Explorar o e-commerce de nicho é um bom negócio

por Amauri Moura Sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015

Em contrapartida dos outros setores da economia nacional, o e-commerce segue em forte expansão. Dados da E-bit, empresa especializada em informações do comércio eletrônico, revelam que o e-commerce brasileiro faturou R$ 35,8 bilhões no ano passado, um aumento de 24% em comparação a 2013.

A expectativa de crescimento para este ano é de 20%, chegando a R$ 43 bilhões de receita direta do e-commerce em 2015.

Estes excelentes resultados e perspectivas refletem na vasta gama de oportunidades do mundo online e indicam um futuro ainda mais promissor para o segmento. Mas, vale ressaltar que a maior parte deste montante provém dos grandes varejos.

Então, como abrir um e-commerce competitivo e prospero sem concorrer diretamente com os grandes players?

O pulo do gato está na segmentação do serviço/ produto. É isto mesmo, o tão falado nicho de mercado pode ser o macete para que a loja virtual seja bem sucedida.

Modelo de negócio

A diretora do Buscapé Company, Isabela Ventura, afirmou em entrevista à TV Folha que os pequenos e-commerces devem observar os grandes varejistas e se manterem informados sobre os rumos do mercado.

Para ela, o e-commerce de nicho oferece grande potencial de crescimento, sendo o planejamento a chave para o sucesso. A definição do nicho precisa ser estudada e estabelecida logo nas primeiras diretrizes da loja.

Parceria de sucesso

O mercado de nicho encontrou no e-commerce uma rica parceria. É interessante observarmos que quando se trata de uma loja física, a segmentação poderá não funcionar da mesma maneira.

Imagine os seguintes modelos de negócios: livraria especializada em livros de física quântica, rodas de carro antigas e personalizadas para colecionadores, agência de viagens especializada no público de terceira idade com pacotes para o oriente médio.

Como estes negócios são extremamente específicos, se uma destas lojas fosse instalada em um bairro comum, elas possivelmente não conseguiriam atingir um grande número de interessados.

É justamente neste ponto que o e-commerce de nicho se diferencia e cria oportunidades de negócios. Podem existir consumidores das mais diversas localidades interessados no mesmo serviço que determinado e-commerce oferece.

Para que bons resultados sejam alcançados, é preciso considerar três pontos:

– Desenvolvimento de um site de vendas eficaz;

– Criação de ferramentas de interação com o cliente;

– Presença da loja nos buscadores (não invista apenas em propagandas).

Aproveite o excelente momento do e-commerce nacional e invista em negócios segmentados. Planeje, seja criativo e diversifique o seu produto, pois as oportunidades são incontáveis.

Você recomendaria esse artigo para um amigo?

Nunca

 

Com certeza

Deixe seu comentário

0 comentários

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  Assine nossa Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Obrigado!

Você está inscrito em nossa Newsletter. Enviaremos, periodicamente, novidades e conteúdos relevantes para o seu negócio.

Não se preocupe, também detestamos spam.