3 erros fatais na implantação de e-commerces B2B

por Rodrigo Martucci Sexta-feira, 11 de junho de 2021   Tempo de leitura: 3 minutos

O e-commerce B2B é o presente e o futuro das compras corporativas, e até os setores tradicionais já entenderam a força da presença digital para os negócios. Nos Estados Unidos, onde o comércio eletrônico Business to Business está mais avançado, as vendas devem atingir US$ 1,2 trilhão ao final de 2021.

Para 2023, as projeções indicam comercializações de US$ 1,8 trilhão, sendo o e-commerce responsável por 17% de todas as vendas B2B no país.

Esses dados da Forrester Research reforçam a grande oportunidade que é investir em e-commerce B2B no Brasil também. Lançar-se no comércio eletrônico não significa abrir um site, cadastrar produtos e esperar a clientela, é preciso esforço dedicado para saber aproveitar oportunidades para não sufocar o crescimento. Por falar nisso, existem alguns erros na implantação que são fatais. Vamos examinar três deles e entender o que você pode fazer para evitá-los.

1 – Subestimar a experiência do usuário

Lojas B2B devem seguir o que varejistas já vêm fazendo: tornar a experiência de compra online fácil, rápida e conveniente do início ao fim.

Das recomendações personalizadas de produtos, passando pelas ofertas especiais, pelo atendimento rápido e até o checkout descomplicado, as empresas devem dar ao cliente B2B o mesmo tratamento do B2C.

Não minimize a experiência do cliente ao implantar um e-commerce B2B! Entregue imagens em alta resolução, descrições detalhadas de produtos, recomendações personalizadas, pesquisa avançada, várias opções de pagamento, chat ao vivo e demais meios que são comuns nos sites dos varejistas. Se esses recursos não estiverem otimizados para atender as expectativas dos compradores, seu site não terá o desempenho esperado.

2 – Negligenciar a estratégia de SEO

O público B2B está online: 89% dos consumidores usam a internet durante o processo de pesquisa para compras comerciais e fazem, em média, 12 consultas antes de se engajar no site de uma marca. É por isso que ignorar técnicas de SEO é um dos erros fatais que uma empresa pode cometer. Você precisa aparecer em pesquisas de palavras-chave relevantes para o seu segmento para que, assim, as pessoas encontrem a sua loja.

Para criar uma estratégia de SEO para o e-commerce B2B, você deve estabelecer prioridades. Comece com as páginas do site que mais recebem tráfego. Já se você quiser que as pessoas encontrem um produto específico, otimize-o primeiro.

Veja o que os concorrentes estão fazendo e trace um plano de ação para tornar sua loja melhor que a deles. Faça uma lista de palavras-chave importantes para o seu negócio, adicione metadados, nomeie as imagens corretamente, adicione atributos alternativos de imagem e incorpore termos relacionados nas meta-descrições, nas descrições de categorias e nas páginas de produtos.

A estratégia certa de SEO tem tudo para aumentar o tráfego orgânico e a autoridade do site para que você atraia e converta clientes.

3 – Não envolver a equipe de vendas

Quando o processo de implementação do e-commerce acontece sem a contribuição do time de vendas, grandes valores e ideias não são aplicados. A consequência disso? O site pode se tornar um inimigo interno.

Não cometa esse erro! Em vez disso, faça com que o e-commerce seja um multiplicador de forças, permitindo que o departamento comercial se concentre nas contas-chave para a empresa, em vez de “perder tempo” com tarefas de baixo valor, como inserir pedidos e responder perguntas sobre o status da compra. Comissionar os vendedores por vendas online intermediadas por eles também é fundamental.

Gostou desse artigo? Não esqueça de avaliá-lo!
Quer fazer parte do time de articulistas do portal, tem alguma sugestão ou crítica?
Envie um e-mail para redacao@ecommercebrasil.com.br

Você recomendaria esse artigo para um amigo?

Nunca

 

Com certeza

Deixe seu comentário

0 comentários

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  Assine nossa Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Obrigado!

Você está inscrito em nossa Newsletter. Enviaremos, periodicamente, novidades e conteúdos relevantes para o seu negócio.

Não se preocupe, também detestamos spam.