Acesso rápido

Já está na hora de pensar na Black Friday 2016?

por Gustavo de Andrade Silva Quinta-feira, 09 de junho de 2016

Em 2015 a Black Friday foi um sucesso, mesmo com a crise política e econômica que o Brasil enfrentava. De acordo com a empresa de consultoria ClearSale, o período de promoções movimentou R$ 1,5 bilhão em vendas no varejo online, a E-Bit complementa afirmando que houve aumento de 38% no faturamento em comparação com o ano anterior, superando expectativas e animando os comerciantes.

Esse cenário traz boas expectativas para a Black Friday 2016, ainda que o cenário econômico do país continue conturbado, e já faz os comerciantes começarem a pensar sobre as estratégias a adotar. Nessa época também em que surgem os questionamentos: todos os anos os varejistas ficam em dúvida de quando começar a se preparar para este grande evento de vendas.

Todavia, não há uma fórmula ou uma resposta fixa para a questão e cada caso deve ser avaliado com cuidado, de acordo com a complexidade das suas operações. Mas o indicado é que as lojas iniciem sua preparação cerca de 6 meses antes da data. Portanto, quanto antes o e-commerce se preparar para o evento, melhor será a sua participação e mais organizada será a sua experiência durante as 24 horas de descontos e promoções online.

Um ponto de partida é utilizar os relatórios oferecidos pelo seu ERP e plataforma de e-commerce para avaliar suas vendas no período, buscando os melhores e piores produtos em venda e as categorias de produtos mais vendidos. Dessa forma, é possível direcionar as suas campanhas, verificar se as suas ações de marketing foram eficazes, avaliar qual foi o grau de conversão em vendas, além de tomar nota de quais ações não geraram o retorno esperado, buscando novas soluções para esses casos.

Por enquanto, é interessante às empresas começar a verificar com a sua agência digital o layout que será usado na Black Friday, garantindo um tempo para desenvolver e testar com calma o tema especial para a Black Friday 2016. É importante se atentar também ao grande diferencial de 2016: os acessos mobile.

Os e-commerces que já estiverem prontos para a novidade e oferecerem uma boa experiência ao seu usuário sairão na frente. Por isso, verifique também se a sua loja já possui uma boa experiência de compras via dispositivos móveis, como celulares e tablets, já que segundo a E-Bit 37% dos acessos a e-commerces são feitos pelo celular, estatística que tende a aumentar.

Como se pode notar, a dica é simples: fique atento aos dados e informações da Black Friday do ano anterior em sua empresa, pois a partir dela é possível traçar uma boa estratégia em vendas neste ano. Seguindo essa ideia, a empresa deve preparar o seu estoque e o departamento de logística para o dia, identificando os gargalos e problemas do ano anterior, procurando as melhores soluções para que estes problemas não ocorram novamente.

Por fim, quanto antes o varejista online se preparar para a Black Friday melhor será a sua experiência. Faça as análises necessárias, trace objetivos para os próximos meses, permitindo que a sua agenda seja organizada em etapas a serem cumpridas, isso ajuda a focar no objetivo final: oferecer os melhores preços e experiência em compras ao seu usuário e cliente. Comece a se preparar o quanto antes e garanta sucesso na Black Friday 2016!

Você recomendaria esse artigo para um amigo?

Nunca

 

Com certeza

 

Deixe seu comentário

0 comentário

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

O projeto E-Commerce Brasil é mantido pelas empresas:

Oferecimento:
Hospedado por: Dialhost Transmissão de Webinars: Recrutamento & Seleção: Dialhost Métricas & Analytics: MetricasBoss

  Assine nossa Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Obrigado!

Você está inscrito em nossa Newsletter. Enviaremos, periodicamente, novidades e conteúdos relevantes para o seu negócio.

Não se preocupe, também detestamos spam.