Acesso rápido

O segredo para um e-commerce bem-sucedido internacionalmente

por Rory McCarthy Quinta-feira, 07 de março de 2019   Tempo de leitura: 5 minutos

Se o seu e-commerce para clientes internacionais, já sabe a importância de adaptar sua oferta aos mercados locais. Do idioma do site à escolha da moeda de aceitação no pagamento, cada elemento de localização afetará o sucesso na venda para clientes de fora do Brasil. E o potencial para o sucesso é significativo — pesquisas recentes sugerem que o comércio eletrônico internacional deve crescer duas vezes mais que o doméstico a cada ano até 2020. Apenas para colocar isso em perspectiva, trata-se de uma taxa de crescimento anual de 25%, chegando a US$ 900 bilhões.

Comerciantes que desejam expandir seus negócios em novos mercados globais para vender produtos para países estrangeiros precisam considerar a aceitação de métodos de pagamento locais — ou arriscar taxas de devolução mais altas de seus clientes.

O papel dos pagamentos no e-commerce internacional

Quando se trata de e-commerce capaz de ultrapassar barreiras, as formas de pagamento que você oferece aos clientes internacionais são fundamentais. Segundo pesquisas recentes, 47% dos compradores online abandonaram uma compra no check-out, com mais de 60% dizendo que o fizeram porque seu método de pagamento preferido não estava disponível ou essa etapa do processo de compra era complicada demais. Estamos falando de um número gigante de pedidos não convertidos e uma grande quantidade de receita em potencial inexplorada.

Já sabemos que a maioria das empresas baseadas na Internet aceita cartões de crédito e débito online, então, que outros tipos de pagamento os clientes internacionais preferem? Bem, cerca de 50% de todas as compras online são concluídas com métodos alternativos de pagamento, incluindo transferências bancárias em tempo real, vouchers pré-pagos, e-wallets, cartões locais, aplicativos de pagamento, pagamentos em dinheiro para compras online, criptografia, moedas e pagamentos através de máquinas ATM em alguns países.

Além disso, novas pesquisas indicam fortemente que o uso de métodos de pagamento alternativos continuará a crescer no ambiente online, possivelmente superando até os cartões de crédito e de débito.

Mas como os consumidores querem pagar?

As preferências de pagamento dos clientes variam drasticamente, dependendo de muitos fatores, sendo um deles a sua nacionalidade e as tendências de pagamento locais. Os clientes em muitas partes da Europa Ocidental e da China são parciais aos sistemas de pagamento digital (por exemplo, PayPal ou AliPay). Um relatório recente da Nielsen estima que 86% dos entrevistados chineses usaram e-wallets no ano passado, principalmente através do gigante de pagamento online Alipay e WeChat Pay. Enquanto os pagamentos por transferência bancária prevalecem na Alemanha (com 68% dos entrevistados), os Países Baixos (56%) e a Itália (55%) preferem pagamentos digitais em detrimento de métodos tradicionais baseados em cartões.

Nos mercados em desenvolvimento — onde a posse de cartões de crédito é baixa — a tendência muda novamente. No mesmo relatório da Nielsen, o dinheiro na entrega é popular entre os compradores — 57% dos entrevistados na Polônia e 59% na Arábia Saudita preferiram essa opção de pagamento para comprar online no ano passado. Para os mercados desenvolvidos ou em desenvolvimento, a falha em deixar de oferecer métodos de pagamento preferidos localmente significa arriscar alienar grandes partes do seu público — e você pode perder receita valiosa.

Tecnologia e evolução dos pagamentos

As indústrias de pagamento e comércio eletrônico são guiadas pela tecnologia em constante aprimoramento e pelas mudanças nas preferências dos clientes. À medida que a tecnologia evolui, os consumidores passam por pagamentos que são rápidos, convenientes e mantêm seu dinheiro seguro em todos os momentos.

Veja o crescimento do Alipay e do WeChat Pay na China — ambas plataformas de pagamento relativamente novas — que juntas possibilitaram US$ 2,9 trilhões em pagamentos digitais chineses em 2016, representando um aumento de 20 vezes nos últimos quatro anos.

Outro exemplo é o serviço de transferência bancária em tempo real iDEAL (que surgiu em 2005) e agora tem 56% de participação de mercado nos Países Baixos. Juntamente com outros players, como o SOFORT na Alemanha, isso faz com que as transferências bancárias em tempo real sejam o tipo de pagamento online alternativo mais comum na maioria dos países.

Compreender o seu público é crucial para o seu sucesso ao vender internacionalmente. Oferecer métodos de pagamento relevantes na finalização da compra faz com que sua empresa pareça ser local, desperte confiança e crie uma experiência de pagamento perfeita para clientes internacionais.

Você recomendaria esse artigo para um amigo?

Nunca

 

Com certeza

 

Deixe seu comentário

0 comentário

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

  Assine nossa Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Obrigado!

Você está inscrito em nossa Newsletter. Enviaremos, periodicamente, novidades e conteúdos relevantes para o seu negócio.

Não se preocupe, também detestamos spam.