Taxa de conversão no e-commerce cresce 20% em produtos com mais de 3 imagens

por Mariana Sampaio Segunda-feira, 09 de dezembro de 2019   Tempo de leitura: 5 minutos

Um estudo feito pela Lett, startup de tecnologia especialista em Trade Marketing Digital, mostra o impacto das imagens nas vendas das lojas virtuais. A pesquisa foi feita com um dos clientes da empresa e constatou que produtos com três ou mais imagens no e-commerce têm uma taxa de conversão 19,5% maior do que as mercadorias com apenas uma foto.

Esses dados refletem não apenas a importância das imagens no e-commerce, mas mostram também o novo comportamento do consumidor online. O cliente está cada vez mais exigente e uma única foto na página de produto se mostra insuficiente ou pouco atrativa para a realização da compra.

Imagens no e-commerce

No mercado eletrônico, as informações online como as fotos do produto, descrição completa e o título da mercadoria são imprescindíveis para a satisfação da jornada de compra do consumidor final. Como no mercado online não há vendedores presenciais, esses conteúdos devem estar completos para que os e-shoppers se sintam seguros para chegar a conversão.

No entanto, apesar da importância das informações online para a jornada de compra dos consumidores e para o acréscimo das vendas, pesquisas mostram diversos tipos de falhas na exposição das informações online. Os erros normalmente estão relacionados à quantidade de imagens nas páginas de produtos, no uso de descrições completas, títulos atrativos, imagens atualizadas e o no uso de avaliações e comentários dos consumidores.

Um estudo feito com os maiores e-commerces do Brasil, Estados Unidos e América Latina comprovou essa realidade do comércio eletrônico e apontou um alto volume de dados desatualizados ou insuficientes para uma boa experiência de compra online.

O E-commerce Quality Index, o EQI, fez a feitura das informações de mais de 5 milhões de páginas de produtos e o resultado aponta falhas em pelo menos 96% dos 78 varejistas brasileiros analisados.

Em relação às imagens, ainda de acordo com os dados do EQI, o número médio de fotos nas páginas de produtos dos e-commerces brasileiros não chega a três, quantidade que teve impacto significativo nas vendas online.

No entanto, não é apenas a quantidade de imagens que reflete na satisfação dos consumidores e consequentemente na taxa de conversão dos e-commerces.

O impacto das imagens no SEO

Atrelado ao baixo número de imagens nas páginas de produtos, as empresas ainda devem estar atentas às técnicas de otimização das fotos. O SEO – ou Search Engine Optimization é uma estratégia para que as marcas apareçam nas primeiras posições do Google ou de outros buscadores.

Esse recurso ajuda no acréscimo de tráfego no site, contribui para popularidade da marca, e claro, para o aumento em vendas!

No entanto, para que as imagens de um e-commerce favoreçam o ganho de posição nas buscas online, as empresas devem ficar atentas a alguns critérios de otimização como o formato, as dimensões, o peso das imagens, influenciando no tempo de carregamento de página, e ainda, a resolução das fotos.

Até mesmo a forma com que as imagens são nomeadas nas páginas de produtos influenciam no ranqueamento do Google.

Você recomendaria esse artigo para um amigo?

Nunca

 

Com certeza

 

Deixe seu comentário

0 comentários

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  Assine nossa Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Obrigado!

Você está inscrito em nossa Newsletter. Enviaremos, periodicamente, novidades e conteúdos relevantes para o seu negócio.

Não se preocupe, também detestamos spam.