Festas de final de ano: mais oportunidades para o e-commerce

por Sidney Zynger Quinta-feira, 19 de dezembro de 2019   Tempo de leitura: 6 minutos

Mal terminamos o pós-Black Friday e já precisamos estar com tudo organizado para as vendas de Natal, festas de final de ano e férias. O segundo semestre do ano é cheio de datas para aproveitar e contabilizar resultados de vendas. E o mês de dezembro tem foco total no Natal e o e-commerce deve estar preparado para conquistar novos clientes e fechar o ano com chave de ouro.

Assim como nas lojas físicas a experiência de compras para o Natal deve ser de descobertas, com novidades e promoções atrativas. O cuidado importante para o lojista é manter o site da loja em funcionamento pleno, evitando que a sobrecarga traga falta de acesso ao endereço.

As próprias promoções geradas na Black Friday são uma estratégia para estender a vantagem e garantir ao cliente a compra de Natal. É uma forma de fidelizar quem já consumiu e precisa de mais motivos pra comprar mais na sua loja. Vale apostar em banners de promoção, kits presenteáveis e também em cronômetros de venda, anunciando que o prazo para compras de Natal está ficando apertado.

Planejando o ano novo da sua empresa

Com o final de um ano, sempre vem o desejo de um novo ciclo e metas a conquistar nos próximos 365 dias. Para tudo ocorrer conforme o esperado, é importante ter um planejamento do negócio, que trace o caminho para ter bons resultados.

Organização

O controle financeiro é algo sério. Por isso, terminar o ano com um balanço geral ajuda a controlar melhor o que está por vir — e a separar valores para fluxo de caixa, investimentos, despesas e estoque. Ter as entradas e saídas de caixa organizadas é essencial. Afinal, permite à empresa uma previsão do que pode ou não investir e até promoções do que pode ou não fazer.

Estoque

Vale aqui deixar o estoque em dia para poder oferecer produtos e agilizar a entrega ao cliente. Planejar o estoque é fundamental para oferecer uma ótima experiência ao consumidor.

Equipe

Se a ideia é fazer ajustes na equipe, agora é o momento para já iniciar um novo ano com pessoas capacitadas e dispostas a fazer o negócio funcionar.

Divulgação

Aproveite o ano novo também para fortalecer seu marketing e até testar novos canais de vendas, analisando o mercado para direcionar suas ações e atrair ainda mais clientes. Para isso, é interessante verificar pontos positivos e negativos do seu nicho de atuação, avaliando as ameaças e oportunidades do negócio.

O que influencia na decisão de compra do cliente

É interessante analisar alguns pontos que o consumidor avalia com bons olhos na hora de optar pela compra online — como o preço e a descrição completa dos produtos. Confira alguns fatores que influenciam na decisão de compra:

Preço

Hoje o principal fator que leva o consumidor para o e-commerce são os preços mais acessíveis. E a conta é simples se for pensada pelo fato de a loja virtual não precisar de tanta estrutura ou mão de obra quanto uma loja física. O consumidor gosta da sensação de economizar comprando um produto que já tinha intenção de adquirir.

Facilidade e comodidade

A otimização do tempo, como já citado, é um dos principais motivos que leva os consumidores para o e-commerce. Sem contar que alia-se à facilidade de escolher com tempo, seja no conforto de casa ou enquanto espera a fila do supermercado.

Informação dos produtos

Comparar preços e performance dos produtos com mais rapidez, abrindo uma aba e outra, também é um ponto forte para o e-commerce ganhar preferência em muitos casos de compra. Nas páginas se pode facilmente encontrar descrições completas dos produtos e fazer a comparação técnica de forma muito mais assertiva. Outro indicador interessante é que o cliente passa a ter feedbacks de outros clientes que já deixaram comentários na página. Isso gera maior confiança e credibilidade.

Decisão de compra em mãos

Vale ressaltar, que no cenário de aumento de vendas do e-commerce, um grande aliado também tem sido o smartphone. Estima-se que até 2021 quase 80% das compras online serão feitas por meio de dispositivos móveis.

Boa experiência

O cliente de hoje não quer apenas comprar o produto, ele quer ter uma boa experiência com a loja desde o primeiro contato até a entrega. Dispor de atendimento, chatbot ou suporte é fundamental para o cliente tirar suas dúvidas e sentir-se seguro no ambiente virtual. O cliente quer bom atendimento, informações claras, e facilidades na hora de parcelar ou negociar os valores. A parte logística, quando referente ao e-commerce, também faz parte da experiência da compra. Assim como o valor e a demora do frete.

O objetivo é único: atender com excelência o cliente que está a procura de presentes, compras para começar o ano com o pé direito. O e-commerce já faz parte da vida do consumidor. A Black Friday 2019 foi prova disso. Vale agora manter o ritmo e finalizar o ano com as metas cumpridas.


Gostou desse artigo? Não esqueça de avaliá-lo!
Quer fazer parte do time de articulistas do portal, tem alguma sugestão ou crítica? Envie um e-mail para redacao@ecommercebrasil.com.br

Você recomendaria esse artigo para um amigo?

Nunca

 

Com certeza

 

Deixe seu comentário

0 comentários

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  Assine nossa Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Obrigado!

Você está inscrito em nossa Newsletter. Enviaremos, periodicamente, novidades e conteúdos relevantes para o seu negócio.

Não se preocupe, também detestamos spam.