Acesso rápido

Insurtechs e seguros: conheça perspectivas e o potencial deste mercado

por Gustavo Zobaran Quarta-feira, 14 de junho de 2017   Tempo de leitura: 5 minutos

 

 

As InsurTechs realmente estão dando o que falar em 2017. Faz tempo que não via uma agitação em um mercado como o que está acontecendo com o mercado segurador.

Este movimento ainda é uma “marola” comparado ao que acontece nos EUA, na Europa e Ásia. Por lá esta “marola” já se transformou em um tsunami!  Sabendo disso já precisamos nos preparar para surfar essa onda aqui no Brasil de forma estruturada e sustentável.

O reunião do Comitê de InsurTechs da Câmara Brasileira de Comércio Eletrônico foi um grande sucesso e contou com a presença de um pessoal que está realmente afim de aprender e evoluir. Esta iniciativa tem como grande objetivo atuar no desenvolvimento sustentável das InsurTechs no Brasil,  dando todo o suporte ao conjunto normativo e atuando como um agente responsável nesta evolução. Não tenho dúvidas que bom debates virão por aí.

Na ocasião contei para a participação do Google, sócio da camara-e.net, que fez uma bela apresentação com números atualizados, mostrando como está o mercado de seguros online brasileiro.

As InsurTechs também foram amplamente abordadas e discutidas durante o CIAB 2017 , o qual é um importante congresso referência na América Latina em tecnologia da informação para o setor financeiro organizado pela Febraban.

Sobre as InsurTechs brasileiras, elas representam apenas 6% das Fintechs de acordo com o mapeamento divulgado pelo o pessoal da FintechLab no começo deste ano. O Radar Fintech mapeou e atualmente são 14 InsurTechs no Brasil. No ano retrasado e passado, o mesmo relatório apontava apenas 7 InsurTechs.

Agora, compartilho alguns números da apresentação que rolou no Comitê de InsurTechs:

Segundo o Google, são realizadas 150 milhões de buscas/mês por termos relacionados ao setor Financeiro, onde a categoria Seguros está inserida.

Falando somente da categoria Seguros são 12 milhões de buscas, 10 milhões de pessoas navegando com o interesse por seguros, 1 milhão de pessoas assistindo conteúdo de seguros.

As buscas sobre seguros cresceu cerca de 11% no 1º trimestre/2017, comparado ao mesmo período do ano passado. Com destaque para o seguro odontológico e também pela busca pelas marcas das seguradoras (institucional). Neste mesmo período o grande destaque foi para previdência privada, cresceu 137% graças as discussões da reforma, isso fez o interesse pela previdência privada despontar neste 1º trimestre de 2017.

CATEGORIA DE SEGUROS

Dando um mergulho em quais categorias de seguros que mais se destacam, o seguro de saúde é o produto de Seguros de maior volume da categoria, com cerca de 10 milhões de buscas seguido pela busca pelas marcas (institucional) com 2 milhões, seguro odontológico com 700 mil, auto 300 mil, viagem 200 mil, celular 100 mil, vida 60 mil, aluguel/fiança 50 mil e 40 mil de residencial.

Mas engana-se quem achar que este mercado é um Oceano Azul, pois com exceção de saúde e odonto, toda as outras categorias de Seguros apresentam uma elevada cobertura de mercado. O Seguro Viagem e Seguro Celular está com 97% de cobertura seguido por Seguro de Vida e Seguro Residencial com 96% de cobertura, depois com 95% de cobertura o Seguro Aluguel/Fiança e o Seguro Auto com 95% de cobertura.

O CPC

O custo por clique da categoria de Seguros quando se faz um recorte, temos os TOP 3:

  1. Seguro Viagem = 8,19
  2. Seguro Auto = 3,36
  3. Seguro Residencial = 2,4

A concorrência é bastante acirrada e com excelentes jogadores. Para entrar nesse jogo precisa estar bem preparado, caso contrário será engolido!

MOBILE

Não poderia deixar de destacar como está o comportamento do mobile nesta história toda.

De forma geral a categoria Seguros vem ganhando destaque e representatividade quando o assunto é busca por seguros que são realizadas via um smartphone.  Atualmente temos: 31% das buscas por seguros já são feitas via um smartphone, para você ter uma ideia este número em janeiro/2015 era de 17%.

Quando comparamos com outras categorias enxergamos que ainda tem muito a evoluir, pois o share do mobile na categoria Automóveis (montadoras) representa 57%, Telecom com 48% e Travel 42%.

Descendo para o mercado de seguros as principais categorias com maior penetração de buscas feitas via um celular são:

  • Seguro para Celular com 45%
  • Seguro Aluguel/Fiança com 44%
  • Seguro de Vida com 43%
  • Seguro Auto com 42%
  • Seguro Residencial com 39%
  • Seguro Odonto com 34%
  • Seguro Saúde com 32%
  • Marca (institucional) com 24%
  • Seguro Viagem com 24%

É por essas e outras que venho batendo na tecla, o mercado de seguros precisará se reinventar cada vez mais. Já é nítido que este movimento começou, porém a simples digitalização dos serviços não será suficiente. E não tenho dúvidas que muito em breve todo este movimento das InsurTechs Brasilis ganharão destaque por esse mundão afora.

Você recomendaria esse artigo para um amigo?

Nunca

 

Com certeza

 

Deixe seu comentário

0 comentário

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

O projeto E-Commerce Brasil é mantido pelas empresas:

Oferecimento:
Hospedado por: Dialhost Transmissão de Webinars: Recrutamento & Seleção: Dialhost Métricas & Analytics: MetricasBoss

  Assine nossa Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Obrigado!

Você está inscrito em nossa Newsletter. Enviaremos, periodicamente, novidades e conteúdos relevantes para o seu negócio.

Não se preocupe, também detestamos spam.