Projeto mantido por:

5 estratégias de controle financeiro para seu negócio crescer

By Ronei Marques Wednesday, 28 de November de 2018   Read time: 6 minutes

Quer ver a sua empresa crescer e conquistar novos mercados? Garantir a sua saúde financeira deve, então, ser a prioridade absoluta da sua gestão. Afinal, só assim será possível assegurar à sua empresa os recursos necessários para que ela cresça de forma sustentável e possa conquistar o sucesso!

A grande questão é: como gestor, você bem sabe que administrar as finanças de uma empresa não é tarefa simples!

O próprio SEBRAE, ao investigar os principais fatores responsáveis pela mortalidade de novas empresas no país, identificou as falhas na gestão de contas como um dos fatores decisivos para o fechamento dessas empresas em um prazo de dois anos após a sua abertura.

Por isso, alcançar o equilíbrio financeiro e a projeção da sua marca no mercado vai demandar que a sua gestão desenvolva e implemente de boas práticas de controle financeiro.

Afinal, a excelência se conquista na prática diária!

Pensando em te ajudar a chegar lá, separamos 5 estratégias simples, práticas e possíveis para o controle financeiro de qualquer empresa. Confira!

1 – Controle as despesas fixas

Por despesas fixas, entendemos que os custos gerados mensalmente são apenas para garantir que a sua empresa possa abrir as portas. Entram nesta lista aluguel do ponto comercial, contas de água, luz, telefone, internet, segurança predial… E, é claro, a sua folha de pagamentos.

Entender e controlar a despesa mínima necessária para a sua operação é um passo essencial. Principalmente quando se fala em alcançar o equilíbrio financeiro da empresa. Esse controle servirá de guia para a elaboração do seu planejamento financeiro. Evitará, por exemplo, dívidas que comprometam o capital mínimo necessário para a sobrevivência do negócio.

2 – Desenvolva um calendário financeiro

Identificar os ciclos financeiros é fundamental para a sua gestão. Toda empresa conta com ciclos (mensais, semestrais, anuais). Neles, é possível identificar um movimento maior de aporte ou saída de capitais. E essa informação é vital para o planejamento de médio e longo prazo.

Um bom exemplo é sazonalidade em vendas no varejo nas festas de fim de ano ou em outras datas comemorativas. Para conseguir melhores resultados em vendas, é preciso se preparar com antecedência!

Identificar igualmente os meses com menor movimento em vendas, e aquelas datas nas quais incidem um maior número de contas a pagar, permite que a sua administração organize o caixa de forma a evitar dívidas.

3 – Invista em planejamento

Como vimos em calendário financeiro e do controle de contas fixas, um planejamento é a atividade que permite à sua empresa se preparar melhor. Não apenas para enfrentar as dificuldades do caminho, mas principalmente para extrair o máximo da cada oportunidade de negócio.

É preciso realizar um estudo de mercado e identificar áreas que possam crescer na sua empresa para atender as demandas dos seus clientes. Certamente é um bom começo para um planejamento de longo prazo.

Estudar as métricas de vendas e produção de anos anteriores é essencial na hora de estabelecer metas de crescimento. O mesmo será valerá à análise das projeções da economia para o seu segmento.

4 – Valorize o seu fluxo de caixa

O fluxo de caixa é a ferramenta que permite acompanhar, na prática, todas as movimentações de capital da sua empresa: vendas realizadas, aquisições junto aos fornecedores, impostos e assim por diante.

Acompanhar diariamente o fluxo de caixa é a melhor maneira de garantir que não haverá perda ou desvio de recursos. Isso também promoverá o monitoramento das atividades da empresa, de forma a garantir a lucratividade do seu negócio.

5 – Controle seus estoques

Muito além de representar uma parte já investida do capital da sua empresa, os seus estoques são determinantes no sucesso da conversão de uma venda. Uma boa gestão de estoques é capaz de identificar com precisão os itens atualmente armazenados. Também identificará os que necessitam de reposição devido à alta demanda e aqueles que vão precisar de um empurrãozinho do setor de marketing para “desempacar” suas prateleiras.

Falhas no controle de estoques normalmente refletem negativamente na percepção do cliente da sua marca. Atrasos na entrega, indisponibilidade de produtos com alta demanda e até erros na cobrança são algumas das falhas mais comuns. Fique atento!

Bônus: invista em automação

Realizar o controle financeiro de uma empresa requer acompanhar uma grande diversidade de informações. Por isso trata-se de uma atividade que dificilmente alcançará excelência se realizada de forma manual.

Planilhas de controle financeiro são um bom começo para não se perder no acompanhamento do fluxo de caixa, nas vendas e movimentações internas de mercadorias. Ainda assim, por depender de um preenchimento manual, o sistema de planilhas está sujeito ao erro humano.

Para crescer de forma consistente, deve-se investir em uma plataforma online que permita reunir e integrar todos os dados do seu negócio em um só lugar. Entra aqui um software de automação de gestão empresarial, mais conhecido como ERP online.

Um ERP online permite manter os registros atualizados e precisos. Isso garante que o seu processo decisório esteja sempre baseado em dados confiáveis. Ao cruzar os dados inseridos no sistema, o ERP vai ajudar a sua empresa a controlar as contas, os estoques e as vendas realizadas com apenas um par de cliques. Além disso, sua gestão passa a contar com recursos como a geração de relatório gerenciais, determinantes para um planejamento mais eficiente.

Você recomendaria esse artigo para um amigo?

Nunca

 

Com certeza

Leave your comment

0 comments

Comments

Your email address will not be published.

Commenting as Anonymous

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

CADASTRE-SE EM NOSSA NEWSLETTER