Acesso rápido

Seu e-commerce está preparado para os smartphones?

por Alfredo Soares Sexta-feira, 28 de dezembro de 2018   Tempo de leitura: 4 minutos

Uma pesquisa realizada pela Salesforce mostra que pela primeira vez as compras de final de ano serão realizadas por smartphones. Cerca de 46% dos usuários irão utilizar os celulares para comprar algum produto, 2% a mais do que os convencionais computadores/notebooks (44%) e tablets (6%). Ainda de acordo com a pesquisa, as plataformas móveis serão responsáveis pelo número recorde de 68% do tráfego de comércio eletrônico neste período, crescimento de 19% ano a ano.

Esse aumento só é possível graças à multiplicação de celulares no país. De acordo com a Agência Nacional de Telecomunicações, o Brasil terminou o mês de outubro/18 com mais de 233,3 milhões de celulares ativos. Esses números comprovam que estamos cada vez mais conectados aos smartphones e o quanto isso influencia as vendas online. Grandes empresas já estão atentas no que essa experiência de consumo pode trazer e que a proximidade na palma da mão de seus clientes é importante para uma fidelização.

Acredito que algumas dicas são essenciais para os lojistas se prepararem para as compras por smartphones. E como muitos e-commerces ainda não oferecem boa experiência aos usuários que acessam suas páginas por dispositivos móveis, desenvolvi esse passo a passo abaixo:

Otimize sua loja virtual

Com as transações via dispositivos móveis ganhando espaço, otimizar sua loja virtual para vender é fundamental. Estabeleça uma estratégia que priorize a experiência do usuário, valorizando um design responsivo e agradável. Para garantir uma boa experiência dos usuários, é necessário aplicar os mesmos recursos nas versões desktop e mobile. Assim, sua loja terá a mesma identidade sempre. Um layout mobile bem otimizado garante uma experiência de navegação muito melhor e mais rápida.

Notifique e alerte o seu cliente

Ao transformar sua loja mobile, você deverá torná-la verdadeiramente mobile e mais conectada com o cliente. As notificações de push são grandes aliadas para manter a comunicação entre o que é importante ser informado e qual o melhor momento. O envio de SMS é uma possibilidade de engajar e informar na tela dos smartphones, trazendo novidades ou finalização de transações.

Mídias sociais e o mobile

Atualmente, o acesso às mídias sociais já é predominante via mobile, o que torna grande fonte de tráfego para sua loja. Algumas redes sociais permitem links para o seu site ou a solicitação de download, caso tenha sua loja tenha aplicativo.

Invista no m-commerce

O mobile commerce é um mercado cada vez mais crescente. A melhoria na qualidade de conexão, como o aprimoramento das redes móveis e de Wi-Fi disponível em diversos lugares, auxilia o crescimento e dá força às compras realizadas por smartphones. Algumas empresas já reconhecem o resultado desse tipo de investimento e aproveitam para criar promoções exclusivas para os clientes mobiles.

Ferramentas para o m-commerce

Existem algumas ferramentas que tornam o m-commerce mais eficiente e ajudam a potencializar sua estratégia mobile. São elas: Google Ads, Facebook Ads, Ad Builder e Admob. Alguns desses segmentos já tem 80% de uso no mobile.

Para finalizar, é muito importante que o lojista abra os olhos para o mobile commerce. Afinal, é uma forma de venda que está em constante crescimento no país. Invista em ferramentas que levem seu produto ainda mais longe, ou melhor, bem na palma da mão do seu cliente.

Você recomendaria esse artigo para um amigo?

Nunca

 

Com certeza

 

Deixe seu comentário

0 comentário

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  Assine nossa Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Obrigado!

Você está inscrito em nossa Newsletter. Enviaremos, periodicamente, novidades e conteúdos relevantes para o seu negócio.

Não se preocupe, também detestamos spam.