Como diminuir o abandono de carrinho no seu e-commerce

por Thiago Sarraf Terça-feira, 11 de junho de 2019   Tempo de leitura: 6 minutos

O abandono de carrinho é algo frequente e relevante quando falamos em e-commerce. Seja pela facilidade e praticidade das compras online. Seja porque ninguém te olhará estranho ou julgar se você simplesmente deixar o carrinho abandonado no caixa. Em meios de comparação, a cada 4 carrinhos, 3 são abandonados.

O abandono de carrinho representa um grande abismo nas potenciais conversões. Cerca de 65% dos abandonos deixam um buraco de quase 98% nas conversões. Pesquisas da Forrester sugerem que abandonos de carrinhos gerem perdas anuais de 18 trilhões de dólares.

Apenas 2% dos clientes compram algo em sua primeira visita ao e-commerce. Demora uma média de 5 contatos até que o consumidor, de fato, realize uma compra. Alguns estudos apontam que mais da metade dos visitantes abandonam seus carrinhos para poderem continuar a compra depois.

Porém, no dia de um consumidor podem acontecer diversos fatores que atrapalham e influenciam em adiar essa compra que foi deixada no carrinho. Seja o esquecimento, seja um dinheiro inesperado que teve de ser gasto.

Ao invés de olhar para as vendas perdidas provenientes do abandono de carrinho, você deve começar a observar e avaliar as métricas para eventuais intenções de compra.

Por que carrinhos são abandonados?

Para entender a razão pelo abandono de carrinho, deve-se entender a jornada que o consumidor fez até chegar à tela de checkout.

A maioria dos abandonos se deve ao valor do frete

Analisando a jornada de navegação do consumidor em sua loja e entender que a compra não foi concluída devido ao preço do frete, é um incentivo para você rever suas opções de transporte e, talvez, tentar negociar com os correios ou transportadoras.

Porém, é preciso ter cuidado. Lembre-se que se não é o cliente, alguém tem que pagar pelo frete do produto. E geralmente esse alguém é você.

É uma estratégia legal oferecer frete grátis. Mas lembre-se de se atentar aos custos e que você precisa lucrar. Afinal, seu objetivo aqui não é a caridade.

Longos processos de checkout

Telas de checkout que são muito complexas ou pedem informações demais aos clientes: sim, a tendência é a perder as vendas por conta disso. O consumidor deseja agilidade e facilidade na hora da compra. Não o faça perder tempo pedindo informações desnecessárias ou em telas de checkout não intuitivas.

Ao desenhar a tela de checkout, lembre-se que muitos consumidores são desatentos e perdem-se facilmente em uma navegação confusa.

Não confiou no site

Aqui ressalto a importância dos selos de segurança. Especialmente no Brasil, sabemos sobre muitos esquemas e sites não confiáveis que clonam cartões, por isso, deixe bem explícito que o site é seguro.
Se o cliente minimamente desconfiar do seu site ou considera-lo não seguro, pronto. Abandono de carrinho e provável que ele não volte mais.

Erros no site

Seu e-commerce apresenta erros. As páginas não carregam. Fotos de produtos não aparecem… Sim, de novo a tendência é o consumidor ficar entediado ou até mesmo irritado com os problemas. E ele vai desistir da compra.

Basta pensar quando estamos em uma loja física e o caixa demora a atender. Depois de todo o tempo gasto na escolha do produto, queremos pagar e sair.

Poucas opções de pagamento

Oferecer poucas opções de pagamento aos clientes pode ser um grande motivo para abandono de carrinho. Se seu e-commerce ainda é pequeno, vai ser mais difícil burlar esse fator — justamente porque você ainda não consegue ótimas opções.

Como reduzir o abandono de carrinho?

Carregamento rápido

Assim como mencionamos que e-commerces com erros podem influenciar no abandono de carinho, o site lento também.

Sites muito pesados que demoram para carregar não têm uma boa aderência. Prefira um design e imagens leves, para o consumidor não ter que esperar.

Seu e-commerce deve demorar menos que 3 segundos para ser carregado. A internet é assim, rápida e sem tempo para voltar atrás.

Simplifique o processo de checkout

O processo de checkout deve ser simples. Apesar de o cliente estar quase concluindo a compra, qualquer coisa pode ser motivo para desistência.

  • Não peça informações desnecessárias. Descomplique o processo;
  • Compras com um clique: capture e-mail e forma de pagamento;
  • Concluir compra como convidado: simples e sem login.

Experiências adaptáveis a qualquer dispositivo

Observamos um crescimento na realização de compras pelo celular, tal qual muito acesso à internet via mobile. E-commerces responsivos já são obrigatoriedade.

Conclusão

Entender o comportamento do usuário dentro do site e os motivos por sua venda não converter: essas são as principais questões para ativar as medidas contra abandono de carrinho.

Não adianta investir em frete grátis se o principal motivo pelo abandono de carrinho é o checkout longo e maçante.

Antes de tudo, você precisará compreender a jornada do consumidor dentro do seu site. E, a partir daí, analisar os pontos que precisam de melhoria. Esse é o primeiro passo para maiores conversões e evitar o abandono de carrinho.

Você recomendaria esse artigo para um amigo?

Nunca

 

Com certeza

Deixe seu comentário

0 comentários

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentando como Anônimo

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  Assine nossa Newsletter

Fique por dentro de todas as novidades, eventos, cursos, conteúdos exclusivos e muito mais.

Obrigado!

Você está inscrito em nossa Newsletter. Enviaremos, periodicamente, novidades e conteúdos relevantes para o seu negócio.

Não se preocupe, também detestamos spam.