Como ganhar competitividade por meio do e-commerce

por Felipe Schmidt Sexta-feira, 27 de novembro de 2020   Tempo de leitura: 4 minutos

Nos últimos meses a maioria das empresas se deparou com grandes problemas: a crise, as portas fechadas, estoques cheios e a brusca queda de faturamento. Anterior à crise, uma parcela modesta destas empresas já havia dado os primeiros passos na venda online de seus produtos. Porém, uma esmagadora maioria de micro e pequenas empresas não estava sequer familiarizada com o modelo — muito menos com a usabilidade das plataformas de e-commerce disponíveis no mercado.

O que vimos a partir daí foi uma corrida pela adaptação. Ou posso dizer pela sobrevivência? O que está em jogo para estes pequenos negócios não é simplesmente mais um canal de venda, e sim sobreviver. Isso quer dizer que a adaptação ao “novo normal” passou a ser questão de vida ou falência.

Mas, como ser competitivo neste novo cenário onde grandes empresas levam a maioria dos consumidores para seus sites e apresentam milhares de produtos e estoques sempre cheios? A resposta pode estar na estratégia adotada.

Entrando no e-commerce de forma estratégica

Logo abaixo da acirrada briga das grandes plataformas de e-commerce, existem soluções integradas que podem ser mais fáceis e acessíveis às micro e pequenas empresas. Estou falando de soluções que nasceram como plataformas de gestão e que aprimoraram seu produto oferecendo uma solução de loja virtual própria. Isso quer dizer que o pequeno empreendedor pode procurar no mercado soluções acessíveis de sistemas de gestão, com uma plataforma de e-commerce integrada, ou mesmo nativa.

A grande vantagem neste cenário é contar exatamente com a facilidade destes sistemas de gestão. Afinal, já atendem empresas de pequeno e médio porte e, portanto, já conhecem as dores dos pequenos negócios. Muitas destas soluções já estão ajudando clientes a venderem online dentro de suas plataformas.

Integração, agilidade e facilidade viraram sinônimo de competitividade

Ao contar com plataformas de gestão que oferecem e-commerce, o micro e pequeno empresário passam a não se preocupar em gerir diferentes plataformas para vender seus produtos ao mesmo tempo que cuidam das outras áreas do seu negócio. É um diferencial que na maioria das vezes traz produtividade e agilidade para as empresas. Existem diversas soluções no mercado que possibilitam à empresa reunir todas as ferramentas em um só lugar. Ao adotar uma ferramenta totalmente integrada, o empreendedor compreende melhor os rumos do seu negócio. Ele cuida do estoque, das finanças e dos clientes sem precisar mudar de solução. Outro ponto é o custo-benefício, tão importante para pequenas empresas.

Soluções integradas e prontas para o uso, normalmente, possuem preços e condições muito mais acessíveis do que as grandes plataformas especializadas em uma só vertical. Vemos aí também uma possível redução de custos com a adoção de uma só ferramenta para essa gestão no novo normal.

Posso citar outros aspectos desta estratégia, que muitas vezes passam despercebidos pelo empreendedor. Há a não-necessidade de estrutura de servidores, contratação de programadores ou designers, por exemplo. Afinal, a maioria dos sistemas de gestão que oferecem e-commerce já determina um layout condizente com a proposta de venda online. Há ainda a isenção de implantação da loja, que demanda tempo e profissionais em torno da solução.

As ferramentas integradas de gestão empresarial estão se direcionando cada vez mais para oferecer soluções próprias de e-commerce para as micro e pequenas empresas. Dão visibilidade até para aquela pequena loja de relógios, ou aquela loja de produtos naturais (ou Delivery) que abriu suas portas nos últimos meses. Esse processo e esse canal de venda garante o diferencial competitivo para todas as pequenas empresas que estão se recuperando e levantando suas portas novamente no final do ano — e esperando para entrar no próximo ano com saúde financeira e faturamento recuperado.

Gostou desse artigo? Não esqueça de avaliá-lo!
Quer fazer parte do time de articulistas do portal, tem alguma sugestão ou crítica?
Envie um e-mail para redacao@ecommercebrasil.com.br

Você recomendaria esse artigo para um amigo?

Nunca

 

Com certeza

Deixe seu comentário

1 comentário

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

CADASTRE-SE EM NOSSA NEWSLETTER