Como ferramentas digitais auxiliam na segmentação de seus clientes?

por Carlos Paranhos Sexta-feira, 14 de maio de 2021   Tempo de leitura: 11 minutos

Toda empresa deseja engajar, encantar e fidelizar seus clientes. Isso faz com que as vendas aumentem, mas também a satisfação e o reconhecimento da sua marca junto ao público cresça. O caminho mais eficiente para alcançar esse objetivo é oferecendo bons produtos, realizando atendimentos de qualidade e conhecendo a fundo seus clientes — e possíveis clientes —, bem como suas necessidades e desejos.

Esse último fator é importante, pois dentre o grupo de pessoas que compram da sua marca, existem perfis de clientes muito distintos entre si. E isso vale mesmo entre aqueles que compraram, por exemplo, o mesmo produto. Por isso é tão importante conhecer e acompanhar de perto seus clientes durante todas as etapas de compra.

Como entender as necessidades dos clientes?

O caminho para conhecer seus clientes? Informações! Quanto mais você souber sobre seus consumidores, mais fácil será conhecer o estilo de compra de cada um deles, o que eles precisam e o que desejam comprar.

Com essas informações detalhadas em mãos, será possível traçar um perfil para cada pessoa. E, posteriormente, cruzar essa base de dados de clientes para encontrar outras pessoas com as mesmas características e necessidades, separando-os em grupos de afinidades.

A esse processo damos o nome de segmentação de clientes. É ele que ajuda sua equipe de Marketing e Vendas a desenvolver uma comunicação efetiva com seus diferentes públicos — e, com isso, alcançar resultados ainda melhores.

Nos casos em que se trata de uma lista pequena de clientes, a segmentação é mais simples e pode facilmente ser feita de forma manual. Porém, à medida que o número de leads aumenta e os dados se tornam cada vez mais abundantes e abrangentes, essa pode se tornar uma tarefa árdua e complexa. Mas, não se assuste. Existem ferramentas digitais para te auxiliar no tratamento das informações sobre seus clientes e tornar a segmentação muito mais efetiva.

A sua empresa já mapeia os perfis de clientes e pensa em estratégias de comunicação para cada um deles? Se a resposta for não, continue a leitura. Vou te explicar a importância da segmentação de clientes e como ferramentas digitais podem te ajudar nesse processo.

O que é segmentação de clientes?

Segmentar clientes nada mais é que separar em diferentes grupos pessoas com características parecidas para, assim, pensar em ações estratégicas para se comunicar melhor com cada uma delas. Tais agrupamentos podem ser norteados pelas mais variadas características, como idade, gênero, localidade, classe socioeconômica ou mesmo hábitos.

Imagine, por exemplo, uma loja que vende calçados dos mais diversos modelos. Essa loja, provavelmente, atende clientes com perfis muito diversos. Haverá homens jovens que praticam esporte e procuram um tênis que o os ajude a melhorar seu desempenho; mulheres de meia idade que buscam por sapatos infantis para os filhos; senhoras que, devido às limitações físicas causadas pela idade, precisam de sapatos ortopédicos e confortáveis. Bem, cada um desses perfis de clientes apresentam necessidades próprias e essa marca precisa se comunicar de forma eficiente com cada um deles.

Muito provavelmente, essa mesma loja também atende outros homens, mulheres e senhoras com as mesmas características desses clientes. Portanto, para facilitar o trabalho da sua equipe de Marketing, ela pode utilizar ferramentas digitais para segmentar essas pessoas em grupos de afinidades e desenvolver uma comunicação focada para cada um deles.

Dentre os principais tipos de segmentação estão:

Segmentação demográfica

Aquela que leva em consideração algumas informações mais básicas sobre os clientes, capazes de os dividir em grupos mais amplos, como:

  • gênero;
  • estado civil;
  • faixa etária;
  • profissão;
  • formação;
  • classe social, entre outras.

Segmentação geográfica

Esse tipo de segmentação leva em consideração aspectos geográficos das pessoas. É muito utilizada quando essas informações são passíveis de determinar o ato da compra. Por exemplo:

  • bairro onde mora;
  • cidade;
  • estado;
  • região;
  • país e continente.

Segmentação psicográfica

É norteada por informações um pouco mais subjetivas, como:

  • estilo de vida;
  • valores;
  • ideologias;
  • personalidade, entre outros.

Segmentação comportamental

É muito importante para a área de vendas. Afinal, esse tipo de segmentação leva em consideração comportamentos, hábitos, preferências, histórico de atividades (como o de compras) e muitos outros aspectos.

