Acesso rápido

Conheça alguns passos para otimizar o seu e-commerce

por Thiago Urgel Quinta-feira, 16 de maio de 2019   Tempo de leitura: 5 minutos

O e-commerce hoje em dia é o principal canal de compras para várias pessoas. Estima-se que a cada 10 pessoas, 8 costumam fazer compras online. Portanto, o mundo do e-commerce se tornou algo muito popular e a concorrência atualmente é enorme. Neste artigo, listarei 5 dicas para otimizar o seu e-commerce e sair na frente, inclusive na pesquisa do Google.

1 – Escolha bem suas palavras-chave

Seu site vende o que? Faça uma lista de todo o estoque e adicione em uma planilha do Excel. Em seguida, procure por palavras-chave que são associadas aos seus produtos.

Busque também adicionar muitas palavras-chave de cauda longa, que nada mais são do que palavras específicas sobre o produto (ex: camisa social branca com gola).

Pessoas que procuram por essas palavras-chave já estão decididas do produto que querem. Logo, converter seu acesso em uma venda será mais fácil de quem ainda está na dúvida.

Sempre monitore seus concorrentes para saber quais palavras estão ranqueando melhor do que as do seu e-commerce. Veja como eles usam essas palavras e faça melhor. O Google vai perceber isso e com o tempo você irá ultrapassá-lo nas pesquisas.

2 – Títulos e meta descrições atraentes

Otimize todas suas páginas, sempre deixando o título abaixo de 60 caracteres e a descrição inferior a 160 caracteres. Dessa maneira o Google não “engole” as palavras ao fim do texto e mantém a informação completa para o usuário entender.

Crie títulos atraentes. Se algo está na promoção ou no fim do estoque, adicione ao título ou descrição. Você deve despertar no usuário a vontade de clicar e não perder essa chance.

3 – Breadcrumbs

Muitos não sabem, mas breadcrumbs traduzido ao pé da letra significa “migalhas de pão”. Tal dominação remete à história de João e Maria, que deixavam migalhas de pão para na se perderem no caminho.

No seu site não é diferente. E nesse caso, o “caminho” são as várias categorias que ele possui — João e Maria são os usuários andando por elas. Arrume e otimize as categorias da melhor forma que puder. Facilite a navegação do usuário para ele achar facilmente os produtos, sem se perder no seu site.

Breadcrumbs também incluem a criação de tags, etiquetas que você coloca em produtos. Se um produto possui “ligação” a outro, utilize a mesma tag (de maneira que o usuário a entenda). Assim ele pode acabar comprando não só o produto que estava procurando, mas outros relacionados a ele.

Faça ligações cruzadas. Coloque links de produtos parecidos dentro de páginas relacionadas, assim você facilita a navegação do usuário e otimiza o tempo dele.

4 – Estrutura das páginas

No caso de um e-commerce isso é praticamente obrigatório. A estrutura deve ser organizada (utilizando de breadcrumbs, como dito no tópico anterior), sempre deixando a página inicial e o produto final com, no máximo, 4 páginas de distância. Um exemplo seria: Página Inicial > Eletrodomésticos > Cozinha > Microondas.

Pronto, 4 páginas de distância entre o produto e a Home Page. Mais do que isso dificulta a usabilidade do usuário, que deve sempre ser pensado em primeiro lugar — você desenvolveu o e-commerce para ele.

5 – Comunicação

Uma comunicação eficaz, rápida e direta com o usuário pode até fazer com que você venda mais. Um serviço mais personalizado, que atende e resolve as questões do cliente, pode garantir uma boa venda e um cliente bastante satisfeito.

Tenha sempre um Chat no seu e-commerce para o consumidor, seja para falar com você ou algum funcionário. Clientes que não conseguem resolver seus problemas saem do site e compram na concorrência. E isso é um FATO.

Portanto, atenda seu cliente personalizadamente, sempre que ele precisar. Adicione também seus dados para contato, como um número de telefone e o endereço da sede, caso houver.

6 – Tenha um Blog

Criar um Blog e atrair seus clientes para ele irá melhorar o ranqueamento de suas palavras-chave. E, claro, proporcionará mais credibilidade do seu e-commerce dentro do seu nicho.

Informação hoje em dia é essencial para tudo que fazemos. Quanto mais dados uma empresa fornece, mais confiável ela se torna. E no e-commerce ocorre exatamente o mesmo.

Crie um blog para sua loja virtual e escreva periodicamente — de início, 1 vez por semana está ótimo. Lembrando que os assuntos devem ser interessantes e relevantes para o seu público-alvo. Compartilhe também nas redes sociais, sempre mantendo contato próximo ao seu seguidor.

Com o tempo você conquistará ótima credibilidade, com chances de se tornar referência no setor — e, claro, gerando um número de vendas cada vez maior.

E não acaba por aí! Ao criar conteúdo constante, você gera mais backlinks para o seu site. Ou seja, consegue ranquear seu e-commerce nas páginas de busca do Google.

Essas são as dicas mais importantes para todos aqueles que querem crescer no ramo do e-commerce, ganhar mais clientes e otimizar o site para o Google.

Você recomendaria esse artigo para um amigo?

Nunca

 

Com certeza

 

Deixe seu comentário

0 comentário

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

  Assine nossa Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Obrigado!

Você está inscrito em nossa Newsletter. Enviaremos, periodicamente, novidades e conteúdos relevantes para o seu negócio.

Não se preocupe, também detestamos spam.