Acesso rápido

Facebook e Instagram: como aumentar o alcance?

por André Zanuto Terça-feira, 10 de setembro de 2019   Tempo de leitura: 5 minutos

Com as últimas atualizações das redes do Zuckerberg, o Facebook e o Instagram têm frustrado empresas ao tentar falar com seus seguidores.

A diminuição do alcance orgânico tem feito cada vez mais as empresas pagarem para alcançar um público que já é fiel a elas. Para se ter uma ideia, o alcance orgânico atual dessas redes chega a ser menor que 2%!

Por incrível que pareça faz sentido eles estarem fazendo isto. Pessoas têm publicado com menor frequência, enquanto marcas continuam adotando as redes como fonte principal de marketing. Ao executar essa ação, reduz o número de publicidade e aumenta a visualização de post de amigos, que é o real motivo da adoção dos usuários.

Mas nem tudo está perdido. É possível aumentar a presença orgânica entendendo como o algoritmo deles trabalha e otimizando a maneira de se comunicar. Aqui vai uma dica: eles querem que vocês utilizem vídeos!

Como o algoritmo funciona e por que o alcance do vídeo é maior?

De forma clara, quanto mais antigo seu post, menos ele irá aparecer. De qualquer maneira, caso seu post tenha um alto engajamento — comentários, curtidas, compartilhamento — ele aparecerá cada vez mais, até que comece a perder audiência.

Conforme passam os anos, essas redes continuam adicionando códigos ao aplicativo para torna-lo mais efetivo, priorizando o que é relevante para cada usuário de forma única.

Vou dar um exemplo: quando você reage a um post, esse post é mostrado para seus melhores amigos e pessoas com o mesmo perfil. Caso o sucesso continue, ele entende que é um assunto relevante e irá mostrar para mais e mais pessoas.

Em linhas claras, se um post tem bastante interação, a máquina entende que é um conteúdo de qualidade. Então o Facebook e Instagram querem apresentar para mais e mais pessoas.

Quanto maior a frequência de engajamento de seus posts, mais as redes entendem que você produz conteúdo relevante e irá mostrar para um público cada vez maior. Ou seja, não adianta uma única postagem boa, você precisa também de constância!

O que eles levam em consideração além disso?

Podemos resumir em 4 tipos — 3, no caso do Instagram:

  • Photos
  • Vídeos
  • Textos
  • Links

De todos esses modelos de post, o vídeo de longe é o que gera mais engajamento. Pessoas ficam mais tempo utilizando a rede social e por isso eles ganham uma exposição maior no feed.

Partindo do princípio que essas redes estão dando mais exposição para os vídeos, essa é a melhor maneira de alavancar seu feed e gerir seu crescimento orgânico.

Transmissão ao vivo: por que as empresas devem utilizar

Os benefícios são claros: é gratuita a transmissão e mais barato para executar do que uma produção storytelling. E o mais importante: vídeos ao vivo têm uma exposição orgânica ainda maior!

Além de alcançar mais gente no feed, seus seguidores irão receber uma notificação que você está ao vivo, convidando eles a interagir. E mais: enquanto durar sua transmissão, você estará no topo de todos os seus seguidores no feed. As plataformas são dinâmicas e esse é o momento para aproveitar os vídeos e as transmissões ao vivo.

Dicas para alcançar mais pessoas em seus vídeos nessas plataformas

Vídeos de outras plataformas não geram o mesmo resultado dentro do Facebook. Não adianta copiar o link do YouTube para seu feed, pois eles não darão muita atenção.

Os vídeos iniciam com auto-play, porém sem som. Isso significa que suas produções devem funcionar das duas maneiras, com e sem som. Caso não seja possível, terá que ter um apelo incrível para encorajar as pessoas a ligarem o som.

Formatos são importantes. Seus vídeos devem ser pensados de acordo com cada feed. Se você utilizar um vídeo retrato em um storie, seu alcance será drasticamente reduzido. Cada meio, uma comunicação.

Dê atenção para os stories! As pessoas estão consumindo cada vez mais stories e menos a rolagem. Mas aí temos um problema: stories somem, posts não. Pense em qual comunicação utilizar em cada meio e faça uma comunicação omnichannel.

Não faça vídeos texto. As redes fazem uma leitura do seu vídeo. Se ele tiver texto, o alcance será igual ao de uma postagem. Portanto, cuidado nesse quesito.

Conclusão

O Facebook e o Instagram estão dificultando a entrega do conteúdo para seu seguidores. Porém, se você focar em vídeos com qualidade e relevância, é possível recuperar engajamento e sair a frente de outras empresas.

Você recomendaria esse artigo para um amigo?

Nunca

 

Com certeza

 

Deixe seu comentário

0 comentário

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

  Assine nossa Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Obrigado!

Você está inscrito em nossa Newsletter. Enviaremos, periodicamente, novidades e conteúdos relevantes para o seu negócio.

Não se preocupe, também detestamos spam.