Qual a importância dessa prática para o seu negócio?

Além de entender as reais necessidades e dores dos diferentes perfis de pessoas, a segmentação de clientes também te ajuda a:

  • acompanhar o consumidor ao longo de toda a jornada de compra;
  • identificar em que etapa do funil de vendas ele se encontra;
  • ter mais sucesso ao oferecer suas soluções a ele, potencializando suas vendas e lucros.

Essa prática também te ajuda a entender quais são os perfis de clientes que mais interessam à sua marca — e em quais você não deve apostar agora. Além disso, a comunicação mais eficiente (resultado do agrupamento correto de leads) gera satisfação nos consumidores, que passarão a receber apenas conteúdos relevantes para eles. O aprimoramento do relacionamento com o público, a identificação do melhor canal de comunicação e as possibilidades de melhoria nos produtos e serviços também estão entre as vantagens da segmentação de clientes.

Como ferramentas digitais auxiliam na segmentação de clientes

Segmentar clientes, em especial um número muito grande deles, não é tarefa fácil. Por isso, você pode utilizar ferramentas digitais que automatizam esse processo e te ajudem a traçar estratégias para uma comunicação de qualidade com cada segmento de clientes. Separei a seguir algumas das vantagens de utilizar ferramentas digitais nessa tarefa.

As ferramentas digitais te ajudam a entender as reais necessidades dos clientes

Algumas ferramentas têm a funcionalidade de lead tracking. Ou seja, elas conseguem mapear o comportamento do cliente, por exemplo, ao visitar o site da sua empresa. Com esse recurso, é possível identificar:

  • se o lead visitou sua página de carreiras;
  • de contatos;
  • um conteúdo introdutório que apresenta as funcionalidades de um de seus produtos;
  • ou sua página de compras.

Essas informações te ajudam a identificar se seu cliente se encontra em uma fase mais inicial ou avançada da jornada de compra e faz a segmentação ser mais assertiva.

Outra ferramenta que ajuda a entender a posição do consumidor no funil de vendas é o chatbot. O software, por meio de interações com os usuários, consegue identificar o estágio do cliente. Além disso, é capaz de compreender se ele precisa de suporte, se pretende adquirir algum produto, trabalhar na sua empresa ou apenas conhecer sua marca.

Auxiliam na comunicação correta com cada perfil de cliente

Após entender as reais necessidades e desejos dos seus clientes e sua posição na jornada de compra, as ferramentas digitais podem te ajudar a segmentar clientes por assuntos de seu interesse. Isso evita que as pessoas se distanciem da sua marca ao receber conteúdos que não são relevantes para elas naquele momento — e as instiga a interagir mais com sua empresa como resultado do atendimento personalizado.

Para isso, ferramentas de e-mail são uma ótima pedida. Elas têm a capacidade de registrar os cliques dos clientes, quais tipos de e-mails eles abrem mais e até mesmo qual tipo de comunicação dá mais certo para um perfil determinado de consumidor. Lembro que tudo isso chega em formato de métrica, que te ajuda a entender melhor como se comunicar com cada grupo de cliente.

Aumentam o engajamento e ajudam a vender mais

O objetivo final da segmentação de clientes é encantar os consumidores e, com isso, impulsionar as vendas. Sendo assim, ferramentas como o chatbot te ajudam a selecionar os perfis de pessoas preparadas para a compra. Sim, aquelas que já se deram conta da necessidade e pretendem comprar o produto. A partir daí, automatizam o envio de mensagens em diversos canais, como WhatsApp Business, Facebook Messenger, e-mail e muitos outros.

Por fim, é importante que você faça testes frequentes utilizando as ferramentas para confirmar que sua segmentação de clientes está sendo efetiva. Além disso, vale investir em apenas uma ferramenta que centralize todas as funcionalidades que auxiliam no agrupamento e acompanhamento dos diversos clientes.

Caso isso não seja possível, certifique-se de que todas soluções utilizadas estão devidamente integradas. Dessa forma, você garante que nenhuma informação seja perdida e sua segmentação de clientes siga atualizada.

Gostou desse artigo? Não esqueça de avaliá-lo!
Quer fazer parte do time de articulistas do portal, tem alguma sugestão ou crítica?
Envie um e-mail para redacao@ecommercebrasil.com.br

Você recomendaria esse artigo para um amigo?

Nunca

 

Com certeza

Deixe seu comentário

0 comentários

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.