Acesso rápido

Como se prevenir do roubo de cargas

por Flavio Salzano Quinta-feira, 12 de outubro de 2017   Tempo de leitura: 3 minutos

Todos os dias, nos deparamos com a triste realidade da violência no Brasil. E nas estradas brasileiras a situação não é diferente. Furtos e roubos de cargas geram prejuízos milionários para empresas.

Na contra mão, as empresas tentam investir em tecnologia para diminuir esses índices – onde muitas vezes não traz o resultado esperado.

Para ajudar você a entender mais sobre como se prevenir,  separei algumas medidas que podem ser adotadas para se proteger do roubo de cargas. Veja quais são:

1# Evite viagens à noite

Viagens à noite tendem a ser mais perigosas. Baixa iluminação, número menor de veículos nas estradas são alguns pontos que aumentam os roubos e furtos de cargas.

Priorize fazer viagens durante o dia, onde o fluxo de carros são maiores e o efetivo da polícia rodoviária também.

2# Detalhe o percurso

Outro momento importante são as paradas dos caminhões. Nesse momento, quadrilhas se organizam para assaltar. Por isso, investigue estacionamentos, postos de gasolina e restaurantes. Conheça bem esses lugares e busque informações sobre esses pontos.

Nessa hora, fazer um bom planejamento de rota é essencial, assim, o motorista trafega em lugares conhecidos. Busque saber se esses lugares são realmente seguros e se existe assaltos recorrentes.

3# Mantenha-se em contato com o motorista

Muitas cargas têm valores altos e, caso sejam roubadas, podem prejudicar a saúde financeira da sua empresa. Por mais que existam seguros, se manter em contato direto com o motorista também é uma forma de prevenir.

Muitos casos, se o motorista achar alguma situação suspeita, ele poderá entrar em contato com outras pessoas, assim, será possível entrar em contato com a Polícia Rodoviária Federal evitando que essa carga seja roubada.

4# Treine seus funcionários

Pode parecer básico, mas muitas empresas falham nesse aspecto. Não sou apenas o motorista, mas todos os demais funcionários envolvidos nos transportes precisam ser orientados para questões de riscos.

Veja alguns pontos básicos que precisam ser respondidos:

– Como se comunicar com a polícia rodoviária federal em caso de
urgência ou suspeita?
– Como identificar falsas blitz nas estradas?
– Como identificar áreas críticas?

Artigo publicado com autorização do autor. Original aqui.

Você recomendaria esse artigo para um amigo?

Nunca

 

Com certeza

 

Deixe seu comentário

0 comentário

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

  Assine nossa Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Obrigado!

Você está inscrito em nossa Newsletter. Enviaremos, periodicamente, novidades e conteúdos relevantes para o seu negócio.

Não se preocupe, também detestamos spam.