Expectativa de consumo para a Black Friday 2021: prepare-se!

por Letícia Fernandes Segunda-feira, 30 de agosto de 2021   Tempo de leitura: 7 minutos

A Black Friday é uma sazonalidade caracterizada pela competição acirrada entre os lojistas. Por isso, o que a ocasião pede são promoções atrativas e alto investimento em marketing. Como consequência, temos o aumento do faturamento para aqueles que souberem aproveitar as oportunidades de mercado. Afinal, estamos falando da data mais promocional do ano!

Mas nem só de estratégias de atração vive uma loja virtual. Mais do que visitantes e cliques, é preciso garantir uma experiência de compra completa para converter usuários em clientes (e, acima de tudo, clientes satisfeitos).

Nesse sentido, segurança e estabilidade são itens de primeira necessidade no checklist para a ocasião. Mas outro ponto-chave que não pode ser esquecido é a oferta de variadas formas de pagamento.

O seu e-commerce já começou a se preparar para atender às expectativas dos consumidores na ocasião? E já aderiu às novidades do mercado de pagamentos que eles pretendem usar?

Retrospectiva BF 2020

Em um momento completamente atípico, a Black Friday 2020 foi histórica, com crescimento de 4,8% do faturamento na sexta-feira propriamente dita, totalizando R$ 3,1 bilhões transacionados.

Somando o total de compras do dia principal do evento e do chamado “Esquenta Black Friday”, foram gerados 10,6 milhões de pedidos no ano passado, aproximadamente 20% a mais do que na edição de 2019.

Nesse cenário, o cartão de crédito (67%) e o boleto bancário (27%), ambos métodos de pagamento já consolidados, foram os mais utilizados pelos consumidores nas compras online. Os dados são do report da Linx. Enquanto isso, o Pix, recém-inaugurado no Brasil (lançado apenas uma semana antes da data), não teve uma adesão expressiva.

Então, já adiantando: a grande virada de chave para a Black Friday 2021 está justamente aí!

O que esperar da ocasião em 2021?

Para a Black Friday 2021, podemos esperar consumidores mais dispostos a comprar. Mas também exigentes com os produtos e condições oferecidas (e com toda a razão, não é mesmo?). De acordo com a “Pesquisa Black Friday 2021”, sondagem anual da área de Pesquisa e Audiência do UOL para Marcas, em parceria com a MindMiners, 67% dos brasileiros pretendem aproveitar as promoções de Black Friday deste ano.

Nesse cenário, em uma escala de 1 a 5, a boa experiência de compra (4,4), o meio ambiente (4,3) e a maior qualidade, mesmo que por um preço mais elevado (3,9), destacam-se como os fatores mais relevantes para a escolha dos produtos. Os dados são da pesquisa da Behup “Retomada do Consumo 2021 para Inteligência de Mercado Globo”.

Em relação aos nichos, destacam-se: alimentos e bebidas (34%), higiene doméstica, pessoal e produtos de limpeza (31%) e vestuário (32%) como os setores com maior intenção de aumento de consumo na Black Friday 2021 – ainda de acordo com a pesquisa da Behup.

E os métodos de pagamento?

Em 2021, a oferta de diferentes métodos de pagamento também está entre os principais critérios de escolha dos consumidores: 4,1 de importância em uma escala de 1 a 5. A informação também é da pesquisa “Retomada do Consumo 2021 para Inteligência de Mercado Globo”.

Então, o que não pode faltar no seu e-commerce para a Brasil Friday 2021?

Cartão de crédito

O cartão de crédito tem 48% e 41% da preferência dos consumidores nas compras digitais via desktop e smartphone, respectivamente (dados: SBVC). Logo, esse método de pagamento não pode ficar de fora da sua loja virtual.

Vale lembrar ainda que o crédito parcelado é a escolha de 75% dos consumidores que fazem compras por esse método de pagamento, de acordo com o Datafolha e Abranet.

Nessa época de promoções, esse pode ser um atrativo e tanto para aumentar o ticket médio das compras e incentivar as compras por impulso com a oferta das prestações sem juros. Isso torna as promoções ainda mais atrativas.

Pix

Se o método de pagamento instantâneo do Banco do Brasil não teve tanto espaço na Black Friday passada, nesta, já podemos esperar o extremo oposto! O Pix tem sido um absoluto sucesso não apenas como substituto para as transferências bancárias, mas, ainda, como método de pagamento à vista no mercado B2C e B2B.

De acordo com o Banco Central, até junho, já havia 6 milhões de negócios cadastrados no pagamento instantâneo. E não para por aí: nas empresas, o Pix conta com uma taxa média de crescimento bastante acelerada, de 57,5% ao mês.

Já entre os consumidores, é um método de pagamento consolidado. Ainda de acordo com o Bacen, 45% dos brasileiros adultos já usaram o método de pagamento alguma vez. Inclusive, já superou o número de TEDs, DOCs e de boletos liquidados no país.

A agilidade e a possibilidade de oferecer preços ainda mais atrativos, levando em consideração um custo de operação com Pix muito mais baixo do que o das demais formas de pagamento, são o grande combo de sucesso para garantir recordes de vendas na ocasião com o Pix.

E se apenas o apelo de mercado não te convenceu que o Pix é uma aposta importante para a Black Friday, você sabia que ele pode ser a solução para o sequestro de estoque? Saiba mais sobre esse assunto aqui.

Agora que você já sabe o tipo de produto que os clientes buscam, os fatores decisivos para a tomada de decisão de compra e, por fim, os métodos de pagamento preferidos dos brasileiros, já é hora de começar a se preparar para a ocasião. Boas vendas!

 

Gostou desse artigo? Não esqueça de avaliá-lo!
Quer fazer parte do time de articulistas do portal, tem alguma sugestão ou crítica?
Envie um e-mail para redacao@ecommercebrasil.com.br

Você recomendaria esse artigo para um amigo?

Nunca

 

Com certeza

Deixe seu comentário

0 comentários

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

CADASTRE-SE EM NOSSA NEWSLETTER