ser espelho do seu estoque físico.

Ter um bom serviço de logística elimina o risco de erros de envio, consequentemente reduz o índice de trocas e logística reversa. Seu armazém deve contar com um bom software de gerenciamento de estoques. De preferência, sistemas intuitivos com tecnologia e linguagem de última geração para se atualizarem com facilidade no futuro sem interromper sua produção. Ah, e também deve ter fácil integração aos sistemas que você já utiliza.

Processos automatizados; métodos de separação e empacotamento simples; procedimentos de recebimento e devolução bem estruturados. Tudo isso garante um processamento de pedidos preciso e eficaz. Também reduz substancialmente o tempo de saída dos pedidos da sua logística para atender ao prazo de entrega prometido. Tudo isso aumenta consideravelmente a experiência positiva dos seus clientes.

Resumo

Sem dúvida, a logística é um dos aspectos mais desafiadores enfrentados por qualquer empresa atuante no comércio eletrônico. Portanto, compreender os fatores relacionados ao envio e manuseio de pedidos é decisivo para o sucesso do seu negócio. Priorize, avalie e adapte regularmente sua estratégia de logística. Dessa forma, irá garantir que sua loja forneça a melhor experiência possível aos seus clientes. Boas vendas!

Você recomendaria esse artigo para um amigo?

Nunca

 

Com certeza

 

Deixe seu comentário

0 comentário

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

  Assine nossa Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Obrigado!

Você está inscrito em nossa Newsletter. Enviaremos, periodicamente, novidades e conteúdos relevantes para o seu negócio.

Não se preocupe, também detestamos spam.