Acesso rápido

Heading Tags: como estruturá-las de forma correta na página de produto

por Galleger Ilhe Quinta-feira, 26 de abril de 2018   Tempo de leitura: 5 minutos

As páginas de produtos de um e-commerce necessitam ter as técnicas de SEO muito bem executadas. O principal objetivo de todo esse trabalho é permitir que essas páginas fiquem em destaque nos sites de buscas, para os consumidores chegarem aos produtos da loja virtual de maneira orgânica.

Uma técnica do SEO para possibilitar uma ótima leitura às pessoas, assim como aos buscadores (que sempre levam em consideração a relevância dos conteúdos), são as Heading Tags, mais precisamente os títulos e subtítulos dos conteúdos dos sites, como os e-commerces.

As Heading Tags são cruciais no SEO e precisam ser trabalhadas nos empreendimentos online, principalmente nas páginas de produtos.

O que são Heading Tags?

Heading Tags são como marcadores, utilizados para organizar e definir a estrutura da página de um site — também conhecidos por cabeçalhos. A técnica possibilita destacar nas páginas o conteúdo com maior relevância, permitindo criar uma hierarquia sobre eles e uma melhor análise dos buscadores.

Desta forma, ao utilizar as Heading Tags em um site, não apenas a leitura se torna facilitada e mais estruturada: a navegação dos usuários pelo site, assim como a navegação dos sites de buscas, também são aperfeiçoadas.

São seis Heading Tags existentes: da H1 até a H6. Elas são elencadas de acordo com a hierarquia do conteúdo, da seguinte maneira: H1 – H2 – H3 – H4 – H5 – H6. A H1 é a mais importante, geralmente mais destacada e presente nos títulos. A H2 refere-se ao conteúdo que vem na sequência, responsável por abordar mais profundamente o principal, apresentado no título (H1). As outras Heading Tags seguem a mesma lógica de relevância. Por fim, a H6 é a de menor importância, mas ainda mais relevante do que o parágrafo.

Para ficar mais claro, confira um esquema de exemplo:

A organização dos conteúdos nas páginas com as Heading Tags é utilizada pelos buscadores para identificar qual é o principal assunto do site, neste caso, um e-commerce. Ao trabalhar bem as Heading Tags nas páginas de produtos, é possível promover uma leitura mais fácil e agradável, além de uma melhor execução do SEO, destacando a loja virtual nos sites de buscas e aumentando as conversões.

Como usar as Heading Tags?

Como já citado acima, a H1 deve conter um breve resumo do assunto principal, pois possui maior relevância e a palavra-chave em foco no início da frase. É importante destacar que a tag H1 em imagens não apresenta resultados expressivos. Afinal, as Heading Tags se referem a textos (em imagens, o texto principal deve estar no atributo “alt”). Além disso, a recomendação é usar apenas uma H1 por página, para não confundir os buscadores sobre qual assunto tem maior relevância.

A H2 deve conter um tema que dê sequência à tag H1, seguindo a lógica de um subtítulo. Todas as outras Heading Tags (H3 – H4 – H5 – H6) seguem o mesmo esquema, ou seja, quanto maior o número, menor a relevância para os buscadores, mesmo com conteúdo mais detalhado.

É preciso lembrar que as Heading Tags não podem estar misturadas. Elas precisam seguir uma hierarquia de relevância. Não é vantajoso utilizar H1 – H2 – H4 – H6, por exemplo. Para um bom resultado, elas precisam seguir a ordem exata.

Como estruturá-las na página de produto

Já é nítida a importância das Heading Tags tanto nas páginas de produtos como em todo o e-commerce, pois proporcionam uma boa leitura, melhoram o SEO, destacam o site nos buscadores e geram mais conversões. Mas, afinal, como estruturar da melhor forma as Heading Tags nas páginas de produtos?

É preciso seguir a lógica de relevância de cada Handing Tag para estruturá-las na página de produto. Como a H1 é a de maior importância, é preciso destacar aqui o nome do produto, assim como a marca. Esse será o grande destaque da página, o nome do que será vendido.

Na H2 (na sequência) é preciso apresentar a descrição desse produto ou os títulos, caso o texto for separado por seções. Esse é o segundo conteúdo de maior relevância na página. A H3 permite incluir todas as características do produto. As outras Heading Tags geralmente não são utilizadas em e-commerces.

Confira o exemplo abaixo para ficar mais claro:

Você recomendaria esse artigo para um amigo?

Nunca

 

Com certeza

 

Deixe seu comentário

0 comentário

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

  Assine nossa Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Obrigado!

Você está inscrito em nossa Newsletter. Enviaremos, periodicamente, novidades e conteúdos relevantes para o seu negócio.

Não se preocupe, também detestamos spam.