Como o e-commerce pode transformar o seu negócio?

por Josele Delazeri de Oliveira Segunda-feira, 18 de janeiro de 2021   Tempo de leitura: 4 minutos

Em termos simples, e-commerce refere-se à compra e venda de bens e/ou serviços por meio de canais eletrônicos, como a internet.

O comércio eletrônico funciona por meio de uma série de etapas que utilizam o código do site, um banco de dados e aplicativos de terceiros, como um processo de pagamento ou gateway de pagamento.

Você, sem dúvida, já encontrou o comércio eletrônico ao fazer compras online. Mas, como pode usá-lo para expandir seu próprio negócio?

Digamos que você possui um site com uma loja virtual negligenciada. Ou, talvez, uma loja física como única maneira de alcançar os seus clientes. Se chegou a hora de criar um e-commerce do zero, esse é o momento!

A seguir, darei algumas dicas para transformar você e a sua equipe em mestres do comércio eletrônico — e, finalmente, abrir seus produtos para um público digital que precisa deles mais do que nunca.

Na economia da quarentena há inúmeros benefícios em configurar seu negócio de varejo. Afinal, há diversos clientes aproveitando o memento para comprar a maioria de seus produtos.

A mudança repentina nas estratégias de comércio eletrônico devido à Covid-19 mudou a maneira como os varejistas pensam. Estratégias para implementar a compra online/retirada na loja dominam a conversa.

Comprar pela Internet deixou de ser apenas uma característica comportamental e passou a ser uma urgência.

Esse movimento já era significativamente forte nos últimos anos. Entretanto, a pandemia acelerou a migração de grupos que antes não compravam produtos online e agora sentem essa necessidade de se adaptar.

Ressalto que esses novos hábitos de consumo já foram estabelecidos, e devem continuar mesmo após a quarentena.

O e-commerce tende a ter custos muito mais baixos do que as configurações tradicionais. Por isso, adicionar um componente online ao seu negócio existente não precisa ser um investimento de alto risco — de fato, na maioria dos casos, seria uma escolha recomendada.

Para sobreviver no ambiente altamente volátil de hoje, varejistas e profissionais de marketing devem aproveitar tecnologias que reduzam o tempo de colocação no mercado. O mesmo vale em relação à criação de conteúdo envolvente que leve os clientes a comprar online.

Em um momento de espírito de comunidade crescente, você pode promover ofertas especiais para residentes locais, que podem ajudá-lo a atrair novos clientes.

Também pode começar um blog ou boletim informativo por e-mail destacando os esforços e iniciativas de alcance local da sua empresa. Aproveite essa oportunidade para promover outras empresas locais e levantar a bandeira do “estamos todos juntos”.

A Internet é o melhor lugar para encontrar informações, aprender com os colegas e gerenciar recursos de forma eficaz para formular um plano perfeito para uma determinada empresa e seu proprietário.

Em primeiro lugar, todos os pequenos empreendedores precisam de um plano bem elaborado.

A metodologia BOPI (Base do Negócio, Oferta, Público-alvo e Impulsão) é uma ótima metodologia para você conhecer antes de iniciar as vendas online.

Separei três estratégias que se concentram em fornecer excelentes experiências ao cliente — neste caso, para fortalecer a fidelidade do cliente no e-commerce de varejo.

1 – Melhore as experiências do cliente com personalização

Personalização tem tudo a ver com a criação de experiências de compra online contextuais e de alta qualidade para seus clientes.

Existem muitos exemplos de empresas tradicionais que não conseguiram estabelecer uma forte presença online.

Sua falha em se adaptar a novas formas de interagir com os clientes e incorporar tecnologia que ajuda a personalizar a interação do cliente levou ao seu desaparecimento, entre outros motivos.

2 – Acelerando um Processo de Remessa

Encomende de manhã e receba dentro de algumas horas?

A entrega no mesmo dia ou no dia seguinte, conforme introduzida por gurus do comércio eletrônico —como Amazon ou ASOS —, é algo não apenas apreciado, mas esperado por muitos consumidores atualmente.

3 – Atrair e recompensar clientes

Um portal de comércio eletrônico também é uma maneira fantástica de aproveitar promoções que você pode usar para atrair e recompensar clientes e continuar a incentivá-los a fazer negócios com você.

Gostou desse artigo? Não esqueça de avaliá-lo!
Quer fazer parte do time de articulistas do portal, tem alguma sugestão ou crítica?
Envie um e-mail para redacao@ecommercebrasil.com.br

Você recomendaria esse artigo para um amigo?

Nunca

 

Com certeza

Deixe seu comentário

0 comentários

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  Assine nossa Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Obrigado!

Você está inscrito em nossa Newsletter. Enviaremos, periodicamente, novidades e conteúdos relevantes para o seu negócio.

Não se preocupe, também detestamos spam.