Acesso rápido

Inbound Marketing: quando começar?

por Henrique Rezende Terça-feira, 27 de novembro de 2018   Tempo de leitura: 5 minutos

Quem está iniciando um negócio, sabe que as estratégias de marketing são fundamentais. Isso também vale para quem está planejando a expansão da empresa e para aquele que, no melhor jeitinho brasileiro, resolveu “construir o barco em alto mar”.

A questão é: por onde começar? Temos à disposição Marketing Digital, Inbound, Marketing de Conteúdo, Outbound e tantas outras possibilidades que, se aplicadas corretamente, vão alavancar o negócio.

Neste artigo vamos falar sobre Inbound Marketing e quando começar a usá-lo dentro da sua estratégia.

O que é Inbound Marketing?

Inbound Marketing é todo o tipo de ação feita para atrair seu futuro cliente fora do seu momento de compra. A proposta é fazer com que sua marca se torne autoridade no seu segmento.

No marketing tradicional o potencial cliente era interrompido em seu conteúdo para receber a propaganda: “compre agora”, “promoção” etc. No Inbound Marketing, você irá atrai-lo para o seu conteúdo. Ele pode esclarecer uma dúvida, conhecer um pouco mais sobre um assunto e, com isso, tem um engajamento maior com a sua marca.

A mecânica é simples: a marca mostra ao seu público que domina aquele assunto, e mesmo que ele não esteja em seu momento de compra, na hora certa ele vai lembrar-se de você!

Estratégia vencedora

Sabemos que não existe estratégia perfeita. Mas no Inbound temos 4 pilares que ajudam a traçar o caminho:

  • Atrair
  • Converter
  • Fechar
  • Encantar

Cada etapa é fundamental para construir a estratégia que será a base para o seu crescimento. Sabemos que uma base sólida e firme é o segredo para o sucesso de qualquer negócio, correto?

– Atrair

A proposta é chamar a atenção do seu futuro cliente. Funcionam artigos, newsletters, cupons de desconto, entre outros.

– Converter

É aqui que você conhece o seu futuro cliente, porque ele deixa suas informações em troca de conteúdos interessantes. E-books, webinars e infográficos são os materiais mais usados nessa etapa. O principal: ofereça conteúdos relevantes para seu público. Torne-se referência naquilo que faz!

– Fechar

É o momento em que seu futuro cliente passou para o status de cliente. Após uma longa jornada (ou não), ele te encontrou, deixou um contato, recebeu uma ligação sua e assinou o contrato. Lembre-se: o trabalho NÃO se encerra aqui. O casamento está apenas começando.

– Encantar

Seu cliente te escolheu por alguns motivos, então continue oferecendo o “melhor dos mundos”. Cuide do atendimento, mantenha a pessoa informada, faça ela sentir-se única. Experiência é tudo e, quando ela é boa após assinatura de contrato, o “amor” só aumenta.

Quando começar?

A primeira dica é: comece devagar. Crie um blog e publique um ou dois artigos por semana. Empresas como Rock Content podem ajudar na produção de conteúdo.

E, para aumentar a repercussão, mantenha suas redes sociais sempre atualizadas. São mais de 2 bilhões de usuários ativos no Facebook hoje.

Não se descuide do site, que deve ser atualizado. No caso de e-commerce, mais um detalhe: mantenha sua vitrine sempre pronta para vender mais.

Como começar?

Para começar você só precisa estar disposto a investir. O Inbound Marketing é uma das estratégias que mais funcionam hoje em dia. A explicação é óbvia: um lead impactado pela sua marca em todos os ambientes torna-se muito mais propício a fechar com você no momento de compra.

Não existe a fórmula perfeita, porém é importante ter um planejamento consistente. Defina sua persona (público-alvo) e a aborde de maneira adequada e certeira.

Ferramentas como RD Station e Hubspot ajudam a automatizar o processo, a desenvolver os chamados fluxos de nutrição.

Você consegue falar com seu cliente de forma automatizada, o que facilita bastante, por exemplo, os disparos de e-mail marketing. Sem falar que o uso dessas ferramentas é fundamental para avaliar a performance. A estratégia tem dado resultado?

Por que começar?

O Marketing não é o mesmo, as pessoas mudaram, a cultura está em transformação. Temos uma geração que não quer apenas comprar: quer viver experiências. O consumidor hoje busca valor nos produtos e não simplesmente preço. Quando a marca consegue mostrar ao cliente que domina tudo que envolve o “seu mundo”, no momento de compra ele sabe a quem procurar.

“Insanidade é continuar fazendo sempre a mesma coisa e esperar resultados diferentes”, já dizia Albert Einstein.

Você precisa estar sempre se atualizando. E isso não vale apenas para o Marketing, mas para todos os departamentos. Lembre-se: o seu consumidor está em todos os canais, e você também precisa estar.

Você recomendaria esse artigo para um amigo?

Nunca

 

Com certeza

 

Deixe seu comentário

1 comentário

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

  1. Gostei do artigo, explico de forma rápida e clara o termo do inbound, acredito que uma empresa deve trabalhar com inbound depois de uma certa maturidade de posicionamento e reconhecimento de persona senão fica uma coisa mal feita. Vamos nessa.

    Responder

  Assine nossa Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Obrigado!

Você está inscrito em nossa Newsletter. Enviaremos, periodicamente, novidades e conteúdos relevantes para o seu negócio.

Não se preocupe, também detestamos spam.