Acesso rápido

Consigo trabalhar sem os Correios no e-commerce?

por Thiago Sarraf Terça-feira, 21 de maio de 2019   Tempo de leitura: 5 minutos

A logística é um grande pilar dentro da estrutura do que é um e-commerce. Afinal, sem entregas, o cliente não recebe o produto. Mas com tantos problemas que os Correios às vezes trazem, será que é viável trabalhar sem eles?

Sinceramente, na minha opinião, não é possível. Dentro de uma operação de e-commerce, independente do tamanho dela, a entrega é vital. Porém, dependendo do tamanho do seu comércio eletrônico, existem algumas alternativas.

O pequeno

Para e-commerces de pequeno porte ou que estão iniciando suas atividades, uma vez que o número de pedidos não é alto, é possível trabalhar com ouras formas de entrega mais “caseiras”. Seja entregando os produtos você mesmo ou com a contratação de um motoboy, por exemplo.

Lógico que se a entrega for para outro estado, essa alternativa não funcionaria.

O médio

Já e-commerces de médio porte, os Correios podem ser a melhor opção. Por ainda não ter um número muito alto de pedidos, os contratos com outras transportadoras podem não ser tão atrativos.

Não entraremos no mérito de qualidade de serviço, mas os Correios oferecem uma boa cobertura nacional, acessibilidade e um contrato.

O grande

Para os e-commerces que expedem grandes números de pedidos por dia existem outras oportunidades. Dependendo do número de pedidos por dia, é possível fazer contratos bem vantajosos e, assim, trabalhar sem os Correios.

Já vi empresas trabalhando com várias transportadoras diferentes, pois uma oferecia condições melhores para determinada região e assim por diante. Porém, nesses casos é preciso sentar e fazer as contas.

Será que vale a pena mesmo trabalhar com tantas operadoras assim?  Até porque, centralizando uma quantidade de pedidos em um fornecedor, ganha-se vantagem competitiva.

Correios valem a pena?

Como absorver as mudanças no preço do frete?

Para aqueles que trabalham com o frete grátis, não é possível absorver essa mudança. O frete muito alto pode ser motivo de desistência de compra e repassar esse valor integralmente para o cliente também não é recomendado.

A sua empresa não pode arcar com os custos se não o lucro não rende. O objetivo aqui não é a caridade.

O correio oferece faixas de tabelas e preços. Conforme você aumenta o volume transacionado, ele passa a oferecer condições melhores para o transporte. Ou seja, é preciso voltar para a etapa de planejamento para avaliar o que é mais vantajoso.

Vantagens ou não?

1) País continental

Devido às proporções de nosso País, é preciso analisar propostas de transportadoras, pois dificilmente uma delas conseguirá cobrir o país inteiro.

2) Seguro

A transportadora oferece seguro? Dependendo do ramo da sua loja, pode ser que as transportadoras recusem o transporte. Joias, por exemplo, muitas transportadoras preferem se abster desse ramo, pois o seguro em caso de furto ou extravio seria prejudicial.

Já os Correios, transportam esse tipo de produto e ainda existe a possibilidade de fazer seguro.

3) Coleta

A transportadora cobra a coleta dos produtos e, se a quantidade for pequena, pode ser que saia caro.  Os Correios têm a vantagem que possuem agências em diversos lugares, seu alcance cobre o País todo e quem entrega o produto nas agências é você mesmo.

Por isso é preciso avaliar item a item de cada proposta. Significa sentar e fazer as contas, colocar todos os prós e contras na mesa para obter a melhor solução para sua empresa.

Conclusão

O objetivo não é enaltecer nenhum dos lados, mas sim mostrar que os Correios não são um bicho de sete cabeças e que não existe a necessidade de focar tanto em conseguir uma transportadora, pois as condições dos Correios podem atender melhor o que você procura. Basta procurar e negociar.

O meu objetivo é fazer você pensar e voltar ao planejamento para que resolva esse problema e investir no seu negócio. Além de ter consciência que em um primeiro momento, dificilmente os Correios não serão uma opção, porém, todo o mercado sobre com mudanças.

Você recomendaria esse artigo para um amigo?

Nunca

 

Com certeza

 

Deixe seu comentário

0 comentário

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

  Assine nossa Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Obrigado!

Você está inscrito em nossa Newsletter. Enviaremos, periodicamente, novidades e conteúdos relevantes para o seu negócio.

Não se preocupe, também detestamos spam.