Dia das Mães é a data que mais atrai novos clientes para o e-commerce

por Fillipi Nobre Sexta-feira, 07 de maio de 2021   Tempo de leitura: 11 minutos

Todos os anos, o Dia das Mães é uma das datas mais significativas para o comércio eletrônico e tem uma contribuição expressiva para o faturamento do setor. Durante a pandemia essa importância se mantém, mas traz um ponto de atenção adicional: em 2020, a quinzena que antecedeu o Dia das Mães representou o período sazonal com maior entrada de novos consumidores no e-commerce.

 Isso significa que pessoas que davam preferência às compras em lojas físicas decidiram se aventurar pela primeira vez em uma loja online comprando o presente para a mãe.

A Associação Brasileira de Comércio Eletrônico estima que cerca de 20 milhões de consumidores realizaram pela primeira vez uma compra pela internet no último ano. Mesmo assim, existe uma parcela enorme de pessoas que ainda não são clientes de e-commerce.

Há bons motivos para assumir que em 2021 a data será novamente marcante para todos os públicos, incluindo o consumidor que é novato no e-commerce.

Intenções para o Dia das Mães 2021

Uma pesquisa realizada neste ano sobre a intenção de compras para o Dias das Mães mostrou alguns fatores que devem ser levados em consideração pelo setor de e-commerce. Confira:

  • 95% dos consumidores entrevistados planejam comprar presentes para o Dia das Mães 2021, sendo que 88% deles devem fazer isso pela internet.
  • A opinião de amigos e parentes é um fator que pesa muito para a escolha da compra do presente de Dia das Mães. Esse ponto foi relevante para 88% dos consumidores entrevistados, o que reforça a importância da experiência de compra de cada usuário.
  • 69% dos participantes disseram que pretendem se informar sobre os presentes de Dia das Mães por meio de blogs, sites e redes sociais – chamando a atenção também para a reputação online das marcas.
  • 94% consideram que cupons de descontos são determinantes para a decisão de compra.

Entrantes no e-commerce para o Dia das Mães 2021

Ao olharmos para o potencial que ainda existe para o e-commerce, estamos falando de um contingente de consumidores que, quando finalmente resolverem fazer uma compra online, serão conquistados pelos sites que apresentarem mais vantagens e uma jornada de compra confortável. E, como mostram todos os dados já apresentados, há boas chances desses consumidores fazerem a primeira compra online agora, na temporada de Dia das Mães de 2021.

Se para quem já é usuário frequente do e-commerce navegar e comprar com facilidade faz toda a diferença na hora de escolher onde consumir, para os entrantes esse aspecto é crucial.

Por isso, este é o momento de revisar sua loja virtual para garantir uma jornada de compra intuitiva, clara e fácil. O cliente entrante conquistado neste Dia das Mães tem o potencial de se tornar um cliente fiel no restante do ano.

7 pontos para melhorar a experiência do cliente entrante

1.      Mantenha o FAQ atualizado

É mais comum do que se pensa que a área de dúvidas frequentes dos e-commerces não esteja atualizada. Faça uma revisão com o olhar de quem não conhece nada sobre o seu negócio (nem sobre compras pela internet de forma geral) e tente deixar essa área completa e didática.

2.      Informe sobre bandeiras aceitas no rodapé do site

Se deixar para mostrar quais são as bandeiras aceitas pela sua loja virtual apenas na etapa de pagamento, há grande chance da sua taxa de abandono de carrinho ser elevada. Deixe visíveis quais são as bandeiras com as quais sua empresa trabalha e em quais modalidades (crédito e/ou débito).

3.      Dê opções de pagamento

Se antes as pessoas pagavam de diferentes formas dependendo da situação de compras, cada vez mais elas compram pela internet e é importante que o virtual se adapte às possibilidades de pagamento dos clientes. Por isso, quanto mais opções de pagamento você oferecer, maior é a chance de o cliente finalizar a compra. Considere oferecer débito, por exemplo.

4.      Facilite o crédito (e informe com clareza)

O crédito ainda é a opção de pagamento mais utilizada no e-commerce. O consumidor novato, entretanto, pode ter dificuldade de entender como essas compras comprometem seu limite (especialmente quando há parcelamento) ou pode ter o cartão recusado por limite insuficiente por não estar preparado para esse contexto. Assim, deixar claras essas informações, além de oferecer a modalidade de pagamento no crédito com mais de um cartão facilita bastante a experiência do cliente.

5.      Garanta que sua plataforma esteja parametrizada

Plataformas internacionais ou plataformas antigas nem sempre estão parametrizadas para ler os BIN’s (primeiros dígitos) do cartão e fazer a correspondência adequada com a bandeira a que ele pertence. Assim, se o consumidor digita o número do cartão e o site exibe uma bandeira que não é a sua, ele pode se sentir inseguro e abandonar o carrinho. Isso vale para todos os consumidores, mas é ainda mais importante entre os novos clientes, que estão cheios de dúvidas.

6.      Repense a descrição de cada campo nos formulários

Quando o cliente inexperiente encontra um formulário com campos que ele não sabe como preencher, existe novamente a possibilidade de desistência. Assim, é importante verificar se todas as informações pedidas são autoexplicativas. Por exemplo, você pode pedir “código de segurança (CVV)” em vez de apenas “CVV”.

7.      Comunique com clareza eventuais descontos

Cupons de descontos têm um bom potencial de diferenciação entre concorrentes neste Dia das Mães. Entretanto, assim como as outras questões relacionadas a comunicação e informação, também é necessário ser muito claro para não provocar uma experiência negativa. Deixe claras quais são as condições em que o benefício é válido e, no carrinho, dê destaque para a aplicação do desconto a partir da inserção do cupom.

Datas sazonais na pandemia

As datas comemorativas cresceram em importância durante a pandemia. Na impossibilidade do encontro físico, muitas pessoas vêm optando por presentear e contam com as lojas virtuais para garantir essa demonstração de carinho. Foi assim que, em 2020, houve um salto de 34% no faturamento do e-commerce brasileiro nesses períodos em comparação com as datas sazonais de 2019. De 25 de abril a 9 de maio, foram R$ 3,7 bilhões faturados, e um ticket médio de R$ 449, segundo a pesquisa Webshoppers, realizada pela Ebit|Nielsen e apoiada pela empresa brasileira de tecnologia de pagamentos Elo.

Agora, em 2021, com a necessidade de isolamento social reforçada, o setor segue com potencial de apresentar um desempenho igualmente impactante.

Se seu e-commerce vai colher esse resultado em maior ou menor grau, depende do que tem a dizer sobre a pergunta: sua empresa está preparada para atender essa demanda? Especialmente a demanda de novos consumidores?

Caso a resposta não seja um “sim” muito seguro, ainda dá tempo de agir para aproveitar as próximas as duas datas que, coincidentemente, são as que mais chamaram atenção no último ano: Dia das Mães e Dia dos Namorados.

De acordo com a Webshoppers, a data sazonal que mais se destacou no ano passado foi o Dia dos Namorados, com excepcionais 91% de aumento do faturamento. Já para o Dia das Mães houve um acréscimo de 64% nos pedidos.

Você recomendaria esse artigo para um amigo?

Nunca

 

Com certeza

Deixe seu comentário

0 comentários

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.