Frete expresso x frete convencional: a era da escolha do cliente

por Livia Antunes Terça-feira, 02 de fevereiro de 2021   Tempo de leitura: 7 minutos

Muito mais do que uma questão econômica, a escolha entre frete expresso e frete convencional depende da prioridade do consumidor no momento da compra online. E, por isso, são duas alternativas que devem ser oferecidas por qualquer e-commerce.

Para acompanhar o crescimento acelerado do e-commerce ao longo dos últimos meses, lojistas virtuais precisam, mais do que nunca, oferecer o que o público procura.

Os consumidores estão cada vez mais exigentes ao fazerem suas compras pela internet, e já se foi o tempo em que o preço era o único fator importante na decisão de compra do cliente.

Com isso, o frete — que sempre teve um papel fundamental no e-commerce — ganha ainda mais força na competitividade de uma loja online, e pode aparecer como o vilão ou um ótimo aliado do seu negócio.

Frete expresso x frete convencional: agilidade ou economia?

Para garantir que a entrega seja um diferencial positivo do e-commerce, é indispensável oferecer o que os clientes procuram, do jeitinho que eles querem. Uma certeza é que, se a loja virtual não oferece a opção que o consumidor considera mais conveniente, a compra não será fechada. E conveniência nem sempre está restrita ao preço.

Por isso, duas alternativas de entrega não devem ficar de fora de nenhum e-commerce, seja na pequena loja virtual ou grandes redes de varejo:

  • Frete convencional – Normalmente tem valor mais baixo, mas com prazo de entrega maior;
  • Frete expresso – O cliente paga um pouco mais pela entrega, mas recebe o produto em menos tempo.

Frete expresso conquista o cliente pela agilidade

A economia segue como prioridade de boa parte do público. Contudo, os lojistas não podem esquecer daquela parcela dos consumidores que têm pressa em receber os artigos comprados pela internet e estão dispostos a pagar um pouco mais por isso.

Aliás, essa fatia do mercado não é nada pequena. Um levantamento da PwC mostrou que mais de 60% dos consumidores aceitariam pagar a mais para receber o produto mais rapidamente.

A agilidade surge também como um fator de peso na decisão de compra. Dados divulgados pelo Google — a pedido da Ipsos — mostraram que para 23% dos entrevistados a entrega expressa aparece como o principal atrativo na hora de finalizar a compra.

Os resultados da Black Friday de 2020 reforçaram essa tendência, que está longe de ser uma exclusividade das grandes redes de varejo, já que muitos pequenos e médios e-commerces optaram, por exemplo, pelo Sedex — entrega expressa dos Correios — durante o período.

Não há dúvidas de que as lojas virtuais precisam garantir que esses clientes encontrem a agilidade na entrega que procuram, certo?

Cuidados ao oferecer a entrega expressa

Além de correr atrás de uma entrega rápida, mas com valores que ainda se mostrem atrativos, os lojistas precisam ter outros cuidados ao oferecer o frete expresso aos clientes.

Em primeiro lugar, claro, está o cumprimento do prazo informado. Afinal, os consumidores pagaram mais para que a entrega fosse realizada naquele período de tempo. Se atrasos já causam problemas em situações normais, imagina quando isso representa um prejuízo financeiro para o comprador?

Para evitar esse tipo de problema, o lojista pode considerar acelerar até mesmo os processos internos das vendas com frete expresso. Antes de chegar na transportadora, é preciso separar o produto e preparar embalagem e documentação. Considere essas vendas como prioritárias.

A transparência também é importante. Deixe claro para o cliente que o prazo começa a contar quando o pagamento é autorizado, período que varia de acordo com o método ou operadora usados. De preferência, envie um e-mail confirmando a autorização de pagamento e o prazo de entrega a partir daquela data, de acordo com o que foi informado no momento da compra.

O trabalho extra vai valer a pena, já que um cliente satisfeito pode se tornar um consumidor fidelizado ou mesmo recomendar o seu negócio para mais gente.

Frete convencional: economia deve ser sempre uma opção

Como muitos lojistas online já sabem, o valor alto do frete é um dos maiores desafios do e-commerce. Uma pesquisa do E-commerce Trends mostrou que cerca de 80% dos carrinhos abandonados são causados pelo valor da entrega.

É aí que entra o frete convencional, que muitas vezes é chamado também de frete econômico, com valor mais baixo e prazo de entrega maior.

Nunca é demais reforçar que uma opção de entrega mais competitiva sempre deve estar entre as alternativas oferecidas pela loja virtual.

Essa opção tem potencial para se tornar mais atrativa, principalmente, para aquela parte do público que costuma se deparar com valores de entrega altos, como clientes que moram em regiões distantes dos grandes centros de distribuição. Nesses casos, oferecer frete mais barato é um diferencial e tanto para o e-commerce.

Frete expresso ou frete econômico: a decisão é sempre do cliente

Não é de hoje que grandes empresas de e-commerce usam o frete como um de seus diferenciais. Um ótimo exemplo vem da gigante Amazon, que conquistou milhões de assinantes no Amazon Prime graças a duas palavrinhas mágicas: frete grátis.

Segundo uma pesquisa da PwC, 72% dos assinantes do serviço consideram a entrega gratuita sua principal vantagem. Mas isso não significa que a empresa deixou de lado a agilidade. Dependendo do produto, muitas ofertas com frete grátis garantem entrega em até dois ou três dias úteis.

Quando isso não acontece, é normal que, entre as alternativas disponíveis, a Amazon inclua a entrega expressa, com valor um pouco mais alto.

Sem dúvidas, o melhor dos cenários para os consumidores. Afinal, qualquer que seja a prioridade naquele momento, o cliente vai encontrar uma solução conveniente, seja em relação ao preço ou ao prazo de entrega.

Bem, é claro que o tamanho da Amazon não pode ser desconsiderado, já que torna muito mais fácil ter acesso a tantas opções de serviços de frete.

Mas, embora essa não seja a realidade de muitos e-commerces, fica a lição: permitir que os clientes escolham entre agilidade e economia aumenta as chances de ter a venda realizada com sucesso.

Gostou desse artigo? Não esqueça de avaliá-lo!
Quer fazer parte do time de articulistas do portal, tem alguma sugestão ou crítica?
Envie um e-mail para redacao@ecommercebrasil.com.br

Você recomendaria esse artigo para um amigo?

Nunca

 

Com certeza

Deixe seu comentário

0 comentários

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

CADASTRE-SE EM NOSSA NEWSLETTER