Projeto mantido por:

Concorrência mais acirrada exige atenção com o checkout

por Gustavo Chapchap Quinta-feira, 27 de janeiro de 2022   Tempo de leitura: 10 minutos

O crescimento do e-commerce nos últimos anos é uma ótima notícia, porém, também representa desafios adicionais para as empresas.

Afinal, além de mais opções à disposição dos consumidores, é preciso considerar ainda o fato de termos um público cada dia mais exigente, já que tem aumentado o seu volume de compras online.

Sob essa perspectiva, é essencial que os gestores analisem fatores que possam se transformar em diferenciais competitivos para o seu negócio.

Parece simples, mas no dia a dia, na correria para fechar as contas, nem sempre as empresas se dão conta de que hoje é preciso manter esse olhar mais atento para todos os aspectos da operação.

Pensando especificamente no caso do varejo e na importância de valorizar a experiência do cliente, o checkout é um dos processos que merecem atenção.

Não apenas porque envolve um dos momentos decisivos da compra, mas porque pode prejudicar bastante não apenas a performance da loja, como a imagem que o consumidor tem sobre ela.

Este é o foco do nosso artigo hoje: o que precisa ser feito para transformar o checkout num diferencial competitivo do seu negócio. Confira!

O que o consumidor espera na hora do checkout?

Para entendermos melhor as preferências atuais do cliente, é importante considerar as mudanças que têm ocorrido no seu comportamento.

O primeiro aspecto a ser destacado, neste caso, é a relevância conquistada pelo mobile commerce.

Além de estar presente no dia a dia das pessoas, os dispositivos móveis tornaram-se, efetivamente, prioridade na hora da pesquisa e do fechamento das compras online.

É impensável, então, que as lojas não estejam preparadas para oferecer a melhor experiência possível nesses dispositivos.

Em outras palavras, o conceito de mobile first não é mais opcional no momento de escolher o sistema de vendas que será adotado.

Aprimorar a experiência nos dispositivos móveis significa considerar a necessidade de simplificar ao máximo a navegação.

Além das dicas básicas relacionadas à rapidez no carregamento das páginas, é importante garantir que o cliente não perca tempo com longos cadastros.

Iniciativas simples resolvem esta questão, como o uso do login social. No caso do Brasil, a adesão às redes social apresenta um índice altíssimo, então, o cliente deve ter a opção de usar os dados já cadastrados em outras plataformas.

Não exija mais do que o necessário!

Revisar, de forma contínua, os formulários de cadastro dos clientes é um dos pontos chave para o sucesso das operações.

Obter informações sobre os clientes é importante para qualquer negócio, mas a empresa pode fazer isso num outro momento, usando, por exemplo, uma pesquisa de satisfação.

No checkout, então, a prioridade é facilitar o processo, otimizando o cadastro, atendo-se aos dados pessoais e às informações da entrega.

Na mesma linha, pensando no aprimoramento da experiência do cliente, é importante que a finalização da compra seja transparente.

Na prática, isso significa que o cliente deve ter, durante todo o processo, as informações sobre valores, prazo de entrega etc.

Pela experiência com nossos clientes, constamos que garantir mais agilidade tem impacto direto nos índices de conversão da loja e, principalmente, redução significativa nos índices de abandono de carrinho.

Outro aspecto importante, até pelo fato de termos muitos novos usuários no e-commerce, é ter um sistema que oriente o cliente no preenchimento dos dados com cartão de crédito.

O auxílio visual é uma solução simples, mas que funciona, uma vez que o cliente se sente mais seguro.

Checkout transparente

Em busca de melhoria na hora do fechamento das compras, o checkout transparente tem se apresentado como uma das soluções.

Neste caso, o cliente não é transferido para outra página na hora de fazer o pagamento, permanecendo na própria loja.

Isso é possível em razão da integração entre os sistemas e daí o uso do termo “transparente”: não há mudança no front-end do site, apesar do direcionamento no back-end.

Checkout sem senha

Para viabilizar essa opção, um dos recursos é a adoção do login social que, como citamos acima, permite que o cliente faça o seu cadastro a partir das informações cadastradas nas redes sociais.

Como transformar o checkout em diferencial competitivo?

Tornar o checkout um diferencial competitivo para o negócio significa, em última instância, dar mais atenção à experiência do cliente.

A ideia é simples, mas nem sempre os gestores colocam realmente o cliente em primeiro lugar.

É o que acontece, por exemplo, quando se insiste no emprego de um sistema de vendas que não atende às demandas atuais dos consumidores.

Por outro lado, quando se enxerga a relevância de aprimorar todos os aspectos da jornada de compra, a empresa consegue elevar seus resultados.

No caso específico do checkout, temos acompanhado de perto, por exemplo, o que acontece com as taxas de abandono de carrinho.

Infelizmente, os números do e-commerce ainda são bem altos neste quesito, na faixa dos 70%.

Entre as razões que causam as desistências, figuram vários fatores, mas muitos estão relacionados justamente com problemas no checkout, como necessidade de criação de conta, dúvidas sobre a compra ou mesmo falta de segurança na hora do pagamento.

Por isso, quem consegue aprimorar o checkout geralmente apresenta não apenas mais conversões, como melhores resultados no nível de satisfação dos clientes.

Medidas simples que funcionam:

  • Adotar formulários objetivos e intuitivos, focando apenas nas informações que realmente são necessárias para concluir o pedido.
  • Permitir o Login social, que agiliza o preenchimento dos dados do cliente.
  • Facilitar o preenchimento dos dados bancários, por meio do uso de imagens ilustrativas.
  • Identificação do cliente já conhecido, o que não apenas reduz o abandono de carrinho, como estimula a fidelização à marca.
  • Oferta de ambiente responsivo que, como citamos, deixou de ser opcional, na medida em que o consumidor hoje passa a maior parte do seu tempo conectado via celular.
  • Mostrar o resumo do pedido durante a jornada de compra, o que ajuda a solucionar as eventuais dúvidas e, assim, garantir mais segurança ao cliente.
  • Graças ao crescimento do e-commerce, a tendência é que as empresas encontrem um ambiente de disputa cada vez mais acirrado.

    Se num primeiro momento a preocupação era colocar o sistema de vendas no ar, agora entramos numa outra fase: investir no aprimoramento das estratégias, de forma a diferenciar as marcas da concorrência.

    Neste sentido, nada melhor do que valorizar a experiência do cliente e não temos dúvidas de que ter um checkout otimizado é crucial para o sucesso dessa estratégia.

    Gostou desse artigo? Não esqueça de avaliá-lo!
    Quer fazer parte do time de articulistas do portal, tem alguma sugestão ou crítica?
    Envie um e-mail para redacao@ecommercebrasil.com.br

    Você recomendaria esse artigo para um amigo?

    Nunca

     

    Com certeza

    Deixe seu comentário

    0 comentários

    Comentários

    O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Comentando como Anônimo

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

    CADASTRE-SE EM NOSSA NEWSLETTER