Como pequenas e médias empresas podem acelerar o crescimento no digital?

por Jéssica Marinho Quinta-feira, 25 de fevereiro de 2021   Tempo de leitura: 3 minutos

De fato, as pequenas e médias empresas precisam estar presentes no ambiente digital. Afinal, já passamos da época onde apenas as grandes empresas faziam sucesso na internet.

Hoje, é imprescindível que absolutamente todas as empresas trabalhem sua presença digital.

Entretanto, engana-se quem pensa que presença digital consiste em ter um site e uma fã page.

Confira como pequenas e médias empresas podem acelerar seu crescimento no meio digital.

Vender online

É essencial que as empresas tenham aptidão para vender online.

Seja para vender produtos ou serviços, a internet é um meio de facilitar a comunicação e aproximar a empresa do cliente. Mesmo que a venda não seja concluída de forma online (no caso de alguns serviços).

Como vender online?

Há diversas maneiras de vender online. Com mais ou menos investimento, é possível começar com um baixo investimento.

Confira as possibilidades das PME acelerarem seu crescimento no meio digital.

Redes sociais

Absolutamente tudo pode ser vendido através das redes sociais: produtos físicos, produtos digitais, serviços presenciais, serviços online e muito mais. Desde um simples abridor de garrafas, até um curso de inglês de dois anos.

O importante, em qualquer caso, é criar um perfil profissional nas mídias sociais e aproveitar todos os recursos oferecidos por elas.

As principais redes sociais a serem consideradas, são: Instagram, WhatsApp e Facebook. Entretanto, a empresa deve estudar e identificar onde seu cliente está. Uma empresa B2B, por exemplo, pode encontrar seu cliente ideal no LinkedIn.

Por outro lado, há mais pontos importantes: o planejamento de comunicação e atendimento ao cliente.

O planejamento serve para traçar um caminho de como, onde, quando, o que e de que forma comunicar ao cliente. Não basta realizar postagens. É essencial que se tratem de conteúdos de qualidade, que despertem o interesse no público-alvo e que levem, de alguma forma, ao contato.

Neste ponto, chegamos ao atendimento. Se a comunicação for assertiva, o contato irá acontecer e o atendimento não pode deixar a desejar. Por isso, garanta que o atendente conheça o produto/serviço que está sendo vendido, tenha empatia e seja atencioso com o cliente.

Lembre-se: a venda não precisa se concretizar no mesmo dia. Porém, um bom atendimento, sem dúvida, traz o cliente de volta.

Loja virtuais

Esse é o ponto de virada para qualquer vendedor.

Ter sua própria loja virtual abre muitas portas para pequenas e médias empresas. Uma vez que, uma loja virtual fica aberta e realizando vendas sozinha durante 24h por dia. Além disso, o alcance de vendas é muito mais significativo.

De fato, é importante contratar uma boa plataforma de e-commerce, de preferência com bons recursos práticos, integrações nativas com marketplaces (que impulsionarão ainda mais as vendas) e gestão completa para o negócio. Além, é claro, de garantir um excelente custo-benefício.

Com uma loja virtual, também será possível expandir sua presença digital. Uma vez que, o alcance dos canais de venda será muito maior e, consequentemente, aumentar as vendas.

De certa forma, é um ciclo. Quanto maior a presença digital do negócio, mais vendas. Quanto mais vendas, melhor a reputação da empresa e maior a presença digital.

Gostou desse artigo? Não esqueça de avaliá-lo!
Quer fazer parte do time de articulistas do portal, tem alguma sugestão ou crítica?
Envie um e-mail para redacao@ecommercebrasil.com.br

Você recomendaria esse artigo para um amigo?

Nunca

 

Com certeza

Deixe seu comentário

0 comentários

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

CADASTRE-SE EM NOSSA NEWSLETTER