Acesso rápido

Cinco dicas para economizar no frete do seu e-commerce

por Flavio Salzano Quarta-feira, 15 de março de 2017   Tempo de leitura: 5 minutos

Todo lojista de e-commerce tem um desafio em comum: o preço do frete! Segundo apontou a Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm), o frete ainda é o maior responsável pelos custos logísticos no Brasil, representando 62% do valor total.

E com custos cada vez mais elevados, tem aumentado o número de lojas virtuais que repassam ou pelo menos dividem o custo do frete com o cliente. O resultado é um só: aumento de preços e consequente queda do número de vendas. Porém, alguns passos para diminuir esses números podem ser tomados, e nós queremos dividi-los com você, confira:

1) Pedido com valor maior, frete menor!

Cada vez que o valor do pedido aumenta, o frete pode diminuir. Imagine a seguinte situação: o frete de um pedido de R$ 40 reais com 2 kg de peso pode chegar a 20% do valor do produto. Mas esse número cai pela metade se o valor do pedido é de R$ 120 e o peso do produto vai para 6 kg. Em outras palavras, o valor do frete nesse caso, representa 10% do valor total do produto.

2) Tenha opções de transportadoras

Não se apegue a uma única opção! Tenha pelo menos a tabela de preços de fretes de três transportadoras. E a explicação é simples: cada empresa possui preços e prazos diferentes para determinadas localidades, além disso, elas possuem suas especialidades: produtos pesados ou leves, categorias específicas. Cabe a você escolher a melhor opção.

3) Negocie o valor da tabela de frete

No momento que você tiver mais de uma opção de empresa, poderá negociar o valor do frete. Essa relação de parceria com as transportadoras é fundamental, pois o valor do frete poderá cair. Mas fique atento, se certifique que você está escolhendo uma empresa de qualidade que entregará sua mercadoria com total segurança.

4) Incentive o mínimo de compras

Veja se existe a possibilidade de, a partir de um valor “X”,  o frete se tornar mais barato, ou até mesmo grátis. Estabeleça um valor mínimo de compra, mas tenha atenção, faça todos os cálculos possíveis para ver se isso realmente é possível.

5) Faça o mapeamento por região

Saiba onde seu e-commerce está perdendo dinheiro com frete e onde está ganhando. Conheça cada região e veja quanto você está gastando naquela localidade. O cálculo é simples: divida o valor gasto com frete em um mês pelo faturamento total desse mesmo mês. Assim, você poderá identificar quais as suas oportunidades e melhorá-las.

Você recomendaria esse artigo para um amigo?

Nunca

 

Com certeza

 

Deixe seu comentário

0 comentário

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

  Assine nossa Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Obrigado!

Você está inscrito em nossa Newsletter. Enviaremos, periodicamente, novidades e conteúdos relevantes para o seu negócio.

Não se preocupe, também detestamos spam.