Projeto mantido por:

Identidade visual para aumentar as vendas

por Gustavo Mota Terça-feira, 05 de setembro de 2017   Tempo de leitura: 3 minutos

identidade visual é um importante elemento na construção da marca de uma empresa. Ela está relacionada através de frases, imagens, tipografias, logos que comunicam a missão, visão e valores do empreendimento.

É composta de um símbolo visual que se complementa nos códigos de cores (o chamado logotipo), além das tipografias, dos grafismos, das personagens, das personalidades e outros componentes para reforçar o conceito que a empresa quer comunicar. De forma bem resumida, podemos dizer que a identidade visual é a “cara da marca”.

Os elementos geram empatia e identificação, além de transmitir credibilidade e qualidade dos produtos ou serviços prestados.

É o que diferencia as empresas concorrentes entre si, além de ser um elemento fundamental de branding para conquistar embaixadores de marca.

Para a criação de uma identidade visual eficaz são necessárias algumas perguntas: Qual é o seu produto / serviço? Quem é o seu público (faixa etária, sexo, classe social, pessoa física, pessoa jurídica)? Que tipo de canais de comunicação o seu público consome?

Com essas respostas em mãos, é preciso definir o estilo de criação e as cores para o logotipo. Portanto, é hora de aplicar esse logo de forma personalizada a todos os elementos visuais que forem se comunicar com o público, podendo ser fachadas, cartões de visita, itens de papelaria, apresentações comerciais, folhetos, cardápios, layout de sites, blog, e-commerce, entre outros.

Identidade visual para o e-commerce

No e-commerce é fundamental o empreendedor pensar em um logotipo personalizado, com tipografia e cores adequadas. A aplicação desse logo será o manual da empresa ao layout do site. Manter o mesmo padrão de criação é o que fixa na cabeça do consumidor a identidade daquela marca.

No entanto, não existe nenhuma especificação quanto a tipos de logo para e-commerce. Mas a regra básica é pensar no perfil do seu público, seus produtos / serviços e o que deseja transmitir ao consumidor.

Nesse sentido, o que realmente vai fazer a diferença em um e-commerce é a disposição dos elementos dentro do layout de cada página.

Tudo deve ser desenvolvido pensando em uma melhor experiência do usuário com o site, com cores e formas atrativas que sejam um convite ao clique, à conversão e à compra do produto. Portanto, o varejista deve tomar cuidado com a poluição visual do site.

Páginas de produtos com orientações ruins em que o visitante não sabe de forma clara o que precisa fazer, onde clicar para ampliar uma imagem ou até mesmo para finalizar a compra.

Além disso, o comércio eletrônico exige que a marca transmita muita credibilidade para que os seus consumidores tenham confiança em efetuar uma compra.

Portanto, é fundamental que a identidade visual tenha elementos que cooperem com essa transmissão de credibilidade.

Estratégias de marketing para vender mais

Das mais conservadoras como televisão, jornais, folhetos de propaganda e revistas até estratégias mais atuais como redes sociais, links patrocinados (Google Adwords e Facebook Ads, por exemplo), envios de e-mail marketing e newsletter usam elementos visuais de comunicação.

Todos esses recursos são usados com o propósito de gerar novas oportunidades de negócio e promover aumento do faturamento, seja com propaganda da marca, campanhas sazonais, promoções, etc.

Para o negócio crescer é importante existir um aumento progressivo de receita e a identidade visual é o elemento chave nas ações de divulgação.

Os investimentos nessas ações devem ser compatíveis com o tamanho da empresa. A vantagem é: há muitas possibilidades para isso.

Umas exigem braços para executar, outras necessitam de alto capital de investimento, mas mesmo assim existem ações democráticas que podem ser facilmente desempenhadas. As redes sociais são um exemplo.

Esteja presente nas principais conexões usadas pelo seu público, com publicações recorrentes e de conteúdo relevante para o perfil do seu consumidor.

Portanto, a maior dica que fica é ninguém conhece o seu negócio tão bem quanto você. Então procure passar toda a essência e conceitos dele para um profissional desenvolver uma identidade visual capaz de transmitir tudo isso.

Sabemos, muitas ferramentas de design gráfico são bem fáceis de usar, mas contraindicamos a criação de identidade de marca por pessoas que não tenham essa experiência.

Todos nós consumimos marca o tempo todo. O grande desafio, nesse caso, é não perder a cabeça do consumidor quando se está do outro lado da mesa.

Coloque a identidade visual no seu planejamento de negócio com o mesmo cuidado que se calcula o capital investido em matéria prima, mão de obra e tecnologia.

Deve-se estimar investimentos em construção de marca, assim sua empresa será reconhecida entre tantas concorrentes.

Você recomendaria esse artigo para um amigo?

Nunca

 

Com certeza

Deixe seu comentário

0 comentários

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Comentando como Anônimo

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

CADASTRE-SE EM NOSSA NEWSLETTER