Acesso rápido

Como divulgar seu e-commerce de maneira eficiente

por Dayana Paro Quarta-feira, 02 de janeiro de 2019   Tempo de leitura: 7 minutos

O compromisso de gerir um site vai além de criá-lo e mantê-lo atualizado. Para aumentar as vendas e atrair novos clientes constantemente, também é necessário trabalhar na divulgação do e-commerce. Se considerarmos custo com publicidade e mídia paga, isso pode chegar a ser um problema caso a verba não seja proporcional à necessidade de exposição do negócio.

A boa notícia é que existem recursos que ajudam a divulgar os produtos e o próprio site de maneira eficaz, gastando pouco ou até mesmo gratuitamente. E o momento de começar é o quanto antes. Mesmo que você julgue que o projeto do seu e-commerce não esteja como o ideal imaginado. Aliás, esperar pelo site perfeito pode atrapalhar e até trazer prejuízo, uma vez que melhorias constantes são necessárias.

Felizmente, existem algumas dicas para ajudar quem está começando ou até mesmo já possui uma loja virtual em andamento, mas precisa fortalecer o processo de divulgação.

São elas:

1. Produzir conteúdo relevante

Pessoas que já tiveram experiências ruins em alguma loja virtual costumam desconfiar de marcas novas e pouco conhecidas. Uma maneira para conquistar a confiança dos consumidores e, ao mesmo tempo, ganhar indicações, é investir em marketing de conteúdo e trocar links com outros sites que possuam um público-alvo semelhante.

Isso pode ser feito através da produção de conteúdo original para blogs da mesma área, o que pode trazer novos visitantes e ajudar na divulgação da sua loja virtual. Esse recurso faz parte da técnica de link building e pode render muitos cliques e potenciais clientes para o seu e-commerce se executado de maneira correta.

No entanto, antes de iniciar contato com outros blogs ou sites, é importante conferir se eles possuem qualidade e autoridade em seu campo de atuação. Uma ferramenta que oferece uma resposta técnica a essa pergunta é o Explorador do Moz. Ela é capaz de fazer uma rápida análise da autoridade do domínio de um site e que pode servir como um meio inicial de seleção de um parceiro para link building.

2. Utilize as redes sociais

Redes sociais como o Facebook e Instagram ajudam a alcançar novos públicos. Isso pois que estão cheias de perfis, interesses e faixas etárias variadas. Uma vantagem é que não necessariamente você precisa investir quantias em dinheiro para isso. Basta se utilizar do tráfego orgânico, ou seja, fazer publicações não-pagas.

Ainda, se houver verba para investimento, é possível trabalhar com um orçamento limitado para um anúncio ou publicação específica. O importante é saber em qual mídia social o público do seu e-commerce se concentra e qual a maneira correta de se comunicar com ele.

3. Cadastro dos serviços em marketplaces

O marketplace é um modelo de negócio que reúne várias lojas em apenas um lugar. Podemos citar a Amazon, Mercado Livre ou Elo7. Eles são boas opções para quem quer aumentar a exposição do seu e-commerce na internet, pois concentram milhares de produtos em um mesmo portal, que geralmente possui muitos acessos.

Faça uma pesquisa e selecione as opções que mais se assemelham ao perfil da sua loja virtual e possuem as taxas de serviço mais atrativas. Seguindo a mesma lógica, você pode ainda participar de outros portais como sites de compras coletivas e cupons de descontos para fazer sua empresa ser encontrada com mais facilidade.

4. Google Meu Negócio

O Google Meu Negócio fornece informações importantes sobre uma empresa — como endereço, horário de atendimento e telefone — nos resultados de busca do Google ou Google Maps. Se você possui um negócio local além da loja virtual, faça um cadastro da sua empresa de forma gratuita na plataforma e adicione informações claras e precisas, além de imagens.

O interessante é que sua empresa pode receber avaliações de clientes. Esse é um importante recurso para reforçar a reputação do seu negócio.

Assim como o Google Meu Negócio, o Bing e o Yahoo, outras ferramentas de busca, também oferecem seus produtos, como o Bing Places for Business e o Yahoo Small Business. Vale cadastrar a sua empresa a fim de expandir o alcance de pesquisa orgânica para estes mecanismos, também.

Conclusão

Verifique quais das alternativas acima faz sentido para o seu e-commerce e comece a testá-las. Não adianta esperar que visitantes e clientes cheguem até sua loja sem nenhum esforço de divulgação. A concorrência no ambiente digital é cada vez maior.

A boa notícia é que é possível apostar em estratégias que não custam caro e, a médio e longo prazo, podem trazer resultados consistentes e duradouros. E lembre-se que não existe uma regra: o que funciona para um nicho de negócio, pode não funcionar para outro. Por isso, é importante planejar as ações e conhecer cada vez mais o público que se deseja atingir.

Você recomendaria esse artigo para um amigo?

Nunca

 

Com certeza

 

Deixe seu comentário

0 comentário

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  Assine nossa Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Obrigado!

Você está inscrito em nossa Newsletter. Enviaremos, periodicamente, novidades e conteúdos relevantes para o seu negócio.

Não se preocupe, também detestamos spam.