Como fazer sua loja sobreviver ao fim do e-Sedex

por Itallo Almeida Terça-feira, 10 de janeiro de 2017   Tempo de leitura: 3 minutos

Já faz algum tempo que as notícias sobre o fim do e-Sedex vêm assombrando lojistas virtuais. E isso tem uma explicação: os altos custos de frete para entregas em território nacional encarecem o preço final do produto, forçando muitas vezes os donos de e-commerce a fazerem malabarismos a fim de tornarem seus produtos atrativos.

O e-Sedex surgiu há alguns anos e se tornou popular por ser uma alternativa mais barata de frete para o e-commerce. Mas como tudo o que é bom dura pouco, os Correios, que operam o serviço, anunciaram que essa modalidade de frete será descontinuada a partir deste mês de janeiro.

Se você utilizava o esse serviço, saiba que nem tudo está perdido. O e-commerce continua a ganhar espaço no mercado brasileiro e não deve parar com o fim do e-Sedex. A aposta é que toda essa demanda de lojistas online por fretes mais acessíveis contribua para gerar uma oferta maior de empresas de logística e transportadoras.

Por exemplo, na plataforma de e-commerce Nuvem Shop você pode contar com outras ferramentas de frete e deixar que o seu cliente escolha qual é a opção mais vantajosa para ele. Vamos conhecer essas alternativas?

Alternativas ao e-Sedex

JadLog

A transportadora JadLog oferece diversos tipos de serviço para que você possa enviar seus produtos com tranquilidade, independente do tamanho.

Mandaê

“Os clientes da Mandaê economizam em média R$ 25.349,00 e 329 horas por ano” estampa o site da empresa. A transportadora promete coletar os produtos onde o lojista estiver, empacotar gratuitamente e o que é melhor: com materiais de proteção especial para os produtos. Outra das vantagens a ressaltar é a inexistência de número mínimo de envios. Podem ser despachados quantos itens o cliente quiser, e o pagamento só é feito ao usar o serviço.

Loggi

A Loggi é uma empresa de entregas expressas de até 20 kg, que podem ser feitas por moto ou bicicleta, desde que nas cidades de Belo Horizonte, Curitiba, Rio de Janeiro ou São Paulo. Indicada especialmente para curtas distâncias.

Coletagratis

A Coletagratis promete ajudar quem vende através dos marketplaces, coletando as encomendas e direcionando para a agência de envio. Todos são feitos via Correios, pois o Coleta Grátis capta somente encomendas de vendedores de marketplaces e as agências parceiras postam as encomendas. Como dizem em seu site, trata- se de “um sistema simples e fácil”, no qual o cliente se cadastra e, após análise da rota, o cadastro do cliente é aprovado.

Frete personalizado

Já escolheu uma empresa para fazer o transporte das mercadorias para você? Se sim, você poderá cadastrar a tabela de preços e prazos ativando a opção de frete personalizado. Essa alternativa também é indicada a quem prefere entregar suas vendas utilizando o serviço de motoboy, o que pode ser uma boa ideia se os seus clientes moram na mesma cidade onde você se localiza.

Retirar na loja física

Oferecido até por grandes marcas, como Americanas.com, a opção de retirar na loja física agrada aos compradores que têm pressa em receber o produto (ou querem economizar no frete), mas gostam de comprar tranquilamente online. Se você tem loja física, essa alternativa pode ser vista com bons olhos pelos clientes.

O que mais posso fazer para que o e-Sedex não afete minhas vendas?

Ter uma transportadora que ofereça preços em conta e atenda às necessidades da sua loja é muito importante para tornar seus produtos competitivos, mas para se certificar que sua loja não vai perder vendas, aproveite para pensar em como otimizar o seu sistema de entregas.

Além de procurar transportadoras para sua mercadoria, busque também por alternativas de acordo com o tipo de produto. Por exemplo: se você vende produtos leves, busque um tipo de embalagem que permita colocar mais de um item. Assim você aproveita o espaço pagando um único frete e pode oferecer ao seu cliente algum tipo de desconto na compra de mais de um produto, aumentando também o ticket médio da sua loja.

Na Nuvem Shop temos um curso gratuito sobre técnicas de venda que pode ser útil na hora de otimizar o seu e-commerce. Já se a sua dúvida é se continua a usar os Correios ou opta por uma transportadora, este artigo poderá te ajudar.

O fim do e-Sedex já era esperado por alguns e pegou outros de surpresa, mas de qualquer forma é importante conhecer as diversas alternativas no mercado que podem preencher esse espaço.

Deixe seu comentário

0 comentários

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

O projeto E-Commerce Brasil é mantido pelas empresas:

Hospedado por: Dialhost Transmissão de Webinars: Recrutamento & Seleção: Dialhost

  Assine nossa Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Obrigado!

Você está inscrito em nossa Newsletter. Enviaremos, periodicamente, novidades e conteúdos relevantes para o seu negócio.

Não se preocupe, também detestamos spam.