Contatos inativos: como reativar novamente essa base

por Jasmin Sousa Terça-feira, 03 de dezembro de 2019   Tempo de leitura: 8 minutos

Um e-commerce que utiliza o e-mail marketing como canal de venda, contato e engajamento de clientes precisa considerar algumas atitudes para manter os consumidores interagindo e comprando na sua loja, para não serem inativos. Neste texto, apresentaremos alguns dos principais pontos para manter o canal de e-mail marketing atrativo e rentável para os e-commerces.

Base de inativos

A base de contato de clientes do e-commerce pode ser construída de algumas formas diferentes. As principais são: formulário de captação de e-mail e cadastro ao realizar uma compra.

Nenhuma dessas duas alternativas torna fácil ou rápido conseguir uma grande lista de contatos engajados com os envios e, principalmente, que se mantenham assim e convertam com uma certa frequência.

Pensando nesse esforço para angariar novos contatos para a sua base e pessoas interessadas em sua marca ou produto, vamos exemplificar a estratégia de valorização e reativação dos contatos inativos da sua base.

Lembrando que a maioria das empresas possui até 60% da sua base categorizada como inativos, ou seja, mais da metade do que é captado acaba sendo deixada de lado.

Mas fique atento à diferença de base de inativos e contatos inválidos ou hard bounces. Esses contatos nunca receberão as suas campanhas: podem ter sido escritos de forma incorreta, excluídos ou ser domínios próprios que foram desativados.

Eles devem ser eliminados da sua base antes de qualquer tipo de disparo. A grande questão é: como fazer com que os clientes com contatos válidos não virem inativos?

Você pode criar uma régua de boas-vindas para os contatos a fim de evitar o envio único de e-mail com 10% de desconto e liquidar a interação com esse cliente.

Crie conteúdos sobre o seu segmento além de ofertas. Segmente o que os clientes estão procurando ou em que estão clicando mais no seu site. Em seguida, tente impactá-los com descontos ou conteúdos relacionados a isso para mantê-los ativos.

Mas, se os seus clientes já estão na lista considerada inativa, vamos para os esforços para torná-los ativos de novo! Segmentações bem realizadas e envios por lotes podem reativar aos poucos os clientes, sem necessariamente sujar a sua reputação perante os provedores.

Envie com frequência suas campanhas para bases ativas isso garante que o provedor te conheça e libere mais facilmente a entrega das suas campanhas.

Conforme forem a plataforma e a estrutura de envio das suas campanhas, vale a pena começar a usar os IPs certificados para fazer os envios para os contatos inativos.

Todavia, faça sempre esses envios aos poucos, avaliando como estão sendo as taxas de entrega e a interação nas suas campanhas. Essas taxas serão o termômetro do recebimento das suas campanhas nos provedores e para seus usuários.

Detalhes que aquecem a sua reputação nos provedores

Ao tentar reengajar um contato inativo, uma das regras que auxiliam na entregabilidade nos provedores é a regra 80%/20% 80% texto e 20% imagem.

As imagens demoram mais para serem reconhecidas e baixadas do que o texto. Por isso, em vez de ter várias caixas de imagens indisponíveis barradas pelos provedores, use uma imagem principal que represente a ideia do e-mail e preencha o resto com texto.

Quando o cliente abrir essa campanha, ele já se enquadrará em usuários ativos automaticamente, a reputação junto aos provedores será melhor. Dessa forma, seus próximos disparos poderão ter mais imagens e menos texto.

Seja criativo e abuse de assuntos interessantes

Assuntos criativos nas suas campanhas geram curiosidade e, consequentemente, a abertura do e-mail. É importante ressaltar que, depois da entregabilidade, o assunto das campanhas é superimportante. Ele é responsável por chamar a atenção dos clientes, gerando a abertura e a reativação dos contatos. 

Assuntos inusitados, fora do comum, personalizados com o nome do cliente e emojis têm boa taxa de abertura e geram o interesse dos clientes.

Mas tome cuidado com palavras clichês, como promoção, só hoje, saldo, desconto… Além de pouco atrativas, elas podem fazer com que o e-mail seja barrado pelos provedores como “spamers palavras entendidas comuns de perfis que compram base e enviam spam.

Eles barram pelo fato de atrapalhar na entregabilidade. E em qual caixa de entrada será entregue essa campanha? Entrada, propaganda, lixeira ou spam.

Mesmo quando o assunto aparenta ser apenas um detalhe da campanha, será ele a chave da abertura do envio.

Dica de ouro para bases saudáveis

Os clientes gostam de marcas que oferecem produtos que atendam às suas necessidades e desejos. Além disso, eles devem criar um relacionamento, um vínculo com a marca que os faça permanecer fieis.

Trate o cliente com atenção e estratégia. De nada adianta criar e-mails de conteúdo que não tragam receita para o seu site. E, claro, também não vale se queimar apenas lotando a caixa dele de propagandas.

Portanto, para ativar, reativar ou cuidar da sua base, esteja sempre atento ao equilíbrio de relacionamento e oportunidade.

Você recomendaria esse artigo para um amigo?

Nunca

 

Com certeza

 

Deixe seu comentário

0 comentários

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  Assine nossa Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Obrigado!

Você está inscrito em nossa Newsletter. Enviaremos, periodicamente, novidades e conteúdos relevantes para o seu negócio.

Não se preocupe, também detestamos spam.