Acesso rápido

Como o mercado de marketing digital ligado ao B2B pode crescer

por Diego Carmona Quarta-feira, 21 de agosto de 2019   Tempo de leitura: 4 minutos

O marketing digital está sempre evoluindo. Quando falamos em relações B2B, é importante frisar que a confiança nessa relação é um dos fatores que mais influência na continuação de parcerias e acordos. Mesmo não sendo um tipo de compra/negócio que envolva tanto a emoção e impulso do cliente, ainda envolve o contato de pessoas.

Ou seja, a comunicação e o marketing precisam ser voltados para o tipo de pessoa com quem a empresa está em contato. Além disso, a segurança nesse momento é algo que muitas empresas prezam — independente do tamanho do investimento. Se a sua empresa fornece a garantia de que tudo irá sair como o combinado, as chances de fechar negócio sobem.

Em relação às redes sociais — e dependendo da sua área de atuação —, o LinkedIn seria a plataforma mais indicada para evidenciar a cultura organizacional, processos e serviços que a empresa fornece. Ele possui sistema de anúncios e tem uma grande gama de empresários e funcionários dos mais diversos setores.

As possibilidades de tração e canais de contato com o público alvo cresceram muito. Por mais que se comente que redes sociais não são as mais favoritas no meio B2B, elas ainda possuem sua importância. Como mencionado, em qualquer tipo de negócio estamos lidando com pessoas, e pessoas são guiadas por conexões emocionais.

Vale lembrar dos canais de busca: eles possibilitam estratégias mais de nicho e assertivas no momento de contatar esse possível cliente.

Empresas mais preparadas são aquelas que, antes de descartar qualquer possibilidade, testam a performance e analisam quais canais geram mais retorno. Descartar qualquer opção sem os devidos dados pode ser falta de conhecimento de mercado.

O percurso de um usuário para se tornar cliente no B2B costuma ser mais longo e trabalhoso se comparado a outras relações de contato com a marca. Por isso, trabalhar os leads nunca foi tão importante. Entregar conteúdos e se comunicar de maneira assertiva para preparar seu lead para uma compra pode ser uma das grandes sacadas para os relacionamentos com outras empresas.

A partir dessa estratégia é possível criar um tom de confiança, proximidade e segurança com o usuário. Dar abertura para ele se comunicar, fazendo ele se sentir no centro da conversa. É importante também não esquecer o cliente após a venda e continuar a relação ao longo do tempo.

De forma geral, a tendência para o marketing será estratégias baseadas em dados. Com todos os mecanismos online para conhecer melhor os usuários, fica claro que os clientes serão o centro da comunicação e das estratégias. Conhecê-los a fundo será um grande diferencial no momento de fechar negócio. As táticas e estratégias já se tornaram muito mais assertivas, e a tendência não parece diminuir — e sim apenas aumentar.

O principal foco em qualquer estratégia para B2B é trabalhar e nutrir os leads captados. Trazer um conteúdo os envolva e converse com o mercado em que atuam. Assim, é mais fácil de passar credibilidade sob a sua empresa e mostrar para o outro lado que você sabe o que ele precisa. E não esquecer que, após todo o processo de compra, existe a pós-compra, e o relacionamento continua. É sempre mais barato manter seus clientes do que ir atrás de novos.

Você recomendaria esse artigo para um amigo?

Nunca

 

Com certeza

 

Deixe seu comentário

0 comentário

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

  Assine nossa Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Obrigado!

Você está inscrito em nossa Newsletter. Enviaremos, periodicamente, novidades e conteúdos relevantes para o seu negócio.

Não se preocupe, também detestamos spam.