Projeto mantido por:

Custo elevado e falta de integração são principais reclamações dos e-commerces

por Jonathan Melo Sexta-feira, 22 de outubro de 2021   Tempo de leitura: 3 minutos

Com a pandemia, empresas foram forçadas a adaptar suas atividades e migrar suas operações para o digital, a fim de manter a continuidade dos negócios. Frente à essa necessidade, muitas expandiram, aumentaram e contrataram plataformas de vendas.

Com a mudança abrupta para o trabalho remoto, foi necessário analisar o modus operandi interno e definir a melhor forma de manter as atividades e continuar as operações. A adoção de uma plataforma de e-commerce, no entanto, foi dificultada pela gama de serviços oferecidos no mercado, especialmente pela integração com terceiros e dificuldade de entendimento.

Segundo pesquisa da Zoho realizada no primeiro semestre de 2021 (com 400 tomadores de decisão de empresas brasileiras), 23% dos respondentes afirmaram que as maiores dificuldades para escolha de plataforma de vendas para a empresa são a falta de integração com outros serviços e a demora para entender suas funcionalidades.

Além da dificuldade de integração, outra questão enfrentada pelas empresas na adoção de uma plataforma online é o custo. No mercado é possível encontrar serviços disponibilizados gratuitamente, mas geralmente essas opções limitam as funcionalidades.

No mesmo estudo, 19% dos respondentes afirmaram que o custo elevado é um dos desafios que enfrentam na adoção de um software de vendas. Já para 19% dos respondentes, a dificuldade do tempo de gerenciamento é outro desafio na adoção de uma plataforma de vendas. Entre as 400 empresas, 8% afirmaram que a maior dificuldade é a má assistência.

O que vimos em 2020 foi a correria entre as empresas para migrar suas atividades para o meio digital e seus funcionários movendo para o modelo em home-office. Saíram na frente as que já mantinham seus arquivos digitalizados e encontraram plataformas que atenderam suas necessidades.

Na mesma pesquisa, 34% das empresas respondentes afirmaram que já possuíam presença online. Por conta disso, suas vendas aumentaram durante a pandemia. Isso indica que quem já estava estabelecido digitalmente viu bons resultados enquanto outros corriam para se adequar ao novo normal.

Analisando as necessidades das empresas, é importante que algumas funcionalidades estejam presentes desde a versão mais básica, a fim de contemplar as operações empresariais. Faturamento simplificado, cobrança de pagamento simplificada, lembretes de pagamento automatizado e relatórios instantâneos são ferramentas que já podem ser encontradas em plataformas online de vendas.

Agora, com o retorno do trabalho presencial no escritório, as empresas precisam se preocupar em como readequar as atividades que foram alocadas para o digital. Mantê-las online, mesmo com as equipes no escritório, é a melhor alternativa, tanto para um esquema de trabalho híbrido quanto para uma melhor gestão operacional.

Gostou desse artigo? Não esqueça de avaliá-lo!
Quer fazer parte do time de articulistas do portal, tem alguma sugestão ou crítica?
Envie um e-mail para redacao@ecommercebrasil.com.br

Você recomendaria esse artigo para um amigo?

Nunca

 

Com certeza

Deixe seu comentário

0 comentários

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Comentando como Anônimo

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

CADASTRE-SE EM NOSSA NEWSLETTER