Em tempos de crise econômica, clientes inativos podem ser um trunfo a lojistas

por Israel Nacaxe Segunda-feira, 25 de maio de 2020   Tempo de leitura: 3 minutos

Devido a pandemia do coronavírus, o setor varejista tem se reinventado e criado alternativas para minimizar o impacto causado pela crise financeira que ocorre no país. Uma das estratégias que pode ser adotada pelos lojistas para aumentar as vendas em pouco tempo e com baixo investimento é reconquistar os usuários inativos. Essa afirmação pode ser comprovada a partir da análise feita pelo Philip Kotler, que mostra que conquistar um novo comprador custa de cinco a sete vezes mais que manter um atual.

Mas, para ter resultados satisfatórios é preciso se atentar a alguns fatores e seguir alguns direcionamentos, como por exemplo:

1 – Identificar os clientes inativos

Nesse caso é importante analisar de forma minuciosa todos os setores do varejo, desde supermercado até lojas de móveis. Afinal, cada um tem a sua particularidade e perfis diferentes. Para ter acesso a essas informações de forma automatizada, os empreendedores podem usufruir de ferramentas de CRM e inteligência artificial.

2 – Segmentar o público de acordo com seu comportamento

Uma vez identificados, o próximo passo é entender as razões que fizeram com que eles comprassem em outros locais. Nesse caso, as marcas podem aplicar a estratégia de customer insights para obter mais dados a seu respeito.

3 – Aplicar programas de fidelidade

Acúmulo de pontos para troca de itens, acesso vip a eventos, brindes, descontos imperdíveis… São alguns dos recursos usados para fidelizar, estimular aquisições futuras e reativar o cadastro desses consumidores, proporcionando vários benefícios.

4 – Pedir feedback

Solicite uma avaliação sobre o atendimento e o grau de satisfação depois que os produtos forem adquiridos. Quando o sistema CRM informar que o mesmo deixou de adquirir, contate-o perguntando o que levou à essa atitude. Esse simples ato fará toda a diferença e ajudará a entender as razões reais desse afastamento. As respostas vão segmentar o público e estabelecer ações específicas para cada caso, além de identificar problemas na operação ou em processos pontuais.

5 – Estimular o engajamento mobile

Utilize aplicativos de mensagens ou WhatsApp a seu favor. Dependendo do perfil do público, ele pode ser um canal para as marcas oferecerem descontos extras e estimular programas de fidelidade.

6 – Personalizar o contato

A confiança se constrói em cada ponto de contato, por isso crie mensagens individuais durante o processo de reativação. Isso vai mostrar o quanto a empresa conhece o seu cliente e sente a sua falta.

Podemos concluir que toda estratégia de recuperação desse usuário passa por conhecer seus gatilhos de compra, missões e a sua jornada com a loja. Nesse caso, o uso de inteligência analítica é indispensável, pois ela vai ajudar a gerar insights, personalizar o relacionamento e impulsionar suas vendas. Ou seja, aposte nessas soluções que você terá ganhos imensuráveis para o seu negócio.

Gostou desse artigo? Não esqueça de avaliá-lo!
Quer fazer parte do time de articulistas do portal, tem alguma sugestão ou crítica?
Envie um e-mail para redacao@ecommercebrasil.com.br

Você recomendaria esse artigo para um amigo?

Nunca

 

Com certeza

Deixe seu comentário

0 comentários

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  Assine nossa Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Obrigado!

Você está inscrito em nossa Newsletter. Enviaremos, periodicamente, novidades e conteúdos relevantes para o seu negócio.

Não se preocupe, também detestamos spam.